Montar uma loja virtual pode ser uma forma de fazer seus produtos chegarem a um público maior. Em alguns casos, porém, ter um e-commerce nem sempre é uma boa ideia. Entretanto, para começar, você deve escolher uma dentre as várias plataformas de e-commerce existentes.

Para ajudar, listamos algumas presentes no mercado. Antes, vamos analisar alguns pontos que você precisa avaliar para escolher a melhor.

 

 

O que avaliar nas plataformas de e-commerce

Você pode necessitar de uma funcionalidade específica e não se importar de contratar uma plataforma que lhe ofereça outra funcionalidade da qual não precisa. Afinal, cada negócio tem seus requisitos; portanto, evite escolher apenas pelo preço ou pela popularidade.

Confira algumas características de plataformas de e-commerce:

Funcionalidades

Procure entender todas as funcionalidades da plataforma que deseja escolher. Pesquise sobre funções que podem ser implementadas após a contratação, mas saiba que isso aumenta o seu valor, como a versão mobile, por exemplo.

Você também pode precisar de:

➔ Visualização da lista de clientes

➔ Edição de informações de clientes

➔ Funções de logística

➔ Avaliações e comentários

Flexibilidade

Esta é uma regra para quase todos os serviços digitais. Evite plataformas que ofereçam soluções muito engessadas. Se a sua loja crescer de um dia para o outro, por exemplo, você pode ter de aumentar o seu plano. A plataforma precisa ter essa opção.

Confira ainda se é possível mudar a estrutura de HTML e CSS ou se você só poderá realizar customizações de layout. Isso pode limitar a flexibilidade da plataforma.

Exige-se que a edição dos produtos e gerenciamento do e-commerce, de maneira geral, também seja fácil. Assim, se houver necessidade de alterar a descrição, a categoria ou outra característica de algum produto, você não terá de recorrer ao fornecedor da plataforma.

Gateway de pagamento

Um dos pontos mais críticos de e-commerce é o pagamento. Garanta que a plataforma escolhida ofereça a opção de pagamento seguro dos produtos ou que pelo menos tenha parceiros confiáveis para as transações de pagamento.

Atendimento e suporte técnico

Antes de contratá-los, você deve saber exatamente como será feito o atendimento e o suporte técnico. O ideal é saber exatamente a quem recorrer, caso haja problemas.

Integração

Mesmo que seu e-commerce esteja se iniciando e ainda seja de pequeno porte, você pode precisar de um ERP (Enterprise Resource Planning ou Sistema de Integração de Gestão Empresarial).

Ele destina-se, basicamente, a gerenciar todas as informações que passam pela sua loja. Por isso, dentre as plataformas de e-commerce, escolha aquela que já venha com um ERP integrado.

 

Tipos de plataformas de e-commerce

Não existe uma definição exata dos tipos de plataforma, mas é possível ter uma noção do que cada uma faz:

E-commerce open source

Este tipo requer um investimento maior desde o início. São plataformas de código aberto que necessitam do trabalho de um profissional de desenvolvimento para funcionar.

Entretanto, as possibilidades de customização são infinitas, e você detém o poder de gerenciamento de praticamente tudo dentro da loja.

Loja integrada

Indicada para pequenos negócios ou para empreendedores individuais. São sites como Amazon, Etsy, Ebay, dentre outros, que permitem que você venda seus produtos dentro da plataforma escolhida, pagando uma comissão.

Ideal para quem está começando e quer sentir a necessidade e o interesse dos clientes.

E-commerce SaaS

O SaaS (Software as a Service ou Software como Serviço) é o mais comum – e o que selecionamos para listar abaixo.

A plataforma possui diversas vantagens como o pagamento de mensalidades com bom custo–benefício, acesso a upgrades e escalabilidade. Além disso, dependendo da plataforma, é bem fácil começar a vender.

 

Plataformas de e-commerce

Existe uma infinidade de opções. Selecionamos algumas mais conhecidas para você comparar.

Magento

A Magento é uma das plataformas de e-commerce mais utilizadas no mundo. Oferece bastante flexibilidade e possibilidades de customização, além de ser escalável. Entretanto, é mais recomendada para grandes lojas.

Estas são algumas de suas funcionalidades: gestão de catálogo, navegação do produto, gestão de frete, atendimento ao cliente e elaboração de relatórios e análises.

WooCommerce

A WooCommerce é outra plataforma completa e muito utilizada. Ela pode ser colocada como plugin do WordPress.

Dentre as funcionalidades, você encontra várias opções de pagamento, possibilidade de vender produtos de marketplaces online e configuração facilitada das formas de entrega.

A parte boa é que é gratuita no início de utilização.

OpenCart

A principal função da OpenCart é permitir a administração de não só uma, mas de várias lojas, por meio de uma dashboard única. Também oferece opções de customização e detalhamento dos produtos, além de ser leve e fácil de instalar.

PrestaShop

Mais focada em pequenos e em médios e-commerces, a PrestaShop é utilizada por milhares de lojas pelo mundo. Bastante fácil de começar a usar, vem com templates prontos de layout para a sua loja.

O painel de controle, que tem funções de visualização e alteração de catálogo e pagamentos, é bastante amigável e em português.

Xtech Commerce

A Xtech Commerce é brasileira e possui funcionalidade simples, mas que pode atender a diversos clientes, a um custo baixo. Uma delas é a gestão multicanal, que permite o gerenciamento em um só lugar de loja web, loja mobile, loja no Facebook, integração com marketplaces, totem, dentre outras.

A interface é amigável e de fácil utilização.

Shopify

É uma das plataformas favoritas de designers e desenvolvedores, por sua facilidade de implementação. Também oferece um preço acessível e funcionalidades como avaliação dos produtos e criação de códigos de desconto.

Resumindo

Vimos, portanto, que antes de contratar uma plataforma de e-commerce, você precisa conferir os seguintes itens:

➔ Funcionalidades

➔ Flexibilidade

➔ Gateway de pagamento

➔ Atendimento e suporte técnico

➔ Integrações

Ainda vimos que existem estes tipos de plataforma:

➔ E-commerce open source

➔ Loja integrada

➔ E-commerce SaaS

Por fim, listamos algumas plataformas de e-commerce e suas funcionalidades:

➔ Magento

➔ Woocommerce

➔ OpenCart

➔ PrestaShop

➔ Xtech Commerce

➔ Shopify

Quer saber mais sobre o mundo dos negócios? Leia:

 

PASSO A PASSO PARA FORMALIZAR UMA EMPRESA

Leia mais sobre Ambiente Digital Destaque Para seu negócio


Fique por dentro das novidades do Sebrae Minas

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.