8 exemplos de startups que estão revolucionando o mercado

Compartilhe este conteúdo:

Startups são empresas orientadas para a execução de ideias disruptivas, escaláveis, em um cenário de muita incerteza. Ao assumir riscos, elas também apresentam grandes chances de mudança para o mercado. Para lhe mostrar como isso se dá na prática, neste artigo, reunimos 8 exemplos de startups que estão revolucionando o nosso modo de empreender e viver.

 

São soluções inovadoras, promissoras ou startups sustentáveis que, quando dão certo, geram impactos na sociedade. Confira agora! 

Clickbus

Um exemplo de startup que impactou a vida de milhões de brasileiros. A empresa oferece a venda virtual de passagens rodoviárias para mais de 3 mil municípios do Brasil. Pela plataforma, o usuário acessa as opções de mais de 60 empresas viárias e compra seus ingressos em poucos cliques. 

Melhor Envio

O frete é o principal motivo de abandono de carrinho de compras no universo digital, e o Melhor Envio é um exemplo de inicialização que contribui para sanar essa dor do mercado. Ao conectar o lojista às transportadoras e oferecer fretes mais competitivos, a plataforma ajuda a aumentar as vendas do pequeno e do médio empreendedor na internet.

 

Além disso, a empresa facilita a experiência do usuário na gestão de fretes por meio da integração tecnológica com diversos mercados e plataformas de e-commerce. 

Resultados Digitais

A Resultados Digitais é um exemplo para quem precisa gerenciar e automatizar ações de Marketing Digital. A ferramenta reúne soluções de ponta a ponta, permitindo ao usuário a gestão de redes sociais, a criação de fluxos automatizados de e-mail marketing, uma análise de desempenho, dentre outras funcionalidades, em um local só. 

Dr. Cuco

Uma solução para facilitar a vida de pacientes com doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e colesterol alto. Uma startup que oferece programas de cuidado digital a fim de facilitar que as pessoas sigam as recomendações médicas.

 

Dentre as funcionalidades do aplicativo, estão o envio de lembretes ao usuário para que ele tome as devidas medicações e faça o monitoramento da patologia.

Unbox

Mais um exemplo de startup promissora que oferece soluções simples e eficazes a quem deseja começar a vender por meio da internet. Com a Unbox, o usuário pode criar uma loja virtual completa em poucos minutos e já iniciar as transações on-line.

 

A plataforma coloca à disposição uma solução de ponta a ponta, que inclui uma integração com meios de pagamento e com transportadoras. 

Zeropaper

A gestão financeira é um dos temas mais relevantes para a saúde de um negócio, e o Zeropaper é um dos exemplos de startups que estão revolucionando essa área. Pensando em facilitar a vida dos empreendedores, a empresa disponibiliza uma plataforma completa voltada ao planejamento financeiro, controle de contas, fluxo de caixa e produção de relatório, etc. Tudo isso reunido em um só local – o que faz toda a diferença na vida dos pequenos e dos médios negócios. 

CarMD

Já imaginou um aplicativo que diagnostica sozinho os problemas mecânicos de um carro? Ele já existe e foi criado pela CarMD, um dos exemplos de startup que impactam positivamente a vida das pessoas.

 

Pelo recurso, o usuário consegue encontrar os problemas e acessar todas as informações para a manutenção, sem a necessidade de contar com um diagnóstico de um profissional da área. 

Bank2B

Empreendedores que estão passando por dificuldades financeiras também encontram soluções disruptivas para acessar linhas de crédito. Um dos exemplos de startup de destaque na área é a Bank2B, que oferece empréstimos com taxas de juros e prazos mais competitivos que o mercado.

 

Outra facilidade disponibilizada aos usuários é a desburocratização do processo, diminuindo o tempo de espera do empreendedor para pegar uma quantia.

 

Como começar uma startup de sucesso?

Nem só de ideias revolucionárias as startups precisam para alcançar o sucesso. Há algumas etapas fundamentais que devem ser projetadas e cumpridas com o objetivo de aumentar as chances de êxito do negócio. Conheça quais são elas:

 

Análise de mercado

Identificar as dores e as necessidades do mercado é o passo zero na jornada de criação de uma startup. Afinal, a razão de existir de um negócio é oferecer soluções para os problemas cotidianos das pessoas. Ferramentas como a Análise SWOT e a Análise de Competitividade podem ajudar nessa etapa. (conectar aos posts sobre o assunto quando publicado no blog.)

 

Definição do projeto

Embora essencial, essa é uma etapa muito negligenciada pelos empreendedores que já partem para a criação do Mínimo Produto Viável. A definição da visão do projeto é o momento de colocar as ideias no papel e reunir informações completas sobre a futura startup: 

  • o que é.
  • para quem é.
  • qual problema / dor resolver.
  • como será o produto ou serviço.
  • e como a ideia será contabilizada / por onde virão os ganhos.

Validação com o público

Um dos exemplos de startup que mais fazem sucesso hoje em dia é o Nubank e, mesmo assim, ao lançar outros produtos, uma marca investe em validação com a base de usuários. No caso de empresas cuja operação ainda está no papel, é essencial validar se o público a quem é destinada a solução investiria no serviço.

 

Às vezes, pesquisas com perguntas simples trazem retornos inesperados e representam grande economia de tempo e dinheiro.

 

Desenho do modelo de negócio

Vencida a etapa de validação da ideia, é hora de desenhar o modelo de negócio por meio do Business Model Canvas. Aqui, você avança um passo na jornada e deve iniciar como acontecerá uma operação da startup: proposta de valor, atividades-chave, fontes de recurso, relacionamento com clientes, canais, custos e parceiros de negócios.

 

Desenvolvimento do Produto Mínimo Viável

O Produto Mínimo Viável é o teste final para validação da solução de uma startup no mercado. Após a conclusão das etapas de análise de mercado, definição e desenho do modelo de negócio, a ideia é criar um protótipo do produto com o propósito de lançar no mercado e observar o seu desempenho.

 

Dessa forma, uma startup consegue avaliar se o produto atende ao mercado, entregando valor e utilidade. É também uma forma de coletar feedbacks para melhorar em uma versão final.

 

As startups são modelos de negócios disruptivos, que chegam para revolucionar o mercado com soluções de alto valor. Neste artigo, citamos exemplos de startups que atuam nas áreas financeira, logística, mecânica, digital… Conclusão: são centenas de possibilidades.

 

Quer ter mais informações sobre soluções inovadoras que podem facilitar a gestão do seu negócio? Acesse agora mesmo o Sebrae Connect e conheça diversas startups que ajudam você a resolver problemas do dia a dia empreendedor.