5 startups para ficar de olho em 2017

Compartilhe este conteúdo:

Você sabe quais são as tendências de empreendedorismo para este ano? Elas podem ser definidas por situações gerais, como uma crise econômica ou pelos próprios empreendedores, que se aventuram em algum setor e mudam o cenário.

Selecionamos aqui algumas startups que já despontaram ou ainda vão se destacar no mercado, inovando nos mais variados setores. Você vai saber o que levou cada uma a criar a solução, como foi possível rentabilizar e as particularidades das empresas.

Quem sabe você não se inspira para criar um negócio?

 

ATAR – pagamento com pulseira

Uma startup da cidade de Timbó (SC) criou o primeiro wearable (possível vestir), que realiza pagamentos no Brasil. A ATAR Band é uma pulseira que permite pagar contas por meio do contato com a máquina de cartão – 85% dos aparelhos possuem a tecnologia no Brasil.

O que a empresa entrega é uma experiência de tecnologia, moda e tendência. Além disso, as fintechs, startups do mercado financeiro, surgem com novas soluções para um setor que até então não tinha tanta tradição com inovação.

O modelo de negócios da ATAR funciona por meio de assinatura, que pode ser adquirida no site. Você adquire a pulseira, coloca créditos e acompanha tudo pelo aplicativo. Não tem ligação com bancos ou outras instituições financeiras.

 

ContrataObra – conecta profissionais e obras

A startup é uma plataforma que conecta profissionais da construção civil a pessoas que precisam realizar uma obra. A ContrataObra é a primeira do estilo no Brasil e nasceu em São Bernardo do Campo (SP).

O problema identificado pelos fundadores foi a dificuldade em encontrar profissionais qualificados, de confiança e que cobrassem um preço justo. Do outro lado, ficam os próprios profissionais que não tinham uma base de vagas específica para eles.

A plataforma funciona em forma de assinatura, com planos pagos pelos profissionais que se colocam à disposição e por empresas com a finalidade de divulgar suas vagas.

 

Yubb – busca de investimentos

Outra fintech que está em evidência para o ano de 2017. A Yubb, de São Paulo (SP), é uma startup de busca de investimentos. Solução para quem tem dinheiro para investir, mas com dificuldade para decidir qual é o melhor negócio.

É o primeiro buscador do estilo no Brasil e não cobra comissões. O principal problema percebido pelos fundadores foi a quantidade de brasileiros que ainda guarda dinheiro na poupança, perdendo fundos quando sobe a inflação.

Na plataforma é possível colocar a quantidade de dinheiro que você tem disponível, definir o prazo e receber uma lista de investimentos viáveis com expectativa de retorno. A cada clique nas propostas, o distribuidor paga para a Yubb.

 

HEKIMA – big data

Uma das grandes evoluções que surgiram no século 21 foi a inteligência artificial e o big data analytics. A HEKIMA surgiu para aproveitar as oportunidades dessas tecnologias e criar soluções para as pessoas e as empresas.

Quem contrata a solução da startup de Belo Horizonte (MG) são empresas que já têm equipes de BI, mas não contam com especialistas em big data e inteligência artificial. A HEKIMA faz o papel desse profissional e elimina sua necessidade para desenvolver projetos mais complexos.

Os projetos da HEKIMA são customizados para as necessidades de cada cliente e podem ter várias fontes de dados diferentes, como as redes sociais.

 

MoveIdeias – soluções de logística

Startups podem atuar em vários setores, e com a logística não é diferente. A MoveIdeias surgiu para simplificar a comunicação entre fornecedores e clientes e integrar essa relação em um só local.

O problema identificado pela startup de Porto Alegre (RS) foi a dificuldade em rastrear as etapas do processo de atendimento em grandes indústrias e comércio. A solução foi disponibilizar em um só lugar todas as informações do pedido, tanto para o cliente final quanto para o gestor de logística.

Tudo é feito por meio do aplicativo, e o cliente recebe notificações sobre o estado do pedido via Chat BOT, SMS, e-mail ou pode conferir pelo próprio portal ou aplicativo. A plataforma integra tanto os eventos relacionados ao transporte quanto os arquivos úteis, como a nota fiscal.

Essas startups já estão no mercado, e a maioria já recebeu investimentos. Você tem uma ideia e ainda não sabe como correr atrás dos recursos para fazer acontecer? Saiba como acessando o conteúdo na biblioteca do Sebrae: Um anjo pode investir na sua ideia. Boa leitura!