O espírito colaborativo da equipe é um fator-chave na construção de negócios, especialmente os micros e os pequenos. Equipes em sintonia produzem mais e melhor, além de serem mais felizes no trabalho. Em alguns projetos, colaboração é indispensável: já vimos a importância dela em um design sprint.

Para fortalecer essa característica, empresas precisam criar uma cultura de colaboração saudável e facilitar o trabalho em equipe. Confira, a seguir, algumas maneiras de fazer isso acontecer.

 

Tenha um propósito claro e que desperte interesse

Para que o time tenha coesão, os membros devem trabalhar em favor de um único propósito. Quanto mais alinhados os valores estiverem, mais as pessoas estarão animadas para ir em busca de bons resultados. Se os objetivos não estiverem claros, as pessoas não vão se empenhar tanto.

Já falamos por aqui sobre por que negócios devem ter um propósito. Não deixe de ler!

Além disso, é preciso comunicar expectativas individuais de forma clara. Quando todos sabem seus papéis e quais resultados são esperados, o espírito colaborativo da equipe ganha força. Dessa forma, há sintonia entre os membros, que sabem suas prioridades e compreendem até onde vão suas responsabilidades.

espírito colaborativo

Em uma cultura que favorece a colaboração, cada indivíduo conhece seu objetivo e o quanto seu trabalho contribui para o propósito maior. Assim, as tarefas deixam de ser apenas individuais e passam a ser uma contribuição para a coletividade.

Para que isso seja efetivo, além de claros, é preciso que os objetivos sejam mensuráveis. Confira nosso post sobre OKRs, que pode ajudá-lo a definir os seus.

 

Potencialize as forças dos membros do time

Procure trabalhar para destacar as forças de cada pessoa em vez de evitar reconhecer as fraquezas. Uma ideia é realizar testes de personalidade, como o 16Personalidades ou o DISC. Todos podem dividir seus resultados e fazer do compartilhamento de forças e fraquezas um hábito. Isso pode ser especialmente benéfico quando as pessoas não se conhecem.

Cada pessoa vai trazer algo novo para a equipe. O trabalho do líder é otimizar essas características, incentivando o desenvolvimento e encorajando seu uso. Estratégias como a de One-on-One podem ajudar neste sentido.

 

Encoraje a inovação

O espírito colaborativo é ainda mais cultivado quando há incentivo à inovação. Isso pode acontecer na forma de brainstorming ou por meio do uso de ferramentas de construção coletiva, como o canvas modelo de negócio. Além disso, é preciso incentivar as pessoas a superar obstáculos de formas inovadoras – uma atitude positiva, de acreditar que é possível realizar o que se propõe.

 

Estimule encontros fora do trabalho

Todos levamos vidas ocupadas, e a ideia de participar de eventos com as pessoas do trabalho pode gerar um pouco de estresse. No entanto, momentos de socialização com os colegas são importantes para fortalecer a comunicação e derrubar as barreiras do julgamento preconcebido.

Quando as pessoas percebem que dividem interesses e problemas em comum entre si, o espírito colaborativo da equipe transparece. Há mais empatia e vontade de ajudar o outro a alcançar objetivos.

 

Construa times enxutos e siga estas dicas caso não seja possível

Times grandes demais, acima de 20 membros, tendem a colaborar menos entre si, segundo pesquisa da Harvard Business Review. Isso porque há mais obstáculos na comunicação, que flui com mais dificuldade.

No entanto sabemos que existem projetos que precisam de grandes times para acontecer. Isso se torna mais comum conforme utilizamos, no trabalho, as tecnologias que permitem a participação de pessoas em qualquer lugar do mundo.

Nas condições certas, é possível a presença do espírito colaborativo de uma equipe grande. Veja só estas dicas:

 

  • Apoio dos líderes: times com muitos membros precisam ainda mais da atuação dos líderes, apoiando as relações e demonstrando sua própria capacidade de colaboração.
  • Prática do RH: o papel dos Recursos Humanos é importante em qualquer contexto, mas, ao construir times complexos, essa responsabilidade é alta. É preciso criar processos sólidos de recrutamento e seleção, além de programas de benefícios que visem à retenção de talentos. Confira nosso infográfico para saber mais sobre isso.
  • Estrutura do time: esse elemento é essencial para o espírito colaborativo de times extensos. O ideal é unir pessoas que já se conhecem e têm confiança umas nas outras. No entanto, é preciso balancear essa ligação, a fim de não formar “panelinhas” fechadas. Além disso, cada subgrupo deve ter seus objetivos claros, da forma como citamos acima.

 

Recompense o espírito colaborativo da equipe

Compartilhe os bons resultados gerados por times coesos. Seja por e-mail, vídeo, podcast ou relatórios periódicos, não deixe de reconhecer o trabalho e, se possível, recompense. Dessa forma, você demonstra como a empresa valoriza a cultura de colaboração, destacando a importância disso em todas as equipes.

 

Como são as equipes com espírito colaborativo em alta

Ao fortalecer a colaboração entre os membros do time, você tem pessoas:

 

  • que se comunicam melhor, fazendo perguntas, resolvendo questões entre si, trabalhando de forma mais próxima;
  • mais engajadas, trabalhando em busca daquele propósito maior;
  • mais comprometidas em encontrar soluções que levem em conta as necessidades de todos os envolvidos;
  • capazes de dissolver conflitos em busca de um ambiente de trabalho agradável;
  • mais confiáveis e confiantes nas lideranças e nos colegas.

 

Por isso, não deixe de trabalhar em prol do espírito colaborativo e de uma cultura organizacional que o fortaleça. Quer conhecer culturas que têm sucesso nisso? Confira:

CONHEÇA CULTURAS ORGANIZACIONAIS INCRÍVEIS PARA SE INSPIRAR

 

Leia mais sobre Pessoas


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.