Para iniciar bem um negócio, mesmo que seja algo tão simples quanto uma pequena venda, feita por alguém que precise complementar o salário, é fundamental saber alguns conceitos do mundo financeiro. Fluxo de caixa, faturamento, liquidez geral e margem de lucro são alguns deles.

Mais simples do que aparentam ser, tais conceitos ajudam o empreendedor a administrar o dinheiro, avaliar se há algum desperdício de recurso e verificar se o negócio é, de fato, lucrativo. Isso garante a sustentabilidade do empreendimento e permite melhor planejamento em longo prazo.

Neste artigo, aprenda como calcular as margens de lucro bruta e líquida, veja como evitar deslizes na hora do cálculo e saiba como criar uma planilha no Excel que faz a conta por você e ainda deixa os dados bem organizados e documentados.

Como calcular a margem de lucro

A margem de lucro é uma porcentagem obtida da relação entre o lucro e a receita total. Ela possibilita ao empreendedor verificar qual é a saúde financeira do negócio e refletir, então, sobre seu funcionamento.

É possível, por exemplo, examinar se a margem de lucro de seu produto ou serviço está mais baixa do que a esperada para o seu setor de atuação, com o propósito de que sejam tomadas rapidamente medidas como reavaliar as operações da empresa, os fornecedores, a rentabilidade do produto ou serviço e o mercado consumidor, a fim de adequar seus resultados àqueles esperados e, então, poder crescer.

  1. Margem de lucro bruta

Existem dois tipos de margem de lucro: a bruta e a líquida. Para a margem de lucro bruta, a fórmula do cálculo é:

<h3> Margem de lucro bruta = (lucro bruto / receita total) x 100 </h3>

O lucro bruto é obtido subtraindo-se o valor dos custos do produto do valor das receitas totais (lucro bruto = receitas totais – custos).

Esse tipo de cálculo é mais simples e mais rápido do que o da margem líquida, já que considera apenas custos de produção e valor da aquisição do produto.

Veja este exemplo:

  • Receita total: R$ 50.000,00
  • Custos: R$ 35.000,00
  • Lucro: R$ 50.000,00 – R$ 35.000,00 = R$ 15.000,00
  • Margem de lucro bruta: R$ 15.000,00 / R$ 50.000,00 = 0,3 (x 100) = 30%

2. Margem de lucro líquida

Já a margem de lucro líquida é um cálculo que inclui outras despesas operacionais e impostos na parte dos custos, como aluguel e manutenção do espaço físico, contas de telefone, água, luz e internet, despesas com pessoal administrativo, tributação e encargos, dentre outros.

Como deu para perceber, esse cálculo é mais completo e apresenta uma visão mais concreta da rentabilidade do negócio. A fórmula é: margem líquida = (lucro líquido / receita total) x 100.

Veja o exemplo:

  • Receita total: R$ 50.000,00
  • Custos e despesas: R$ 42.000,00
  • Lucro: R$ 50.000,00 – R$ 35.000,00 = R$ 8.000,00
  • Margem de lucro líquida: R$ 8.000,00 / R$ 50.000,00 = 0,16 (x 100) = 16%

Um erro comum na hora de fazer o cálculo

O cálculo da margem de lucro sempre diz respeito a um período específico de tempo. Por isso, é preciso garantir a receita, e todos os custos que determinam o valor do lucro se referem ao exato período de tempo. No caso do cálculo da margem de lucro líquida, isso pode ser mais complexo de fazer.

Outro detalhe relacionado ao fato de a margem estar sempre atrelada a um espaço de tempo é que é necessário fazer um acompanhamento contínuo da margem de lucro, uma vez que faturamento e custos são elementos que dependem de fatores variáveis e podem mudar frequentemente.

Como calcular margem de lucro no Excel

Para calcular a margem de lucro no Microsoft Excel, organizando esses dados em uma planilha eletrônica que dará a você o resultado da conta de modo automático, siga estes passos:

1) Identifique as colunas conforme a ordem Período de Tempo, Receita, Custos, Lucro e Margem de Lucro. Você só precisará preencher sempre as três primeiras colunas.

2) Na segunda linha da coluna do Lucro, coloque a fórmula =B2-C2 e aperte o <enter>. Ele já dará o resultado automaticamente.

3) Na segunda linha da coluna da Margem de Lucro, coloque a fórmula =D2/B2 e aperte o <enter>.

4) Agora, mude o formato da célula E2 para porcentagem. Para isso, clique na célula com o botão direito do mouse para abrir o menu, vá em Formatar Células > Número > Porcentagem > Ok.

5) Para não ter de repetir esse processo nas outras linhas e fazer o Excel dar o valor do lucro e o da margem de lucro automaticamente ao preencher as primeiras células da linha, apenas selecione as células D2 e E2, clique no quadradinho que aparece na lateral inferior direita e arraste para baixo, em direção às outras linhas.

Não se preocupe com as mensagens que vão aparecer nas células, já que elas só indicam que ainda faltam os dados para que as contam sejam feitas.

Pronto! Agora você já tem uma planilha automatizada para calcular a margem de lucro e deixar os dados organizados. Simples, né?

Como vimos, saber calcular a margem de lucro é essencial para a saúde financeira do seu negócio. Buscando aprender mais sobre gestão de finanças, confira este artigo com tudo sobre finanças para empreendedores. Nosso material sobre indicadores de desempenho para negócios pode ser muito útil pra você também.

Leia mais sobre Empreendedorismo Para seu negócio


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.