Conheça os novos 4Ps de Marketing na era digital

Compartilhe este conteúdo:

Os 4Ps de Marketing fazem parte de um conceito bastante popular na área da Administração e de Mercadologia. E são essenciais para qualquer estratégia de negócio.

No entanto, será que esse conceito tão tradicional ainda funciona na era da transformação digital? Como podemos utilizar os 4Ps de Marketing neste cenário pós-pandemia? É o que veremos no artigo a seguir. 

Os 4Ps de Marketing na teoria tradicional

Recapitulando, os 4Ps de Marketing na teoria tradicional são:

  • Produto: considera os elementos-chave que precisam englobar o serviço ou produto oferecido, desde funcionalidades, até o nome e a aparência que ele terá. 
  • Preço: envolve o quanto as pessoas estão dispostas a pagar por um determinado produto e que valor está agregado a ele, em conjunto com os custos de produção.
  • Promoção: considera a divulgação do produto como um todo, desde a comunicação até os canais com o cliente. 
  • Praça: também chamado de “ponto” ou “local”, a praça vai determinar os pontos de venda do produto e onde ele precisa estar disponível para que o cliente possa encontrá-lo e para que ele se torne relevante. 

A lógica de Marketing na era digital

Por muito tempo, os 4Ps de Marketing, popularizados pelo autor Philip Kotler, foram o centro da estratégia de posicionamento de mercado de muitas empresas. 

Todavia, é válido lembrar que essa teoria surgiu em 1960. Considerando toda a evolução tecnológica e as mudanças na jornada que tivemos desde então, é natural pensar que tal teoria precisa ser revisitada e atualizada.

O produto continua  extremamente relevante para o mercado e deve ser um dos pontos-chave de qualquer estratégia de negócio. Por outro lado, a praça ou o local, não são mais tão essenciais assim. Isso em razão  do crescimento e do potencial que as compras online trazem para a Jornada de Compra. 

O preço, embora ainda relevante, passa a ter papel secundário e de menor relevância, uma vez que as pessoas estão dispostas a pagar mais pelo valor agregado à solução que a empresa oferece, oscilando de acordo com o momento de compra. 

A promoção também passa por mudanças relevantes tendo em vista a perspectiva na era da transformação digital, já que existem várias formas de enxergar e promover um produto e uma marca específica. 

Os novos 4Ps de Marketing

Produto

Quando avaliamos o Marketing na era digital, o produto é percebido como extremamente relevante para qualquer empresa, porém, a partir de uma nova ótica. 

A qualidade do seu produto continua a ser essencial para a construção da sua estratégia de negócio. Não pode se perder de vista desde a construção de um modelo financeiro até a estrutura de venda e a consolidação da comunicação da marca. 

Na era digital, é necessário construir um produto de qualidade acima de qualquer estratégia de Marketing, visto que a opinião dos clientes e dos consumidores ficam disponíveis na internet e podem definir a visão que os seus públicos terão da sua marca. 

Pulso 

O conceito por trás do “P” de “Pulso” vem da necessidade de o empreendedor estar o tempo inteiro “tomando o pulso” dos seus clientes. Em outras palavras, é fundamental ter constantemente feedbacks dos seus consumidores e checar com frequência como está a experiência em todas as etapas da Jornada de Compra. 

Escutar o cliente e ver o que ele pensa é essencial para o sucesso de qualquer empreendimento na era digital. E, quando olhamos para os 4Ps de Marketing na ótica tradicional, isso não é contemplado. 

Propósito

Outro conceito não contemplado nos 4Ps de Marketing da teoria tradicional é o “Propósito”. É muito raro encontrarmos hoje qualquer organização bem-sucedida que não tenha um propósito claro por trás da sua marca

A entrega de valor precisa estar clara, tanto para  funcionários e clientes quanto para os públicos que entram em contato com a sua empresa. 

Aqui, a diversidade, a  inclusão e a sustentabilidade, exigências do cliente da atualidade, devem ser contemplados, não só como parte de uma estratégia, mas também como essência e propósito da marca na prática.

Pace – Ritmo

Do inglês Pace, o quarto “P” de Marketing está relacionado ao ritmo que uma empresa precisa manter para conquistar o mercado na era digital. Ter uma visão de negócio com base em velocidade, ajustar o mindset a partir do “feito é melhor que perfeito”, e acompanhar de forma intensa o que está acontecendo é essencial para o sucesso da sua empresa.

Os 4Ps tradicionais não consideram a relevância de ser rápido e ágil em suas estratégias de Marketing, o que, na era digital, é pré-requisito, a fim de que o crescimento e a consolidação da marca sejam possíveis. O cliente na pós-pandemia quer as coisas rápidas, demanda mudanças constantes, sendo impaciente e exigente ao mesmo tempo. Por essa razão, esse ritmo deve ser levado em consideração pelas empresas.

 

Como adaptar a minha estratégia de Marketing 

De maneira geral, a reflexão que os novos “Ps” de Marketing trazem é que a era digital e o cliente do século XXI exigem uma perspectiva diferente das empresas para a Jornada de Compra. 

É fundamental considerar outros elementos, como a percepção das pessoas sobre o seu produto, o valor agregado em relação ao preço e ao mercado, além do propósito que guia sua marca, a fim de consolidar a marca e fidelizar seus clientes. 

E, então, o que achou dos novos 4Ps de Marketing? Confira também como o Marketing Digital pode ajudar o seu negócio em tempos de crise e continue aprendendo a respeito do tema!