Todos nós sabemos: planejar é difícil em muitos momentos. Conhecer os próximos passos e traçá-los com sabedoria leva tempo. Mas também temos a noção de que é melhor tomar melhores decisões agora do que ter de refazer ou arriscar em algo que não vale a pena.

Mesmo depois de planejar, poucos conseguem se manter na linha e ir atrás dos resultados. A metodologia dos OKRs (Objectives and Key Results, ou Objetivos e Resultados-Chave) foi criada exatamente para isto: definir objetivos claros e as ações para atingi-los, tudo junto em um só lugar.

Na prática, você pode definir OKRs trimestrais e deixá-los disponíveis, em uma planilha, para a consulta de todo o time sempre que houver necessidade, por exemplo. Assim, você elimina da mente as tarefas desnecessárias e mantém todos focados em poucas coisas. Um sonho, certo?

Confira abaixo a melhor forma de definição de um OKR e como você pode implementar o processo já utilizado, no Google, desde 1999.

 

 

O que são OKRs

O objetivo maior de implementar OKRs na sua empresa é conectar as metas da organização às de seus funcionários. Eles servem primariamente para isto: manter todos seguindo na mesma direção e trabalhando juntos para bater as metas.

Reforçando: a chave é conectar os objetivos pessoais dos colaboradores aos da empresa. Por isso, OKRs também devem contar com as metas de cada um, de forma que elas contribuam para a organização como um todo.

Pronto, agora você já sabe o estilo de mentalidade no qual a metodologia se baseia. Mas ainda falta um exemplo palpável para compreender os OKRs. Veja como é simples:

● Objetivos são o que você deseja alcançar: “Colocar um homem na Lua, até o fim da década”.

● Resultados-chave são como você vai alcançar o objetivo: “Construir um módulo lunar que pese menos de 1,8 tonelada até dezembro de 1965”.

Os objetivos precisam ser significativos, tanto pessoalmente quanto para a companhia, devendo ser apoiados por todos. Já os resultados-chave explicam como você vai chegar lá e também devem ser mensuráveis, com um número limitado e um prazo.

Desde que John Doerr, investidor em uma das maiores empresas de venture capital – ou capital de risco – do Vale do Silício, introduziu a metodologia no Google, aprimorando o que ele havia aprendido na Intel, várias outras organizações conquistaram a excelência de gerenciamento, mantendo a coerência das ações e das metas organizacionais.

Isso foi possível mesmo com equipes gigantes (o Google tem mais de 50 mil funcionários no mundo). Ainda podemos citar LinkedIn, Twitter, Zynga e a maioria das startups criadas posteriormente.

Quer entrar na onda também? Confira abaixo mais benefícios de ter OKRs implementados na sua empresa.

 

Benefícios e melhores práticas da implementação de OKRs

Na hora de começar a implementar OKRs no seu negócio, tenha estes benefícios em mente:

● Tornar o processo de definição de objetivos mais disciplinado e consistente.

● Esclarecer expectativas aos colaboradores, a fim de que todos trabalhem em prol das coisas certas.

● Possibilitar melhor comunicação e conversas por meio da transparência.

● Estabelecer indicadores para medir progresso e sucesso.

● Alinhar objetivos de ponta a ponta.

Se a implementação for feita da forma correta, será possível enxergar claramente como os objetivos de cada colaborador se alinha com o da empresa. Algumas formas de garantir que isso aconteça:

● Foque em 3 a 5 objetivos por vez, com 4, 5 ou até menos resultados-chave para cada um.

● Pelo menos 50% dos objetivos devem ser ideias dos colaboradores para os líderes, a fim de garantir a motivação.

● Todos devem concordar com os objetivos principais da companhia.

● Onde quer que sejam definidos (em uma planilha ou no Trello), OKRs devem estar disponíveis para que todos os vejam.

● OKRs devem ser ambiciosos (se forem cumpridos 100%, há pouca agressividade na definição).

● Abra reflexões e conversas periódicas sobre o progresso de OKRs.

● Evite atrelar OKRs aos feedbacks. Eles estão lá para encorajar a inovação e a tomada de riscos, e as avaliações de performance podem ter um tom de cobrança e desmotivar, em alguns casos.

Dicas práticas para implementação da metodologia de OKRs

Para ajudar a começar agora, veja estas dicas práticas de implementação da metodologia:

Eleja um “comandante”

Não precisa ser necessariamente o CEO ou outro líder da sua companhia. Eleja um comandante, seja ele do board de diretores, seja ele do RH, que vai gerenciar os OKRs e garantir que estarão sendo atualizados da maneira correta.

O comandante deve entender profundamente a função da metodologia e ser comprometido com a atualização periódica.

Trabalhe com quarters

Isso não é uma regra, mas a maioria das empresas atualiza seus OKRs a cada quarter (trimestre). Considera-se que esse seja um bom período para realizar ações e medir os resultados.

Escolha uma dashboard acessível a todos

Não adianta muito criar sua base de OKRs em uma planilha do Excel se nem todos os colaboradores têm experiência para lidar com nelas. A mesma coisa para outras dashboards: Trello, Asana, etc.

Siga estes passos para uma definição de excelência

1 – Pergunte a cada colaborador quais são seus OKRs pessoais.

2 – Marque com cada um uma revisão depois de certo tempo (uma semana, por exemplo).

3 – Depois de combinados os OKRs individuais, marque uma reunião de definição com cada departamento.

4 – Estabeleça um prazo para cada departamento apresentar seus OKRs a todos os colaboradores (idealmente, durante uma grande reunião).

5 – Com base nas definições dos departamentos, os líderes estabelecem os OKRs de cada unidade. Sempre relacionados à maneira como a empresa se liga e quer ser vista no mercado e no mundo.

6 – Consolide tudo na plataforma escolhida.

 

Exemplos de OKRs

Do ponto de vista prático, ainda podemos dividir OKRs entre aspiracionais e operacionais. Os primeiros se preocupam com as ambições da empresa e as de cada pessoa. Podem estar relacionados a conquistar novos mercados ou inovar, por exemplo.

Já os operacionais estão no dia a dia da companhia e normalmente são definidos pelos líderes e repassados aos departamentos.

Não incluímos lá em cima nas definições porque é mais simples entender com exemplos. Confira abaixo modelos de OKRs para um gerente:

Operacionais

Objetivos

Resultados-chave

Melhorar a performance das vendas on-line

Liberar assinaturas digitais para as compras até junho

Elaborar um projeto de UX Design para aumentar as vendas do site até abril de 2016

Aumentar a satisfação do cliente

Conquistar 10 mil visitas mensais através de conteúdo personalizado

Rodar campanhas trimestrais personalizadas para 100 clientes

Aferir o engajamento dos colaboradores

Desenvolver pesquisa até abril

Analisar os resultados e definir ações até maio

 

Aspiracionais

 

Objetivos

Resultados-chave

Aumentar a liderança no mercado

Marcar três encontros com potenciais parceiros até julho

Transformar o líder em empreendedor Endeavor

Melhorar a inovação

Testar três funcionalidades parecidas nos produtos, a cada trimestre, e abrir para a votação de usuários

Coletar os resultados e pedir indicações de novas funcionalidades

Acelerar o crescimento estratégico

Engajar com pelo menos cinco parceiros

Trabalhar junto com o Departamento Jurídico para desenvolver cinco melhorias de contrato

Defina seus OKRs e cresça

Como você observou, OKRs possibilitam o acompanhamento das metas em toda a companhia. Líderes e colaboradores ficam alinhados de acordo com os objetivos e tomam decisões com os mesmos propósitos em mente.

Lembre-se: nunca atrele o cumprimento dos objetivos a pagamentos ou a benefícios financeiros. Eles devem contribuir com a cultura de metas na empresa e podem ser divertidos em alguns momentos, se forem definidos da forma certa.

Essa metodologia inovadora tem o potencial de implementar objetivos alcançáveis, gerenciáveis, mensuráveis e transparentes. Tenha isso sempre em mente e boa sorte!

Se os seus OKRs têm a ver com o crescimento do seu site, você também pode querer ler:

GOOGLE ANALYTICS: PRINCIPAIS INDICADORES PARA ACOMPANHAR NA FERRAMENTA

Fonte: Better Works

Leia mais sobre Destaque Para seu negócio Startup


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.