Você tem uma ideia de negócio e ainda não decidiu se é viável ou não? O Canvas pode ajudá-lo, e muito, nessa tarefa.

Também conhecido como Business Model Canvas – representação visual do seu negócio. Com ele, você define se vai ser capaz de realizar o que é importante: produzir, capturar e entregar valor para clientes e acionistas.

Vamos mostrar aqui o passo a passo para criar um e o que você deve esperar como resultado. Não é tão complicado quanto parece!

 

Entenda o que é o Canvas

A ideia do Canvas surgiu nos anos 1990, junto com os primeiros negócios de web. Mas só entramos em um consenso sobre sua construção quando Alex e Pigneur lançaram o livro Business Model Generation – Inovação em Modelagem de Negócios.

O modelo que eles consolidaram é uma interpretação do que era usado antes, mas aqui ficou possível criar um conceito bastante claro sobre qualquer negócio. São nove quadros que permitem a você inserir todas as informações sobre os componentes mais importantes da sua proposta: infraestrutura, oferta, cliente e finanças.

 

 

No final, você deve ter uma visão completa de como seu negócio vai operar no mercado e uma definição de fluxos e processos que o tornarão possível.

Vamos focar aqui em quem está criando a ideia agora, mas o Canvas pode ter outras finalidades. Isso inclui ajudar quem passa por uma crise no negócio ou ser parte do planejamento de um novo produto, por exemplo.

Saiba por que utilizar o Business Model Canvas

É importante lembrar que a estruturação do seu negócio não precisa ser complexa, muito menos definitiva. A principal função do Canvas é permitir que seu modelo fique simples e esteja sempre mudando, para que a evolução seja constante. Outros motivos:

  • Permite a visualização do seu negócio tanto por você quanto pela equipe – que pode participar do processo de construção.
  • Você consegue uma visão clara sobre quais são os próximos passos e o que é mais interessante estrategicamente.
  • É como se fosse um protótipo do seu negócio, que pode passar por várias versões até ser definitivo.
  • Por envolver todos os participantes em uma só visualização, fica mais fácil entender o papel de cada um na construção do negócio.

Para startups, o Canvas é essencial. Se você vai trabalhar com inovação, precisa utilizar as ferramentas que tem alcance para verificar a aplicabilidade da sua solução.

Empreendedores de startup geralmente têm um destes quatro objetivos:

  • Oferecer uma solução inovadora para a qual já existe demanda no mercado (Dropbox).
  • Levar uma nova tecnologia ou produto para as pessoas (Apple).
  • Aprimorar um produto ou serviço que já existe, mas não oferece tudo o que poderia (WhatsApp).
  • Criar um mercado totalmente novo ou uma carência que as pessoas nem sabiam que tinham (Airbnb).

O Canvas se faz necessário para que você enxergue com clareza a real aplicação da sua startup no mercado. Afinal, não há nada prévio em que você possa se basear.

Aprenda como aplicar o Canvas

Para ter a visão completa do quadro, nós aconselhamos que você baixe o modelo e coloque em um lugar com bastante evidência, e, se for trabalhar com mais de uma pessoa, faça com que ele fique visível para todos.

Você pode preencher cada uma das áreas com post-its. Isso favorece uma das características do Canvas, isto é, estar em constante mudança.

Vamos para o que significa cada área, com exemplos sobre como preencher:

Proposta de valor

É a primeira coisa que você precisa saber para que a criação do Canvas seja possível. Aqui, será resumido o propósito da sua empresa, ou seja, o que ela pretende entregar para o mercado.

Procure responder às seguintes perguntas:

  • Qual é o principal valor que você tem a oferecer para seus clientes?
  • Quais necessidades do cliente você está satisfazendo?
  • O que é único e especial sobre o seu negócio que outros ainda não realizaram?

No final, você precisa saber o que vai fazer um consumidor escolher você e não a concorrência.

No caso da EasyTaxi, primeira plataforma de corridas de táxi, a proposta era oferecer intermediação entre motorista e cliente de forma rápida, prática e segura. Antes, os pedidos de táxi eram feitos por telefone, através de uma central. Essa necessidade foi eliminada com o aplicativo.

Segmento de clientes

Nesta seção, você quer saber quais segmentos de clientes serão foco da sua empresa. Pergunte-se:

  • Para qual tipo de cliente você está criando valor?
  • Quem é o seu cliente mais importante, aquele que você quer realmente encantar?

O ideal é que, depois de montado o Canvas, você enxergue a sua persona muito bem, entenda quais são suas características e se ela realmente escolheria a sua solução.

O Airbnb tem dois tipos de cliente: quem tem e quer alugar um espaço na própria casa e quem está viajando e precisa de um lugar para ficar que não seja despersonalizado como um hotel.

Os canais

Aqui, você vai definir as formas como a sua solução chega até o cliente. Considere estas questões:

  • Por meio de quais canais meus consumidores querem ser atingidos? Como eles estão integrados à rotina do cliente?
  • Quais canais são os melhores? Quanto eles vão me custar?

Inclua aqui entidades que você usa para se comunicar com seu público, assim como as plataformas onde você disponibiliza seu produto ou serviço.

Relacionamento com clientes

Para preencher esse quadro, você precisa saber como a sua empresa vai se relacionar com cada segmento de cliente.

  • Qual tipo de relação o cliente espera que eu tenha com ele?
  • Como integrar essa relação ao seu negócio no melhor formato e menor custo?

Pense na vida útil do seu produto e em como o consumidor pode chegar até você durante esse tempo. Funciona para que a sua startup tenha uma pessoa em contato durante todo o processo, por exemplo?

Atividade-chave

Aqui você quer descobrir quais são as atividades essenciais para que seja possível entregar a sua Proposta de Valor. Procure responder:

  • Quais atividades a sua Proposta de Valor exige para que possa ser entregue?
  • Quais atividades são mais importantes para seus canais de distribuição, relacionamento com o cliente e fonte de receita?

Se você vende por meio de uma terceira parte, por exemplo, as atividades de gerenciamento dos canais são provavelmente muito importantes.

Recursos principais

São os recursos mais importantes e necessários para realizar as suas atividades-chave. Para preencher seu Canvas, você deve saber:

  • De quais recursos a sua Proposta de Valor depende para ser entregue?
  • Quais recursos são importantes para o bom funcionamento dos canais e o relacionamento com o cliente?

Empresas que têm como solução um produto, por exemplo, têm como recurso talentos com a expertise necessária para construí-lo. Além disso, têm propriedade intelectual sobre aquilo.

Se você oferece um serviço, seus recursos mais importantes podem ser os seus processos e o conhecimento aprofundado sobre o seu segmento de clientes.

Parcerias principais

São as atividades-chave realizadas de maneira terceirizada e os recursos principais adquiridos fora da empresa:

  • Quem são seus maiores parceiros e principais fornecedores?
  • O que motiva essas parcerias?

Procure conectar as parcerias às atividades-chave do seu negócio. Se uma atividade é essencial, você precisa fortalecê-la com uma parceria.

Fontes de receita

Sua Proposta de Valor tem um objetivo principal: gerar receita. Por isso, você pode gastar, nesta parte, mais tempo para decidir o que colocar no Canvas. Estas são as perguntas as quais você tem de responder:

  • Seus consumidores estão dispostos a pagar pela sua solução?
  • Como eles preferem pagar?
  • Como cada fluxo de receita contribui para a receita global da empresa?

Estrutura de custos

Nenhum negócio funciona sem custos. Procure saber:

  • Quais são os custos básicos do seu negócio?
  • Quais são as atividades mais dispendiosas?

Seus custos precisam estar muito bem alinhados com a sua Proposta de Valor. Eles não podem colocar em risco a entrega para o cliente, mas também não podem prejudicar a receita da empresa.

Com essas informações, você já pode começar a criar o seu Canvas! Lembre-se de que o tempo pode variar muito, dependendo da ideia que você já tem sobre o seu negócio.

Já está disponível o aplicativo Sebrae Canvas, onde você pode criar um direto do seu tablet. Acesse aqui!

Leia mais sobre Destaque Ferramentas Modelo de Negócio Para seu negócio


Fique por dentro das novidades do Sebrae Minas

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.