Como começar uma loja online em 4 passos

Compartilhe este conteúdo:

Estamos vivendo na era digital. Se antes as compras eram limitadas à localização geográfica, esse cenário mudou completamente. Só no primeiro trimestre de 2021, foram mais de 75 milhões de vendas virtuais no Brasil. No mundo, mais de 2 bilhões de pessoas compram pela internet.

 

Esse é um excelente cenário para quem empreende. Por isso, se você quer seguir competitivo no mercado, precisa aprender como começar uma loja online agora mesmo.

 

Neste artigo, mostramos como você pode iniciar seu e-commerce em 4 passos. Vem descobrir!

 

Como começar uma loja online em 4 passos

O e-commerce é um mercado em constante expansão. Impulsionado pela pandemia da Covid-19, o comércio eletrônico deve faturar 4 trilhões de dólares até o final de 2021. Para os empreendedores, essa é uma tendência a seguir, já que os hábitos de consumo foram claramente impactados. Hoje, quase metade das pessoas compra pela internet mais do que costumava fazer antes da pandemia.

 

Então, se você pensa em migrar ou unir o físico ao digital, esta é a hora. Agora, mostramos como você pode começar uma loja online em 4 passos.

 

1. Amadureça sua ideia

Caso queira abrir um negócio na internet, mas não sabe por onde começar. Caso tenha somente uma ideia no papel, porém não tem ideia de como trazer para a realidade. Ou se você nunca atuou no universo digital e quer investir na área, o primeiro passo é refinar seu projeto.

 

Antes de saber como começar uma loja online, você precisa identificar os seguintes pontos:

 

  • Qual produto vou oferecer?
  • Qual vai ser o meu público?
  • Quais dores de mercado vou resolver?
  • Qual o meu diferencial competitivo?

 

Dica! Conheça alguns recursos que podem ajudar nessa etapa:

 

 

2. Defina seu público-alvo

Há uma premissa no Marketing Digital que é perfeitamente aplicável para quem deseja aprender como começar uma loja online. Se você fala com todo o mundo, você não está falando com ninguém.

 

Antes de criar seu e-commerce, você precisa definir quem vai ser o seu público. Tenha como base características como dados demográficos, profissionais, bem como informações sobre os objetivos e o comportamento das pessoas.

 

Isso porque toda a experiência virtual deve ser pensada para atender às necessidades e aos desejos desse nicho. Então, é preciso compreender os desafios, os hábitos e os interesses de quem tem chances de comprar da sua loja virtual. Uma das estratégias que ajudam a delimitar essa audiência é a criação de personas.

 

Ao reconhecer quem é o seu público, seu negócio vai saber como se comunicar com as pessoas, de modo que a mensagem gere conexão, engajamento, oportunidades de venda e, claro, mais resultados.

 

3. Crie sua loja online em uma plataforma de e-commerce

A forma mais rápida e simples de começar uma loja online é por meio de plataformas de e-commerce. Esses são ambientes que oferecem uma estrutura virtual completa para hospedar negócios eletrônicos. Desde o design intuitivo que garante uma boa experiência ao usuário até a integração com diversos intermediadores de pagamento.

 

Com essa opção, o empreendedor não precisa investir no desenvolvimento de uma loja virtual do zero. Basta escolher a opção de mercado que mais atenda ao perfil de negócio e criar uma conta na plataforma. Em seguida, é só escolher um dos modelos oferecidos, configurar os produtos, as formas de pagamento e partir para a divulgação.

 

Conheça agora 6 plataformas de e-commerce e aprenda como escolher a melhor para seu negócio.

 

 

Dicas de configuração para começar sua loja online

  • Mantenha atualizados os contatos e as redes sociais do negócio.
  • Invista em um domínio próprio.
  • Faça uma otimização SEO.
  • Ofereça um canal rápido de atendimento.
  • Invista em fotos de alta qualidade e na descrição apurada dos itens.
  • Use CTAs e botões de compra em todas as páginas da loja virtual.

4. Divulgue sua loja online

O último passo de como começar uma loja online é a divulgação. Uma vez que você já amadureceu o projeto, definiu seu público-alvo e configurou o negócio na plataforma de e-commerce escolhida, é hora de fazer com que sua marca seja conhecida pelas pessoas.

 

Existem diversas formas de promover seu comércio eletrônico. Aqui, apresentamos as principais. Confira!

 

Conecte sua loja a marketplaces

Marketplaces são grandes vitrines que reúnem centenas de lojistas em um único espaço virtual. Costumam atrair pequenos e médios lojistas pela possibilidade de divulgação da marca em um ambiente que recebe milhões de visitas por mês. Magazine Luiza, Americanas, Amazon e Mercado Livre são alguns dos importantes players do mercado.

 

Entenda agora o mercado de Marketplaces.

 

Produza conteúdo para as redes sociais

Instagram, WhatsApp, Facebook e TikTok são excelentes canais para atração e relacionamento com as pessoas. As redes sociais fazem parte do nosso dia a dia e permitem a conexão entre marcas e consumidores, seja por meio do conteúdo orgânico, seja por meio da mídia paga.

 

Além disso, tais canais vêm investindo em recursos para potencializar as vendas, como as etiquetas de produto no Instagram (que permitem o redirecionamento do usuário ao carrinho de compra na loja virtual) e o Facebook Marketplace (que possibilita a compra e a venda de itens dentro da rede social).

 

Ofereça cupons, descontos e incentivos

Um ótimo jeito de começar uma loja online é oferecer incentivos a fim de que o público compre seus produtos. Veja algumas ações que dão certo:

 

Cupom de desconto na primeira compra: além de estimular o consumo, a ação ajuda a construir uma base de leads para o negócio.

 

Brindes especiais para quem marcar a página nas redes sociais: os posts de amigos costumam influenciar as pessoas a consumir novos produtos e serviços na internet.

 

Pronto! Agora você sabe como criar uma loja online em 4 passos. E atenção: a internet abre infinitas possibilidades para a expansão do negócio. As barreiras geográficas são quebradas, e assim você pode vender para todo o Brasil, independentemente do tamanho da sua operação.

 

Gostou da ideia e quer se aprofundar no universo do comércio eletrônico? Baixe agora nossa Cartilha Tendências do E-commerce e descubra as oportunidades que estão chegando no mercado!