Que tal começar 2018 com um novo planejamento? A sustentabilidade para o setor alimentício tem ganho cada vez mais destaque. Quem deseja manter-se competitivo no mercado precisa acompanhar.

Uma pesquisa revelou que pelo menos 21% dos consumidores estão atentos à sustentabilidade das empresas de alimentos. Essas pessoas se preocupam com certificações, selos de qualidade e questões ambientais e sociais. Além disso, 80% dos respondentes afirmaram que pagam mais por produtos ou serviços sustentáveis.

Para a nossa economia, é muito importante ter a sustentabilidade para o setor alimentício como ponto de atenção. Isso porque 9% do nosso Produto Interno Bruto (PIB) vem do segmento.

Confira a seguir cinco dicas para manter sua empresa do setor alimentício em dia com as práticas sustentáveis.

 

 

1 – Tenha um bom planejamento

Se você busca ter um negócio mais sustentável, comece a planejar. Você pode, por exemplo, utilizar OKRs (ou Objetivos e Resultados-Chave) para definir seu ponto de chegada.

Pese o que é mais importante para a sua empresa agora. Economizar na conta de luz? Ou desperdiçar menos? Coloque suas prioridades no seu planejamento e defina ações que ajudarão sua empresa a alcançar os resultados.

Analise todos os detalhes que puder: estrutura, edificação, instalações, cardápio, compras, recebimento, armazenamento, manipulação, transporte. Se for preciso, conte com profissionais para ajudá-lo a realizar mudanças positivas.

 

2 – Invista nas embalagens sustentáveis

As embalagens não podem ficar de fora quando se adotam novas práticas sustentáveis. Elas estão presentes na maioria das empresas, seja em restaurantes (na modalidade delivery ou de fornecedores), seja em indústrias.

Invista no desenvolvimento e na aquisição de embalagens tecnológicas. Já existem materiais e técnicas capazes de diminuir o impacto ambiental dos recipientes sem que o alimento perca a qualidade.

No Brasil, especificamente, observa-se o aumento da produção de embalagens com base alcoolquímica, o que representa uma alternativa da petroquímica para a utilização de embalagens biodegradáveis.

Preocupe-se também em se aliar a cooperativas e instituições que reciclam embalagens. Assim, você investe na própria comunidade. Por fim, adicione ao seu planejamento ações de conscientização sobre a reciclagem, reforçando a importância de dar o destino certo para os recipientes.

 

3 – Pratique sustentabilidade na limpeza

A limpeza  é especialmente importante nos negócios do setor alimentício. Para que ela seja efetiva, é preciso seguir normas dos órgãos de controle e garantir a qualidade dos alimentos para o consumidor.

Adotar práticas sustentáveis na limpeza dos locais também é essencial. Use produtos biodegradáveis regularizados pela Anvisa. Na hora de escolher a empresa fornecedora dos produtos, solicite também suas regulamentações e peça um treinamento para que os funcionários empreguem adequadamente os produtos.

Ao escolher uma empresa fornecedora de produtos de limpeza, busque um treinamento destinado à utilização deles. No caso de diluição, por exemplo, é importante conhecer as instruções corretas a fim de evitar o desperdício.

Agora, se sua empresa lança mão de fornecedores do agronegócio, exija certificações ambientais e práticas sustentáveis implementadas. Além disso, é interessante utilizar fornecedores locais para contribuir com a economia local e diminuir a necessidade de transportes.

Se seu negócio é um restaurante, uma boa ideia é alterar o cardápio conforme o período de safra. Assim, você garante menos agrotóxicos e mais qualidade aos seus consumidores, além de não onerar tanto a produção.

 

4 – Conte com a equipe

Para que a sustentabilidade para o setor alimentício realmente aconteça, é preciso contar com a participação dos colaboradores de cada empresa. Procure incentivar e conscientizar sua equipe quanto à necessidade de se preocupar com as práticas sustentáveis.

Os gestores também devem fazer sua parte: solicite treinamentos e capacitação para que todos tenham conhecimento sobre as ações e as melhores práticas de sustentabilidade. O incentivo também é importante: defina metas e gratifique aqueles que as alcançarem.

 

Sustentabilidade para o setor alimentício: tendência necessária

Praticar sustentabilidade nas empresas tem se tornado cada vez mais importante, tanto para o meio ambiente quanto para destacar o negócio no mercado. Afora isso, com o aumento da população, a demanda por alimentos cresce cada vez mais – o que impacta o meio ambiente e a maneira como os negócios definem suas metas.

A pressão para crescer e se adaptar não é apenas mercadológica: o aumento nos padrões de consumo leva ao surgimento de outras exigências legais e de consumo.

Por isso, não deixe de pensar em formas de tornar o seu negócio mais sustentável! Confira outro post sobre o assunto:

AÇÕES SUSTENTÁVEIS DE EMPRESAS E COMO APLICAR AO SEU NEGÓCIO

Leia mais sobre Para seu negócio Sustentabilidade


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.