À primeira vista, o termo “trabalho remoto” desperta o desejo de muitas pessoas. Poder estar em casa enquanto executa suas atividades ou mesmo enquanto coordena sua empresa é um privilégio. E essa prática realmente pode trazer benefícios para todos e tem sido cada vez mais adotada.

Em uma pesquisa feita no Brasil com mais de 700 profissionais, 42,1% afirmaram que, em sua empresa, o trabalho remoto é amplamente utilizado – o setor que mais tem pessoas trabalhando nesse modelo é o de serviços.

Mas será que o trabalho remoto pode ser vantajoso para todos? Confira a seguir alguns motivos para adotar o modelo e por que ele não se adapta a todas as empresas.

 

 

Aumenta a motivação dos colaboradores

Muitos acreditam que o trabalho remoto pode, na verdade, reduzir a produtividade da equipe. Mas a realidade pode ser muito diferente.

Em média, quem trabalha de casa pode produzir até mais por não ter tantas interrupções durante o dia: um estudo da HBR mostrou que a produtividade pode crescer cerca de 13,5% quando as pessoas trabalham de casa. Em cidades grandes, também há a vantagem de não precisar se locomover até o escritório e com isso perder muito tempo no trânsito.

Entretanto, para que isso dê realmente certo, você precisa contar com as pessoas certas. Nem todo mundo se acostuma. Assim, se você planeja colocar a empresa em modo “home office”, contrate pessoas que demonstrem jogo de cintura para isso.

Na verdade, um estudo desenvolvido na China mostrou que talentos de alta performance tendem a ficar mais em empresas que oferecem trabalho remoto. Muitas pessoas aderem a esse benefício até mesmo por um salário menor.

 

Pode ajudar na criação de uma cultura de alta performance

Junto com o aumento da produtividade, pode vir o crescimento da performance da empresa. Grandes empresas como Automattic, Mozilla e Toptal já viram bons resultados nesse sentido e acreditam que a cultura de trabalho remoto também trouxe a cultura de alta performance.

Há também a tendência em utilizar espaços de coworking para fortalecer o pensamento criativo e aumentar a rede de contatos. Essas estratégias trazem muitos benefícios para a produtividade da empresa como um todo, sendo mais um benefício do trabalho remoto.

 

Não é necessário estar em modo trabalho remoto 100% do tempo

Implementar o trabalho remoto na sua empresa não significa que todos vão ficar 100% do tempo em casa. O ideal é que todos tenham liberdade para escolher de onde trabalhar, podendo ser algumas vezes por semana no escritório, por exemplo.

Algumas equipes ainda não abrem mão das reuniões presenciais, acreditando ser o momento para o time conversar cara a cara. Além disso, não é preciso deixar os happy hours de lado; é até importante que haja interação e descontração entre as pessoas para manter a socialização viva.

 

É preciso saber escolher as ferramentas

Se todos trabalham de casa, não haverá tantas oportunidades para conversar. Aquele bate-papo descontraído na cozinha ao pegar o café e/ou a ida rápida até a mesa do colega acabam sendo parte importante da comunicação quando a equipe está presente.

Por isso, o trabalho remoto deve contar com as ferramentas certas. Não basta assinar dezenas de aplicativos; é preciso garantir que é possível adaptar o uso deles ao trabalho das pessoas.

Já falamos aqui, por exemplo, sobre o Slack e sua capacidade de manter o time unido e com a comunicação em dia. Leia aqui.

Existem, porém, várias opções, cada uma com funcionalidades diferentes e que podem servir para a sua empresa: Asana, Trello, Evernote, Hangouts, Skype e por aí vai.

Conte também com bons servidores em nuvem para guardar e encontrar arquivos facilmente. Você pode escolher entre Dropbox, Google Drive, OneDrive. As opções são muitas, mas, se alguma não pegar ou não passar pelo teste das equipes, não hesite em trocar.

Nesse ponto, algumas empresas sentem medo de ter todas as suas informações e conversas online. Todavia, com um bom time de TI, é possível criar barreiras e manter tudo seguro, sem problemas.

 

É necessário se esforçar para se manter atualizado

A fim de que o trabalho remoto dê certo, além das ferramentas corretas, é importante contar com o esforço do time em se manter atualizado. Isso inclui informações sobre projetos e, no caso de gerentes, as tarefas que cada um executa no dia a dia.

Uma boa ideia é separar um tempo no início de cada expediente para conversar sobre o que cada um está fazendo. Em uma troca de informações de poucos minutos, é possível se manter atualizado sobre o que acontece com cada projeto e quais tarefas precisam ser adiantadas ou atrasadas.

 

Com tantos benefícios, por que não adotar o trabalho remoto?

Por mais que as vantagens sejam muitas, o trabalho remoto não é um modelo para todas as empresas. Algumas são limitadas por questões do próprio segmento, sendo imprescindível ter pessoas realizando as tarefas no local.

Além disso, em muitas a cultura não é adaptável. Isso não é sempre um ponto negativo – culturas organizacionais existem de todo tipo e tamanho.

Por isso, analise bem a sua empresa e como o trabalho remoto impacta no trabalho dela. Além disso converse muito com as pessoas para ter uma noção de como elas gostariam que esse modelo fosse implementado.

Se quiser saber mais sobre gestão de empresas, confira outro de nossos conteúdos:

CONHEÇA CULTURAS ORGANIZACIONAIS INCRÍVEIS PARA SE INSPIRAR

Leia mais sobre Empreendedorismo Para seu negócio


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.