Como definir sua Estratégia de Relacionamento com Leads

Compartilhe este conteúdo:

O que um negócio deve fazer para ter um bom relacionamento com seu público? Já se perguntou? Assim como em qualquer área da vida, relações saudáveis são pautadas por escuta e atenção às expectativas e às necessidades uns dos outros. Na Jornada do Cliente, não é diferente. Desde a etapa de atração até a de fidelização, é preciso definir Estratégias de Marketing de Relacionamento para fazer o Lead avançar no Funil de Vendas.

 

Ao compreender do que o público precisa e também o que ele espera, é possível traçar ações alinhadas não só aos desejos do consumidor, mas também de acordo com a etapa em que ele se encontra no funil. Assim há mais chances de criar uma relação ganha-ganha. Quem está disposto a comprar tem suas necessidades atendidas, e quem quer vender conquista a confiança do público.

 

Além disso, estratégias de Marketing de Relacionamento trazem outros benefícios ao negócio. Com um conjunto de ações alinhadas à persona da marca, é viável ainda construir branding, desenvolver autoridade no nicho de atuação e fidelizar clientes.

 

Quer entender como seu negócio pode potencializar o relacionamento com seus Leads por meio dessa prática? Siga a leitura!

 

Um passo para trás: o que é um Lead

Antes, porém, de começarmos a falar sobre Estratégias de Marketing de Relacionamento, é importante que você compreenda o conceito de “Lead”. Essa é a titulação que recebe uma pessoa declaradamente interessada na solução do seu negócio. Na prática, ocorre assim: o Lead visita as redes sociais, o site ou o blog da marca e deixa suas informações pessoais ao preencher um formulário para recebimento de e-books, newsletter ou até mesmo para cadastro em plataformas.

 

O que são Estratégias de Marketing de Relacionamento

Agora, vamos esclarecer o conceito das Estratégias de Marketing de Relacionamento e como lançar mão delas. Trata-se de um planejamento focado em acelerar o trajeto das pessoas na Jornada de Compra. Esse abarca ações para a atração, conversão, fidelização e encantamento de clientes ao longo de todo o Funil de Vendas.

 

O diferencial de uma boa Estratégia de Marketing de Relacionamento está em fortalecer a conexão com a persona do negócio. Independentemente de onde ela estiver na jornada, o principal é entregar uma experiência encantadora em todos os pontos de contato com a marca.

 

Por isso, deve ser um planejamento de longo a médio prazo, cujo foco pode variar de acordo com o grau de maturidade e os objetivos do negócio. Veja a importância das Estratégias de Marketing de Relacionamento:

 

  • Fidelização de clientes.

 

  • Diminuição da taxa de churn.

 

 

  • Automatização de processos de compra.

 

  • Desenvolvimento da autoridade no mercado.

 

  • Criação de outros produtos e serviços.

 

4 dicas para usar o Marketing de Relacionamento no seu negócio

1. Definir a Jornada do Cliente

Mapear todos os pontos de contato do público com a marca é um dos primeiros passos que antecedem à criação de Estratégias de Marketing de Relacionamento. Isso porque, antes de planejar qualquer ação, é preciso reconhecer por onde os Leads podem interagir com o negócio, bem como saber em que momento e de que forma se dá essa interação.

 

Depois de criada a Jornada do Cliente, é essencial dividir entre os times a responsabilidade de contato com o público. Por exemplo, o Setor de Marketing pode ser responsável por toda a interação na fase de atração e qualificação de Leads. Na etapa de conversão, quando os Leads se tornam prospects, o time da área Comercial assume a tarefa. Já a fase de encantamento e fidelização de clientes pode ser uma demanda da área de Customer Sucess.

 

Dessa forma, cada setor reconhece o que lhe cabe ou não para a execução da Estratégia de Relacionamento com os Leads.

 

2. Usar ferramentas de automatização e relacionamento com o cliente

Ferramentas de automatização e CRM são indispensáveis para o bom funcionamento de Estratégias de Marketing de Relacionamento. Sem elas, não é possível coletar informações do Lead, muito menos planejar campanhas relevantes de acordo com suas características.

 

Além disso, esses recursos facilitam a organização da base de contatos, a segmentação e a qualificação dos Leads e, por conseguinte, a extração de dados sobre o desempenho das ações para um Data Driven Marketing.

 

Aliás, a segmentação dos Leads é uma das etapas mais importantes para o sucesso das Estratégias de Marketing de Relacionamento. Somente com acesso a informações estratégicas do Lead, é que se consegue personalizar a experiência de contato, entregar valor e, assim, fortalecer a conexão com o seu público.

 

Veja exemplos de ferramentas essenciais para o dia a dia de um negócio que tem a intenção de investir no Relacionamento com Leads:

 

  • CRM

  • E-mail Marketing

  • Softwares de Automação de Marketing

  • Gerenciadores de Conteúdos

 

  • Plataforma de Gestão de Redes Sociais

 

  • Ferramentas de Atendimento ao Cliente, como SAC, chatbots, etc.

 

3. Investir em Landing Pages (LPs)

Um recurso fundamental para atrair Leads são as Landing Pages. Por meio dessa página de aterrissagem, o visitante é capturado para o Funil de Vendas do seu negócio. Portanto, elas precisam ser atrativas, objetivas e convidar o internauta a tomar alguma ação a fim de iniciar a Jornada do Cliente.

 

Uma boa prática de atração é oferecer conteúdos ricos para estimular o interesse do visitante à sua marca. E-books, infográficos, consultorias gratuitas são alguns caminhos para chamar a atenção da persona.

 

4. Usar e-mail marketing

Como é extremamente personalizável e multifuncional, o e-mail marketing é um ótimo aliado na criação de uma boa Estratégia de Relacionamento com Leads. Por meio de mensagens automatizadas, pode-se alcançar o Lead em todas as etapas da Jornada do Cliente.

 

Veja como esse recurso muitas vezes ajuda a fortalecer o relacionamento com seu público:

 

  • Oferta de promoções e cupons de desconto exclusivos.

 

  • Comemoração de datas especiais, como aniversário.

 

  • Lembrete de inscrições em eventos, webinars e palestras promovidas pela marca.

 

  • Envio de conteúdo de valor, como blog posts, e-books, entrevistas.

  • Construção de autoridade, com compartilhamento de cases de sucesso.

 

  • Acompanhamento pós-venda.

 

  • Pesquisa de Satisfação.

  • Oferta de novos serviços ou produtos.

 

Certamente, você percebeu que há diversos caminhos para criar uma boa Estratégia de Marketing de Relacionamento com Leads. Da etapa de atração até a fidelização dos clientes, existem dezenas de pontos de contato, sendo possível fortalecer a conexão com o público da marca.

 

O desafio, contudo, é estar atento ao comportamento do consumidor, a fim de planejar ações que gerem valor para o cliente e que tragam resultados em longo e médio prazos à operação.

 

Deseja se aprofundar em como converter visitantes em oportunidades de negócio? Baixe agora mesmo nosso e-book com 11 formas de gerar Leads para a sua empresa!