Entenda como vários países estão implementando a inovação

 

A inovação não existe apenas na iniciativa privada. No setor público, há vários programas que geram investimento para a área e modernizam serviços pelo mundo.

 

Conheça 11 programas de inovação para o setor público:

 

1. IGovSP – Rede Paulista de Inovação – Estado de São Paulo

Criado pelo governo do Estado de São Paulo, o IGovSP é um portal que incentiva o aperfeiçoamento de projetos de inovação. É um espaço onde os servidores públicos podem compartilhar e conhecer ações de fomento da inovação.

O conteúdo é produzido voluntariamente, mas o portal oferece instrutores que auxiliam os servidores com a parte técnica. O website conta com um blog e uma área onde ficam expostos projetos e estudos sobre inovação.

 

2. Corfo – Corporación de Fomento de la Producción – Chile

O website criado pelo governo chileno divulga editais e projetos de empreendedorismo inovadores do país. É possível selecionar os projetos mais próximos de você utilizando a sua localização, além de filtrá-los por beneficiário (intermediário, empresa, pessoa física, pessoa jurídica ou instituição).

O objetivo do portal é aumentar a produtividade inovadora e a diversidade dos projetos que contribuem para o fortalecimento do capital humano e o desenvolvimento tecnológico sustentável.

 

3. Sinapse da Inovação – Estado de Santa Catarina

O projeto do Estado de Santa Catarina distribuiu 100 milhões de reais para 100 projetos de startups no ano passado. Essa é só uma das várias ações do programa, que oferece iniciativas para fomentar a inovação em todo o estado.

O objetivo é trazer o avanço tecnológico para Santa Catarina e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida da população. Em Joinville, por exemplo, o Sinapse ajudou na construção do Joinvale, responsável por modernizar vários serviços locais como o pagamento do IPTU pela internet.

 

4. MobiLab – São Paulo (SP)

O MobiLab é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Transportes (SMT) e da Prefeitura de São Paulo, que busca incentivar projetos de inovação na área de mobilidade urbana, um problema sério na capital.

Em 2016, o MobiLab lançou a segunda edição do Residência MobiLab. O programa  selecionou dez startups de desenvolvimento de produtos para mobilidade urbana. As empresas tiveram acesso ao espaço de coworking do MobiLab durante três meses, além de mentoria especializada e apoio técnico da prefeitura.

 

5. Public Sector Innovation – Austrália

A Austrália também investe em inovação por meio deste programa, voltado para servidores federais. O site do projeto disponibiliza um conjunto de ferramentas que podem ser utilizadas por vários agentes de todo o país.

Os interessados podem aprender mais sobre o processo de inovação, diagnósticos e como colocar as ideias em prática. O programa também promove eventos para disseminar a importância do tema no setor público e coordena uma rede de agentes públicos.

 

6. Futurs Publics – França

O programa federal da França busca modernizar a atuação do serviço público. Desde 2013, promove a inovação no setor por meio de cursos, palestras e projetos piloto.

O portal também divulga as ações já realizadas no país, além de artigos que buscam informar o servidor sobre o processo de inovação e os benefícios que a modernização pode trazer.

 

7. Centre for Public Service Innovation – África do Sul

Criado pelo governo federal do país, o programa busca gerar novas ideias por meio do apoio a projetos piloto.

O CPSI identifica, apoia e incentiva a inovação no setor público, a fim de melhorar a qualidade dos serviços oferecidos. O programa também procura celebrar o sucesso de indivíduos, times e departamentos que inovam na prestação de serviço do governo.

 

8. PS21 Office – Singapura

O PS21 é um movimento de Singapura que procura incentivar os servidores públicos a tomarem iniciativas que beneficiem a prestação de serviços e a inovação no país.

O objetivo é criar um serviço público moderno, pronto para trazer mudanças e modernização às cidades. Dezenas de programas foram implantados pela iniciativa e transformaram o mindset dos governantes.

 

9. Seoul Innovation Bureau – Seoul – Coreia do Sul

O programa de Seoul busca inovação para o setor público, mas também inclui os cidadãos no processo. A tecnologia permite que todos participem da discussão para gerar mais insights e soluções para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Com o avanço da economia, a cidade tem passado por muitas mudanças; daí a necessidade em investir em programas de inovação. O esperado é que seja possível revolucionar as políticas do município, com base na expertise dos participantes.

 

10. Mind Lab – Dinamarca

O Mind Lab é um dos programas de inovação mais conhecidos. Ele é vinculado ao governo federal, mas também conta com as empresas e os cidadãos para construir os projetos.

No site do programa, é possível acessar várias metodologias de inovação e exemplos de projetos que deram certo. Mas não fica só no virtual: o Mind Lab também conta com um espaço físico disponível para criação e desenvolvimento de ideias.

 

11. SF Mayor’s Office of Civic Innovation – San Francisco – Estados Unidos

São Francisco é considerada uma das cidades mais inovadoras do mundo e sedia diversos eventos da área.

Para modernizar os serviços da prefeitura, foi criado um escritório de inovação para o setor público. A iniciativa deu tão certo que viabilizou vários projetos que atendem a diferentes áreas do governo.

Viu só como inovar no setor público é possível? Às vezes, uma simples mudança em um projeto pode fazer a diferença.

Acesse os materiais do Sebrae sobre inovação!

Leia mais sobre Destaque Empreendedorismo Para sua região


Fique por dentro das novidades do Sebrae Minas

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.