O trabalho remoto tem-se tornado representante das grandes transformações trazidas pelas tecnologias e pela internet. Existiu um tempo em que trabalhar de casa não era uma possibilidade. As alternativas de comunicação eram precárias, o que não fazia do home office algo produtivo.

Hoje, vemos modelos de trabalho remoto diferentes, nem sempre apenas condicionados à primeira imagem que nos vem à cabeça (uma pessoa sozinha trabalhando na sala de casa). Além disso, empresas escolhem formatos variados para a prática, desde o trabalho com horário flexível até a inexistência total de um escritório físico.

Será que vale a pena mudar o formato de trabalho convencional? Você pode ter mais informações sobre essa nova modalidade de trabalho em outro post que fizemos, que conta vantagens e desvantagens da prática. Neste artigo, vamos compreender melhor essa tendência, ou seja, como o trabalho remoto vai funcionar na prática no futuro.

 

Como está a percepção atual do trabalho remoto hoje

Por causa do avanço das formas de comunicação, o trabalho remoto tem sido cada vez mais aceito nas empresas do mundo todo. O estigma em relação a  quem não está presente no escritório está deixando de existir.

Trabalhadores remotos estão em muitos setores da economia, e isso só tende a aumentar, com ambientes mais dinâmicos de trabalho. Além disso, vemos entrar nessa onda todas as gerações em idade de trabalho, não apenas os millennials.

No entanto, de acordo com um estudo, muitos profissionais ainda sentem a necessidade de serem mais bem atendidos na questão da comunicação. Empresas nem sempre fornecem os meios para que as pessoas falem entre si, o que é muito importante para o trabalho remoto. Isso pode ser resolvido com a adesão a ferramentas como o Slack, por exemplo.

Assim, vemos que tanto trabalhadores quanto empresas estão animados com a possibilidade de aderir à tendência do trabalho remoto. No entanto, é preciso resolver alguns problemas para que tudo funcione bem.

A seguir, saiba mais sobre o que podemos esperar do trabalho remoto nos próximos anos com base em pesquisas e estudos.

 

Dados e fatos sobre o trabalho remoto

Confira uma lista de dados e fatos que provam a tendência do trabalho remoto e indicam um possível futuro:

 

  • Espera-se que o contingente de trabalhadores remotos nos Estados Unidos chegue a três quartos até 2020.
  • O trabalho remoto pode reduzir a desigualdade de gênero nas empresas, já que mães podem cuidar de seus filhos enquanto mantêm um emprego. 56% das mulheres na indústria da tecnologia precisaram deixar seus postos para cuidar dos filhos. Assim, empresas que aceitam trabalho remoto têm quatro vezes mais CEOs mulheres do que as que não têm.
  • A fabricante Dell adotou o trabalho remoto e anunciou uma economia de 12 milhões de dólares como resultado da decisão.
  • Várias empresas podem pensar que os open offices, ou escritórios abertos, onde não há paredes, facilitam a colaboração. Entretanto, a maioria dos profissionais prefere trabalhar de casa.
  • Existem cinco vagas disponíveis para cada desenvolvedor de softwares. Colocar como benefício o home office pode atrair mais talentos para a sua empresa. Saiba mais sobre como reter e encontrar talentos.
  • Entre as tendências de trabalho remoto, ainda não está incluída a viagem combinada ao trabalho. 43% dos respondentes desta pesquisa disseram ter viajado enquanto trabalhavam entre 1% e 10% do ano.
  • 83% dos profissionais acreditam que não precisam de um ambiente de trabalho para se sentirem produtivos.

 

Como você viu, os números já apresentam possíveis tendências de trabalho remoto. Continue lendo para conhecer algumas previsões.

 

Tendências de trabalho remoto para os próximos anos

Saiba como veremos o trabalho remoto no futuro.

Atração de talentos

Conforme o home office é mais aceito nas empresas, trabalhadores passam a buscar mais oportunidades que contemplem esse benefício. Muitos podem até considerá-lo uma condição para trabalhar para a sua empresa.

Mais preocupação com resultados

Com o tempo, as empresas se preocupam cada vez mais em acompanhar e monitorar os resultados das métricas ou KPIs. Como resultado do trabalho remoto, essa preocupação tende a crescer, com profissionais procurando comprovar seu desempenho por meio das entregas. Isso é positivo à medida que empresas mais movidas por dados tendem a ter mais sucesso.

Estratégia de negócio

Em várias frentes do negócio, é possível que o trabalho remoto se torne uma estratégia. Empresas podem, por exemplo, reafirmar seu branding por meio da modalidade de trabalho de seus funcionários.

Além disso, na perspectiva de custos, o home office é bastante satisfatório. A necessidade de manter espaços físicos gera muitos gastos, que podem ser evitados com trabalhadores remotos.

Crescimento do freelancer

Com a cultura do trabalho remoto ganhando espaço, é possível que trabalhadores optem por se tornar freelancers em tempo integral. Ou seja, preferem trabalhar para diversas empresas em caráter temporário.

Muitos ainda podem combinar um trabalho fixo de meio período e entregas como freelancer no restante do tempo.

Exigência de habilidades específicas

Nem todos profissionais podem aderir ao trabalho remoto. Além das limitações de cada posição, muitos não conseguem se adaptar à modalidade, o que é natural. Mas é importante observar que  empresas que pretendem aderir a esse modelo precisam exigir dos profissionais determinadas habilidades, dentre elas:

  • comunicação digital, tanto escrita quanto falada;
  • gerenciamento de tempo e habilidade de focar;
  • comunicação proativa (precisa estar confortável para fazer pedidos e tirar dúvidas);
  • mindset voltado para o crescimento (capaz de abraçar mudanças e aprender com elas);
  • familiaridade com dispositivos tecnológicos e softwares.

 

Trabalho remoto é para todos?

Como você viu, existem muitas particularidades para o trabalho remoto, mesmo que essa prática esteja cada vez mais em voga. É preciso compreender que não é algo para todos, mas é uma opção muitas vezes positiva, que vale ser considerada.

Quer saber mais sobre empresas e suas equipes? Leia mais:

SAIBA COMO ESTIMULAR A CRIATIVIDADE DA SUA EQUIPE

Leia mais sobre Destaque


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.