Quando comecei no mundo das startups SaaS, realmente não esperava todos os desafios que viriam ao longo do caminho.

Depois de 5 anos e da captação de 1.500 clientes, alguns dos aprendizados que trouxe comigo continuam extremamente valiosos e podem ser de extrema valia para empreendedores SaaS de primeira viagem.

Separei 6 conselhos que eu gostaria de ter ouvido quando estava fundando a minha primeira startup SaaS e que podem ajudar você a sair na frente da concorrência.

Preparado? Vamos lá!

 

1. Um processo ruim é melhor do que nenhum processo

Quando montei o primeiro time de Inside Sales da Rock Content, eu não sabia nada sobre como criar um time de sucesso.

Dentre outros aprendizados que vêm com o crescimento da empresa e mais experiência, o principal deles – que pode ser aplicado a qualquer área de uma startup – é o processo.

Um processo ruim é melhor que nenhum processo. Simplesmente porque você pode aprimorá-lo e aprender com ele ao longo do tempo. Assim, você vai ter um resultado promissor muito mais rápido do que se tentar compensar o tempo perdido meses depois.

Processualize tudo, explore ferramentas digitais e automação, crie essa cultura em todas as novas contratações e à medida que a empresa cresce. Não hesite em testar!

 

2. Monetize cedo (antes mesmo de ser um founder full-time)

Quando resolvi empreender de vez, eu, o CEO da Rock Content (Edmar Ferreira) e mais dois amigos criamos o “Projeto Desemprego“. Juntamos o suficiente para ficar um ano sem trabalhar, investindo nas nossas ideias de negócio.

Funcionou? Sim. Mas nós realmente ficamos por um fio.

Nosso maior erro foi esperar demais para monetizar. Ficamos por um fio porque nosso projeto não gerava nenhum real mesmo depois de 12 meses.

Antes de largar de vez o seu emprego full-time para ser um founder SaaS, ganhe dinheiro! A maior validação para a sua ideia é ter pessoas dispostas a pagar por ela.

 

3. Acompanhe as métricas que realmente importam desde o day 1

Eu sou um data junkie. Números me dizem mais que reuniões ou calls. Um dos conselhos mais valiosos para startups early stage é acompanhar as métricas SaaS importantes desde o day 1 ou o primeiro dia..

Em um post que eu traduzi, há mais de três anos, David Skok explica no Guia de Métricas SaaS 2.0 tudo o que você precisa acompanhar para tirar sua startup SaaS do chão.

Ainda assim, muitos founders de primeira viagem deixam para acompanhar seus números mais tarde no processo, quando poderiam ter tomado decisões mais eficazes (ou até mesmo pivotar completamente) se tivessem acompanhado as métricas importantes desde o começo.

 

4. Educar o mercado vai facilitar o seu processo de vendas

Startups SaaS querem ser disruptivas. Esse é o grande objetivo de vários empreendedores SaaS com suas ideias, e isso é excelente.

Muitas dessas ideias, porém, ainda não têm um mercado propriamente dito (ou maduro o suficiente) para sustentar uma startup. Então, educar o mercado é a sua principal ferramenta de crescimento.

Quando começamos a Rock Content, o mercado de marketing de conteúdo era infinitamente menor do que é hoje. Nossa primeira ação foi criar o blog Marketing de Conteúdo e produzir material que educasse o nosso mercado.

Depois de alguns anos, essa ideia rendeu ainda mais do que esperávamos e conseguimos educar o mercado para usar conteúdo como uma das principais ferramentas de Marketing e Vendas. Inclusive, um único blog post nosso vale meio milhão de reais.

 

5. Consuma mais conhecimento que a média

No mundo SaaS, tudo se move pelo menos 5x mais rápido do que em outros mercados. Tecnologias avançam, mais ideias aparecem e mais unicórnios nascem (e morrem também).

Se você realmente quer se destacar, consuma mais conhecimento que a média das pessoas (você pode começar com estes 13 livros de vendas para startups).

Procure saber o que os caras que você considera referência estão lendo e leia também. Não se esqueça dos clássicos, mas a real diferença virá quando você sair da caixa e ler livros que parecem improváveis, mas são recheados de aprendizado.

Pro-tip: conheça o 12min, um app que cria microbooks com base nos melhores títulos de negócios e não ficção. Você pode se cadastrar gratuitamente e explorar centenas de microbooks. 😉

 

6. Tenha mentores e conselheiros com experiência no seu mercado

Mentores são indispensáveis para quem quer construir uma startup de sucesso. Eles já passaram por muitos dos desafios que você vai encarar e podem salvá-lo em tempo e dinheiro.

Inclusive, muitos mentores e conselheiros podem ser tornar investidores-anjo da sua ideia, ou vice-versa!

Mas a minha maior dica aqui é que você deve saber valorizar os seus mentores. Nada vem de graça e ter isso em mente, desde o começo da jornada, pode ajudá-lo a conquistar os melhores mentores para o que você realmente precisa.

 

Notas finais

Ser um empreendedor SaaS é uma das aventuras mais gratificantes pelas quais já passei. Diariamente, continuo aprendendo mais e aplicando esse conhecimento de volta como founder.

Esses 6 conselhos são alguns dos que eu gostaria de saber antes de ter fundado a minha primeira startup e espero que ajude você também!

Se você quer receber mais conteúdos sobre SaaS, junte-se ao SaaSholic, comunidade de SaaS BR feita por e para empreendedores SaaS no Medium. Aproveite e se inscreva na nossa news semanal, na qual compartilhamos o melhor material sobre SaaS na Interwebs. 😉

 

diego gomes

Diego Gomes é co-founder da Rock Content, líder em Marketing de Conteúdo na LATAM e fundador do 12min. Ele compartilha suas experiências no mundo SaaS pelo SaaSholic, a comunidade de empreendedores SaaS BR. Siga-o no @dttg e também pelo LinkedIn.

Leia mais sobre Destaque Startup


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.