Por que apostar no Marketing Inclusivo?

Compartilhe este conteúdo:
O mundo mudou. A forma como consumimos informação, fazemos compras e buscamos respostas às questões já não é mais a mesma de cinco anos atrás. O digital concedeu poder aos consumidores. Hoje, não bastam preço justo e qualidade para a decisão de compra. Nestes tempos, ao consumir, as pessoas desejam se conectar com marcas com as quais se identificam e que contribuem efetivamente com a sociedade. É nessa dinâmica que entra o Marketing Inclusivo.
Trata-se de uma estratégia de Comunicação que investe em uma relação de transparência entre negócios e consumidores por meio de ações que traduzem o impacto social que uma marca pode gerar no seu entorno. Não entendeu? Explicaremos adiante tudo o que você precisa saber do Marketing Inclusivo. Por que é importante para o negócio investir nessa estratégia e 3 dicas para adotá-la no dia a dia da sua empresa.

O que é o Marketing Inclusivo?

 

O Marketing Inclusivo é uma estratégia de Comunicação que guia a postura de um negócio rumo ao impacto que ele deseja deixar no mundo. Com base nas causas que defende e acredita, a empresa define o modo como a marca vai se comunicar com a própria audiência, estabelece o tom de linguagem e o contexto por meio do qual o negócio apresentará seu propósito.
Uma característica marcante do Marketing Inclusivo é explorar narrativas que fogem de um padrão imposto pela sociedade, dos estereótipos, a fim de garantir representatividade para diferentes grupos. Veja alguns dos seus pilares:
  • É pautado pela transparência com os consumidores.
  • Reafirma o compromisso do negócio de fazer do mundo um lugar melhor.
  • Valoriza a diversidade cultural, de gênero, etnias, orientação sexual etc.
  • Desconstrói estereótipos.
  • Cria conexão com pessoas reais por meio da representatividade — as pessoas se identificam de verdade.

Por que é importante investir no Marketing Inclusivo?

 

Permeiam a sociedade diversas questões políticas, ambientais, raciais, de gênero, dentre outros temas. Diante de um cenário tão conturbado e relevante para a garantia de direitos, será que negócios devem se posicionar acerca de problemas aparentemente alheios às questões empresariais?
A resposta é SIM! Nos dias de hoje, é essencial investir em uma relação de transparência e confiança entre marcas e consumidores. Veja 5 motivos para investir no Marketing Inclusivo:
  • 90% dos consumidores atribuem às empresas a responsabilidade de fazer do mundo um lugar melhor (Salesforce).
  • 83% dos compradores no Brasil optam por adquirir produtos de empresas alinhadas aos seus valores pessoais, segundo estudo da Accenture.
  • Um terço dos usuários de um produto ou serviço deixarão de comprá-lo caso percam a confiança na empresa, de acordo com estudo realizado pela IBM.
  • A maioria dos consumidores que valorizam o propósito pagaria 35% mais caro do custo inicial em produtos sustentáveis de procedência transparente (IBM).
  • 57% dessas pessoas estariam dispostas a mudar seus hábitos para reduzir os impactos negativos no meio ambiente (IBM).
Houve até o caso de empresas comprometidas com objetivos maiores que o lucro que apresentaram mais chances de sobreviver diante dos desafios trazidos pela pandemia do coronavírus, segundo a revista Forbes. Conhecidas como empresas B, são negócios que valorizam a geração de impacto social, a sustentabilidade e a inclusão, em um equilíbrio entre propósito e crescimento.

3 dicas para aplicar o Marketing Inclusivo ao seu negócio

 

Agora que você já sabe como é importante aplicar o Marketing Inclusivo na sua empresa, iremos às dicas práticas?

1. Conte histórias verdadeiras

 

Uma das premissas do Marketing Inclusivo é fugir dos estereótipos na hora de produzir conteúdo para o negócio. Seja nas redes sociais, seja nas ferramentas de atendimento ao cliente, o objetivo é oferecer a possibilidade de diferentes consumidores se sentirem representados nos espaços de mídia.
Por exemplo, ao escolher uma imagem para as redes sociais, eleja aquela que desconstrói estereótipos, que valoriza as diferenças, que traduz para a audiência as causas nas quais a empresa acredita e as quais defende.
Lembre-se: as marcas são um importante veículo de massificação dos padrões mais endeusados em determinado momento histórico. E por que não valorizar as características de pessoas comuns?
Portanto, explorar novas narrativas e perspectivas para contar histórias por meio de consumidores reais é um caminho certeiro para o negócio que deseja tornar o mundo um lugar melhor.

2. Trabalhe com um time inclusivo

 

Comprometer toda a equipe com a proposta do Marketing Inclusivo influencia diretamente o impacto que o negócio pode gerar no seu entorno. Abraçar a diversidade, equilibrando a sedimentação do propósito à busca por lucro — fator fundamental de sobrevivência de um negócio — é uma tarefa que exige atenção diária e responsabilidade compartilhada por toda a equipe.
Por isso, além de compartilhar as causas as quais a empresa defende, é essencial formar um time plural de modo a furar possíveis bolhas para enxergar a realidade como ela se apresenta. Lembre-se: Marketing Inclusivo é fugir de estereótipos, inclusive, dentro do próprio negócio. Fique atento!

3. Invista em um Manual de Boas Práticas

 

Visando produzir conteúdo sob a lógica do Marketing Inclusivo, é preciso alinhar não só o tom e a linguagem do material, como também buscar a representatividade em cada post, em cada comunicação disparada.
Sistematizar cada detalhe de como é feita a escolha das palavras, das fotos, das histórias a serem contadas para a elaboração das Campanhas de Comunicação contribui para normalizar a prática dentro da empresa. Por isso, invista em um Manual de Redação com a linguagem que deve ser seguida, bem como os termos que devem ser evitados, e em um Guia voltado a valorizar a diversidade na escolha de fotos das redes sociais.
O Marketing Inclusivo é um dos pilares para criar e reforçar a conexão do consumidor aos valores e ao propósito do negócio. Especialmente nestes tempos, quando os compradores estão cada dia mais antenados ao impacto positivo que uma empresa gera no entorno e acreditam no poder dela para a transformação do mundo em um lugar melhor, é imperativo prezar a representatividade, a sustentabilidade e o compromisso com o social. E não só isso: é contribuir com a criação de uma sociedade mais justa, democrática e, claro, inclusiva.
Quer saber mais de Marketing para o seu negócio? Leia outros posts como este no nosso blog!