A agricultura é uma área promissora e importante para empresas inovadoras. Segundo dados do 2º Censo Agtech Startups Brasil, em 2017, o país já possuía pelo menos 144 agtechs, startups voltadas para o campo.

Com tradição agrícola, a região da cidade de Piracicaba (SP) recebe a maior parte dessas empresas, não só pelo potencial de mercado, mas também por incentivo de instituições. O Vale do Piracicaba, como é chamado o polo de inovação, surgiu em 2016, a partir de investimentos do município e do apoio da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP).

O sucesso do Vale do Piracicaba é igual ao de outros polos de inovação que fomentam o empreendedorismo no Brasil. Já falamos de dois por aqui: Santa Catarina, que recebe empresas de tecnologia, e Santa Rita do Sapucaí (MG), que possui o Vale da Eletrônica.

A criação desse tipo de ecossistema é importante para incentivar a inovação e a união não só empresas, mas também de instituições de ensino e fomento, coworkings, dentre outros agentes importantes para a economia e o empreendedorismo. Por meio do compartilhamento de ideias e conhecimento, os negócios podem se fortalecer.

Neste artigo, saiba um pouco mais sobre o Vale do Piracicaba, conheça algumas empresas da região e descubra os benefícios de incentivar a criação de um ecossistema empreendedor.

 

O Vale do Piracicaba

O AgTech Valley ou Vale do Piracicaba, possui um site com informações relevantes, divulgação de ações e um mapa de todas as empresas e instituições participantes do ecossistema.

Segundo a página, Piracicaba tem tradição em tecnologia aplicada ao campo, que vem da época dos engenhos de cana-de-açúcar, que usavam equipamentos modernos para o seu processamento, o que fez do município um polo da produção sucroalcooleira.

Mais tarde, a região recebeu escolas agrícolas de peso, dentre elas, EsalqQ/USP, Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), Fatec (Faculdade de Tecnologia), EEP (Escola de Engenharia de Piracicaba) e FOP/Unicamp (Faculdade de Odontologia de Piracicaba).

A presença das instituições conferiu à Piracicaba potencial acadêmico e tecnológico, o que fortaleceu o Vale do Piracicaba.  Sem “donos”, a dinâmica do ecossistema é marcada pela colaboração entre os agentes e pela busca por políticas públicas que fomentem as ações.

Além de empresas e instituições, Piracicaba conta com lugares como o Pulse, coworking e aceleradora para startups com soluções agro. Outras iniciativas também impulsionam o polo, como o programa Startup Agro Digital Sebrae, do Sebrae Piracicaba, que selecionou empresas potenciais para serem aceleradas na região.

Todas essas ações contribuíram para o surgimento de negócios promissores, com potencial de transformar o setor. Confira alguns exemplos.

vale do piracicaba

 

Quem são as empresas do Vale do Piracicaba

Aegro

Criada em 2014, a empresa fornece software de gestão de negócios agrícolas, capaz de gerenciar todas as tarefas da produção. Antes, esse trabalho era feito no papel ou por meio de planilhas. Com um dashboard voltado para a atividade no campo, ficou mais fácil para o produtor gerenciar sua lavoura. A aplicação está disponível para Android e iOS, além do navegador.

Com mais de 1.500 propriedades cadastradas, o negócio começou em Porto Alegre, mas expandiu suas atividades para outras cidades do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, além de Colômbia, Paraguai e Vale do Piracicaba (SP).

CowMed

A CowMed oferece um dispositivo de monitoramento do gado. Por meio de uma coleira, é possível monitorar a saúde, nutrição e os ciclos reprodutivos dos animais. Com custo de cerca de R$ 0,40 por mês e por animal, o produtor pode prever doenças e descobrir o melhor dia e horário para realizar inseminações.

Presente em 11 estados brasileiros, dentre eles, São Paulo (Piracicaba), a CowMed monitora mais de 15 mil animais, contribuindo para o desenvolvimento do setor pecuário.

Delta CO2

Voltada para a sustentabilidade, a Delta CO2 presta consultoria e assessoria para produções agrícolas com o objetivo de avaliar indicadores do impacto ambiental. Os serviços envolvem emissão de gases, medição da pegada de carbono, uso da água, biodiversidade, etc.

Com esses dados à mão, é possível oferecer soluções de adequação personalizadas que regulem as propriedades. A empresa tem sede em Piracicaba onde iniciou suas atividades.

YouAgro

YouAgro é um aplicativo móvel social que conecta produtores, clientes e profissionais da área agrícola de todo o Brasil. O canal permite interação entre as pessoas e facilita a troca de informações e experiências.

Participantes podem acessar dados do mercado, dicas de profissionais experientes, dentre outros conteúdos. O objetivo é impulsionar a economia compartilhada nesse segmento, potencializando as trocas comerciais mais sustentáveis.

E aí, gostou de conhecer o Vale do Piracicaba? Saiba mais sobre como ecossistemas empreendedores surgem com o exemplo do San Pedro Valley, em Belo Horizonte!

Leia mais sobre Destaque


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.