Você quer aumentar as vendas do seu e-commerce. Nós não precisamos de bola de cristal para saber disso. Assim, trouxemos várias dicas para ajudar a alavancar a sua loja virtual.

Entretanto, as dicas a seguir nem sempre servirão para você. O ideal é avaliar e testar cada ação para saber se alguma delas pode dar frutos.

Se você ainda não entendeu muito bem qual é o principal problema que impede seu e-commerce de crescer, sugerimos que leia sobre KPIs ou indicadores e ferramentas.

Avaliando bem os números do seu site, você saberá identificar os principais pontos de melhoria. Vamos às dicas?

 

 

Utilize ferramentas de relacionamento

As ferramentas de CRM ou Customer Relationship Management (gerenciamento de relacionamento com o cliente) são muito importantes para o seu e-commerce. Afinal, custa mais caro investir na aquisição de clientes do que em sua fidelização.

Existem muitas ferramentas no mercado como Insightly CRM, Zoho CRM, HubSpot CRM, Sales Force, Sugar CRM, Oracle, dentre outras.

Escolha uma ferramenta que caiba dentro do seu orçamento e:

➔ Permita uma visão detalhada das características dos clientes.

➔ Ofereça insights sobre o que você precisa fazer para fidelizá-los.

➔ Tenha as integrações necessárias.

➔ Seja escalável.

Com isso em mente, são grandes as chances de você escolher a melhor ferramenta de CRM para o seu negócio.

 

Personalize experiências

Clientes desejam uma experiência única. Segundo uma pesquisa feita com consumidores norte-americanos, cerca de 70% prefere comprar de lojas virtuais que ofereçam produtos personalizados.

Para colocar à disposição esse tipo de experiência, você pode agregar ao seu e-commerce a oferta de produtos direcionados e parecidos com o que o cliente já comprou, contas de login que gravem o que já foi comprado, além do endereço de entrega.

Tudo isso torna a compra mais fácil, eliminando passos até a finalização para aumentar as vendas do seu e-commerce.

 

Peça feedback

Consumidores nem sempre deixam avaliação dos produtos que compraram ou sobre como foi a experiência de compra. Por isso, não tenha medo de buscar um feedback.

Você pode, por exemplo, enviar um e-mail alguns dias depois da entrega para solicitar uma nota e um comentário. Assim, os futuros compradores poderão saber se aquele produto é bom e se atende às suas necessidades.

Garanta que suas redes sociais tenham espaço para comentários e avaliações. Se houver problemas, nunca deixe de responder. Afinal, mesmo que a avaliação seja ruim, pode ser útil para fazer mudanças e aumentar as vendas do seu e-commerce.

 

Ofereça um chat

Tenha certeza de que seus consumidores podem falar com você quando precisam. Disponibilizar um chat no seu site é uma das formas de fazer isso.

Mas fique atento: você precisa ter uma estrutura de atendimento por trás para dar conta das mensagens.

Além disso, os chatbots estão em alta e podem ajudar a resolver questões até mesmo sem ter de falar com um colaborador real.

 

Permita que o cliente experimente o produto

Uma das coisas que mais impedem o crescimento das vendas do seu e-commerce é o medo que as pessoas têm de comprar o produto, e ele não servir. Várias lojas resolveram o problema oferecendo a primeira troca gratuita.

Outras ainda procuram colocar na descrição do produto o máximo de informações possível, para que a pessoa faça uma compra cada vez mais assertiva.

Outra forma de efetivar a venda é utilizar soluções de experimentação online.

A Fits Me, por exemplo, é um provador que pode ser utilizado em e-commerces de moda e vestuário. Os consumidores colocam suas medidas, e a ferramenta sugere os melhores itens para cada tipo de corpo.

Existem também soluções de realidade aumentada, nas quais o comprador pode “experimentar” objetos em um avatar.

 

Elimine carrinhos abandonados

No Brasil, cerca de 80% dos clientes que visitam e-commerces deixam seus carrinhos abandonados.

Recuperar isso é essencial para aumentar as vendas do seu e-commerce. Contudo, você precisa compreender por que isso acontece. É o frete que está caro? Existem taxas adicionais? Existe algum problema no UX Design?

Procure compreender todo o processo de compra do cliente e comece a trabalhar para vencer o problema. Uma das melhores dicas é enviar e-mails de follow up para quem abandonou, lembrando a pessoa de que os produtos ainda estão à sua espera.

Evite se comunicar apenas por meio da mensagem de recordação: envie e-mails que chamem a atenção, com códigos de desconto, avisando que o estoque está em baixa, etc. Seja criativo!

 

Invista nas redes sociais do seu e-commerce

Utilizar anúncios nas redes pode ser uma boa alternativa porque eles permitem um recorte bem específico de público. Se você tem um site que vende material para dentistas, por exemplo, pode investir no relacionamento com outros profissionais.

Além disso, evite se prender apenas ao Facebook. Reflita se redes como Pinterest, LinkedIn e Twitter são mais interessantes para a sua empresa.

 

Conclusão

No post de hoje, vimos que, a fim de aumentar as vendas do seu e-commerce, você precisa entender quais são os problemas que o impedem de crescer. Sugerimos que você faça uma avaliação dos indicadores para isso.

Depois, listamos algumas dicas para “fazer acontecer”:

➔ Utilize ferramentas de relacionamento: o poder do CRM.

➔ Personalize experiências: consumidores não querem ser só mais um.

➔ Peça feedback: ouça o cliente e mude o que for preciso.

➔ Ofereça um chat: estar disponível é importante.

➔ Permita que o cliente experimente o produto: aumente a confiança.

➔ Invista nas suas redes sociais: faça anúncios direcionados ao seu público.

Não deixe também de ler sobre UX Design e as técnicas que podem mudar completamente a forma como seu cliente lida com seu site:

6 TENDÊNCIAS DE UX DESIGN PARA OS PRÓXIMOS ANOS

 

Leia mais sobre Ambiente Digital Destaque Para seu negócio


Fique por dentro das novidades do Sebrae Minas

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.