Assim como muitos setores da sociedade, a forma como fazemos publicidade se transformou nos últimos anos. Hoje, é possível alcançar visibilidade, por meio da internet, de diversas formas, chegando até a lugares em que seu público mais está. Aqui entra a importância da mídia programática.

Segundo uma pesquisa da IAB Brasil, os investimentos em mídia programática cresceram 73%, em 2017, no país. Em uma previsão de crescimento realizada pela Federação Global de Anunciantes (WFA, sigla para World Federation of Advertisers), os gastos globais com mídia programática devem passar de 11% dos gastos gerais com publicidade digital para 28% em 2018.

mídia programática

Tal crescimento se deve ao aumento de conhecimento por parte de profissionais da área, além de empresas. A verdade é que as plataformas de mídia programática trouxeram muita facilidade para o dia a dia do marketing e por isso só tende a ganhar cada vez mais adesão.

Mas por que esse tipo de compra de publicidade tem se tornado tão importante? Neste artigo, vamos entender o que é mídia programática, quais são os benefícios de utilizá-la e algumas dicas para você realizar uma campanha de sucesso.

 

O que é mídia programática

Mídia programática é um procedimento para realizar compra de espaço publicitário na internet. Em vez de entrar em contato direto com blogs e sites, a empresa pode comprar mídia em um software que integra todos eles, assim como o Google AdWords e o Facebook Ads.

Uma das maiores vantagens da mídia programática é a possibilidade de compra em tempo real, podendo veicular anúncios em diversos sites sem precisar realizar várias negociações. Entenda rapidamente com este vídeo do especialista em marketing digital Fábio Ricotta:

Antes, a compra de mídia era mais limitada, já que era preciso disputar espaço em sites, da mesma forma como as negociações são feitas para jornais e revistas. O processo passou por uma renovação visando adequar a necessidade de rapidez e escalabilidade, da mesma maneira como a compra de ações passou a ser feita por home brokers, por exemplo.

Além disso, com as métricas de anúncios de mídia digital, é possível escolher com facilidade os espaços que vão atingir diretamente o público. Isso aumenta o retorno financeiro das ações, propiciando mais garantia de lucro. Caso um anúncio esteja com boa performance, também é possível pagar para que ele veicule durante mais tempo sem precisar de outra negociação.

A inteligência na forma como os anúncios são escolhidos também ganhou mais eficiência. Se uma peça mostra não dar resultados, é possível alterá-la sem grandes complicações. Na verdade, há a possibilidade de alterar toda a estratégia caso seja necessário, como o recorte de público-alvo, por exemplo.

Ademais, a forma de cobrança mudou – o valor é medido tanto por número de impressão quanto por visualização do anúncio. Para controlar tudo isso, profissionais utilizam as DSP (ou Demand Side Platform). Compreenda este e mais alguns termos importantes para a mídia programática:

 

  • RTB (Real-Time Bidding): modelo de compra de mídia que funciona por leilão entre os anunciantes, definido por uma tecnologia de cálculo das ofertas.
  • AD Exchange: redes de inventário de leilão onde compradores e vendedores negociam espaços de publicidade, geralmente por RTB e através de várias AD Networks.
  • AD Network: redes que conectam sites e anunciantes e se conectam às Ad Exchanges para vender o inventário disponibilizado pelos sites.
  • SSP (Sell-Side Platform): plataformas que auxiliam os sites e os blogs que vendem espaço a segmentar melhor o público a fim de conseguir ofertas melhores.
  • DMP (Data Management Platform): plataforma de coleta de dados e organização para uso dos anunciantes.

 

Benefícios do uso da mídia programática

Para quem realiza campanhas de mídia programática, há algumas vantagens:

Poder de segmentação

Com o poder dos dados (entenda o que é big data), é viável segmentar o público e encontrar quem realmente tem interesse no seu produto ou serviço. A mídia programática ajuda a concretizar isso, e, caso sua segmentação esteja equivocada ou específica demais, há a alternativa de alterá-la a tempo.

Menos desperdício

A alteração de campanhas com base na performance evita que você gaste seus recursos e não tenha como recuperá-los. Assim, em vez de fazer uma compra fechada, você pode analisar a campanha e alterar conforme seja necessário.

Alcance maior

Com a possibilidade de negociar espaço em vários sites de uma vez, você aumenta o poder de visibilidade da campanha.

Todavia, procurando alcançar esses benefícios, é importante criar campanhas projetadas para atingir o público certo na hora certa. Como fazer isso? Acompanhe algumas dicas abaixo.

 

Como realizar uma boa campanha utilizando mídia programática

O primeiro passo para a realização de uma campanha de sucesso é o planejamento. Tenha objetivos claros para cada anúncio e combine-os com as características do seu público-alvo. Entenda aqui o que é persona para aprofundar esse conhecimento.

Lembre-se de que a compra na mídia programática não é apenas do espaço, mas do público-alvo. Se seu produto foi feito para mulheres grávidas, o espaço em blogs sobre maternidade é muito valioso para você.

Confira abaixo outras boas práticas:

 

  • Ao criar as peças da campanha, preocupe-se em passar a mensagem correta. É preciso que o conteúdo esteja visível, como também explicitar a ação desejada. O ideal é ter mais de uma versão para testes.
  • O anúncio não é a única parte importante de uma campanha. A página para a qual os banners vão direcionar deve estar de acordo com a mensagem, além de ser responsiva e com boa usabilidade. Aqui, também vale criar mais de uma para testar.
  • Procure profissionais capacitados buscando gerenciar suas campanhas de mídia. Você também pode aprender mais sobre isso nos seguintes cursos: Resultados Digitais, Facebook Blueprint e Google Academy For Ads, por exemplo.

 

Evolução das tecnologias

Como você pode constatar, a mídia programática é uma forma de compra de anúncios que acompanha o avanço tecnológico. Muitas atividades se tornaram mais eficientes com a internet, e, com a publicidade, não poderia ser diferente.

Para se aprofundar no assunto, nunca deixe de aprender mais. Assim, você se mantém atualizado e pode fazer escolhas melhores para seu negócio. Leia outro de nossos conteúdos para saber mais:

O NOVO FACEBOOK NEWS FEED: COMO AS MUDANÇAS DO COMEÇO DE 2018 IMPACTAM NEGÓCIOS

 

Leia mais sobre Ambiente Digital Para seu negócio


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.