Você sabia que 40% das pessoas afirmam ter tomado uma decisão de compra por causa de algum conteúdo de influencers? O estudo feito pelo Twitter confirma o que já imaginávamos: o novo marketing está nos influenciadores.

Já discutimos um pouco sobre isso aqui – falamos sobre a necessidade desse tipo de estratégia e temos este infográfico que mostra as principais vantagens [link ainda não publicado]. Mas, apesar de terem se tornado essenciais, ações com influenciadores podem custar caro e levar mais tempo para gerar impacto.

Então, como você poderia otimizar as estratégias a fim de garantir bons resultados? Algumas boas práticas fazem toda a diferença. Neste artigo, conheça algumas dicas buscando realizar ações que vão além de apenas envio de brindes e códigos de desconto. Vamos lá?

1 – Escolha pela autenticidade, e não pelo número

Uma das partes mais difíceis de uma estratégia de marketing de influência é a escolha do profissional. Existem vários tipos de influencers, classificados de acordo com seu alcance: celebridades, microinfluencers, autoridades (entenda melhor aqui). Mas não frequentemente “alcance” significa “conversão”.

Para escolher o melhor, pesquise aqueles que tenham potencial de atingir diretamente o seu público. Nem sempre será a celebridade. Preocupe-se mais com algumas métricas:

  • Engajamento
  • Autenticidade (existe conteúdo copiado, imagens de banco?)
  • Frequência de posts

Assim, fica bem mais fácil entender quais vão gerar mais impacto. Não existem, porém, regras fixas: você pode trabalhar com vários influencers em camadas diferentes com ações que se completem.

2 – Faça um bom briefing

A ideia do trabalho com influenciadores é deixá-los produzir conteúdo sobre sua marca e/ou produto, já que são eles que sabem falar diretamente com a audiência. Por isso, muito do potencial impacto da estratégia está no briefing. Algumas dicas para dar boas instruções, que atinjam seus objetivos e gerenciem as expectativas de ambas as partes:

  • Tenha um documento de briefing: aqui é mais do que apenas um contrato, é um tipo de manual de tudo que a pessoa precisa saber ao se tornar sua parceira. Inclui, por exemplo, os valores da empresa e a mensagem que a marca quer passar.
  • Detalhe a campanha: é importante que o influencer conheça a campanha da qual fará parte. Ofereça o máximo de detalhes possível: ele vai receber produtos? O que gostaríamos que fizesse? Existem outras ações que integram a estratégia?
  • Call-to-action: qual é o site, o landing page ou a página que vai receber as visitas? O influenciador precisa saber para onde direcionar sua audiência quando quiserem consumir. Hashtags e códigos de desconto também precisam ser definidos.
  • Tipo de conteúdo esperado: você gostaria que fosse um post de Instagram e um review no blog? Ou apenas um story? Explicite bem o que é esperado do influencer para que não haja dúvidas, inclusive o estilo: seria mais elegante ou engraçado? Mas lembre-se de que quem produz o conteúdo é ele! Não limite sua criatividade.
  • O que não pode: para evitar problemas de inconsistência da produção com a sua proposta de negócio ou palavras que não podem ser empregadas, dentre outras pequenas proibições, garanta que isso esteja no briefing.

Quando você contrata um influencer, espera que o trabalho seja de qualidade, assim como qualquer outro profissional freelancer ou consultor. Da mesma forma, pode oferecer feedbacks (bem construídos) sobre o resultado. Isso é importante para a evolução de todos, tanto dos criadores quanto das marcas.

3 – Tenha objetivos claros e mensuráveis

Assim como qualquer estratégia de marketing, o trabalho com influencers também precisa de objetivos claros e métricas definidas. Você deseja que a empresa fique mais conhecida? Então provavelmente deveria medir o acesso ao site, por exemplo. Está lançando um produto e quer aumentar as vendas? Aí as métricas serão outras.

A fim de definir o que monitorar, você pode utilizar a metodologia de OKRs (Objectives and Key-Results, ou Objetivos e Resultados-Chave). Saiba como fazer isso neste post. Mas como monitorar já que os posts não são feitos no seu perfil? Existem plataformas que auxiliam esse trabalho (uma vez que entender o resultado de cada post e de cada influencer é um desafio) como a Socialpeeks ou a Squid.

4 – Pense além dos posts em redes sociais

Mais do que apenas produtores de conteúdos sendo pagos por você, pense nos influenciadores como parceiros da sua marca. Aqueles que geram mais resultado podem criar conteúdo junto com você, fortalecendo os próprios canais.

Maximize ainda mais a parceria, convidando-os para eventos offline e produção de vídeos, por exemplo. São experiências que fortalecem a parceria e podem gerar mais impacto lá na frente.

Uma das melhores coisas de trabalhar com influenciadores é que eles são criadores e criativos por si sós. Tire proveito disso: desenvolva estratégias que vão um passo além dos canais sociais e incorpore eventos offline, produção de vídeos e plataformas online, dentre outras.

Assim, você não vai apenas maximizar sua estratégia de mídia paga, como também impulsionar o valor médio da mídia espontânea. Os influencers vão querer dividir as belas experiências com os seus seguidores.

5 – Mantenha relações duradouras

Quanto mais você se aproximar de influencers alinhados com a proposta da sua marca, mais qualidade as campanhas vão ganhar. Por isso, procure cultivar o relacionamento com aqueles que mais geraram resultados. Lembre-se de que são seus parceiros – assim, a compensação deve ser mais do que financeira.

Ofereça críticas construtivas, mostre o quanto você é grato pela parceria e o quanto valoriza o conteúdo que a pessoa produz. Isso pode levar à colaboração espontânea e motivá-la a criar formas de estar sempre em contato. É bom para todos!

6 – Fique por dentro das tendências

Como você viu, existem algumas práticas importantes visando garantir melhores resultados de campanhas de marketing. Com uma boa estratégia e cultivo de relações sólidas, sua campanha pode ir longe.

Contudo, não basta apenas olhar para dentro. Procure saber também sobre as tendências do marketing de influência. Quem sabe um novo estilo de ação possa trazer grandes conquistas para sua marca?

Confira este blog post com algumas tendências do marketing de influencers:

TENDÊNCIAS DO MARKETING DE INFLUENCERS

Leia mais sobre Empreendedorismo Para seu negócio Tendências


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.