Se você produz conteúdo para o marketing da sua empresa, é prudente sempre pensar em novas formas de atrair e entreter mais a sua audiência. Já considerou, por exemplo, a implementação de infográficos na sua estratégia?

Eles são o que o nome sugere: informações dispostas em formato gráfico. Têm o poder de simplificar assuntos complexos e fazer da leitura uma experiência ainda mais atraente. É por isso que têm dominado a internet – e sua empresa pode trabalhar com os infográficos também.

Neste artigo, saiba como construir bons infográficos, seja para fortalecer seu branding, seja para promover a marca, seja para oferecer como material rico de marketing de conteúdo. Vamos lá?

Por que produzir infográficos

Produzir infográficos pode levar tempo e requer habilidades específicas, tanto de redação quanto de designer. É comum encomendá-los a terceiros ou ter os próprios profissionais como parte da equipe, dependendo do volume. Mas por que todo esse esforço?

Infográficos são perfeitos para atrair usuários porque sabemos que o ser humano é visual. Isso vem desde o nascimento: formas e cores são as primeiras informações que o cérebro capta quando abrimos os olhos.

Além disso, 50% do cérebro adulto está envolvido no processamento de imagens. Cerca de 70% do que percebemos no mundo vêm dos olhos. Quando uma peça gráfica tem apelo visual, a tendência de puxar a atenção do leitor é grande.

Não é à toa que 74% dos profissionais de marketing utilizam elementos visuais em suas estratégias e 56% usam infográficos (segundo a empresa Infographic World).

Outra vantagem de incluí-los em sua estratégia é que existem milhares de formas de apresentar informações. Alguns exemplos:

Visualização de dados: informações numéricas dispostas em um esquema que permite fácil entendimento. Pode (e, em alguns casos, deve) incluir gráficos. Fonte.

Design de informação: não é feito apenas de dados, mas de conceitos e explicações que muitas vezes variam bastante de peça para peça. Fonte.

Linha do tempo: feito para exemplificar acontecimentos no decorrer do tempo. Fonte.

Vemos ainda infográficos editoriais, criados para o meio físico e veiculados em revistas e jornais. São ótimos exemplos do bom uso de recursos visuais, apesar de não serem bem visualizados digitalmente.

Fonte.

Agora que você compreendeu melhor o universo dos infográficos, vamos descobrir como fazer boas peças.

Passo a passo da produção de um infográfico

Para que atraia usuários, seu infográfico precisa ser atraente e coerente. Vamos a um passo a passo que pode ajudá-lo:

1 – Escolha um assunto intrigante

O que você poderia ensinar a sua audiência sobre seu produto, serviço ou empresa que poderia interessá-la e despertar a curiosidade dela? Como atrelar isso à estratégia de marketing? Pense na sua persona. O que ela gostaria de saber?

Infográficos podem ser feitos com quase qualquer assunto, mas é o tema que vai fisgar a audiência e fazê-la se interessar pelo seu site e pelo seu negócio. Além disso, é aqui no começo que você deve decidir sobre o canal onde o infográfico será apresentado. Assim, fica mais fácil planejar a disposição do conteúdo.

2 – Colete informações

Aqui, é hora de pesquisar o conteúdo. Você pode utilizar sites nos quais confia e fazer entrevistas, caso não seja o próprio especialista no assunto. Inclua pesquisas quantitativas e qualitativas, a fim de dar força para os conceitos expostos.

Analise o que recolher e pesquise para encontrar padrões, variáveis e dimensões. Isso pode dar brilho ao projeto gráfico, com várias informações em formatos diferentes.

Como mencionamos acima, existem muitas formas de apresentar informações. Uma vez que você tem tudo o que precisa, o redator e o designer podem entender melhor qual é o jeito mais coerente de explicar as questões.

3 – Monte o fluxo

Para quem não tem o olho treinado, um infográfico parece a junção de informações colocadas ali apenas para que tudo “fique mais bonito”. Entretanto, há uma lógica por trás daquilo, muito parecida com uma história, isto é, com início, meio e fim.

Comece com o título e uma introdução sobre o tema que vá preparando o leitor para as informações que virão a seguir.

Explicite o problema, ou seja, a questão que será desenvolvida ou resolvida. Pode também tratar-se do propósito daquele assunto, como “por que infográficos são importantes para a sua marca?”.

Coloque os argumentos centrais ou as explicações que você quer passar de forma organizada.

Conclua explicando ao leitor o que ele pode fazer com aquelas informações, bem como onde encontrar mais conhecimento sobre aquilo. É legal também incluir seu website e as fontes utilizadas.

Fonte.

A característica mais forte do exemplo é o fluxo claro das informações. Seus olhos sabem exatamente onde olhar primeiro e onde seguir para conseguir compreender tudo. Por isso, trata-se de um bom infográfico.

4 – Defina o layout

Após ter um fluxo montado das informações, é hora de desenhar o infográfico. Se você não tem habilidades de design, pode produzir um utilizando as ferramentas que citamos aqui. No entanto, contratar um profissional é sempre a melhor opção.

Pronto! Assim, você terá infográficos capazes de atrair a atenção do público para seu negócio, produto e serviço.

Se você gostou de saber mais sobre infográficos, não deixe de ler também sobre design estratégico e como levar sua empresa a novos patamares com ele:

DESIGN ESTRATÉGICO: O QUE É E COMO APLICAR NA SUA EMPRESA

Leia mais sobre Design Inspiração Para seu negócio


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.