Tendências e estratégias para o Trabalho Híbrido em 2021

Compartilhe este conteúdo:
Durante a pandemia, 46% das empresas brasileiras migraram para o home office no início do isolamento social, em abril de 2020, de acordo com pesquisa feita pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Às pressas e sem planejamento, as instituições foram obrigadas a incorporar o “novo normal”, e, hoje, a tendência é que o Trabalho Híbrido permaneça como prática dentro das estruturas organizacionais.
Mesclar a jornada laboral entre o presencial e o virtual é o futuro da força de trabalho nas empresas. A ideia que, antes, pouco saía do papel, virou realidade. A pandemia acelerou mais uma mudança de comportamento na estrutura laboral e trouxe certezas: o modelo virtual funciona, e o Trabalho Híbrido chegou para ficar. Neste artigo, contamos as principais tendências dessa modalidade e o que deve mudar nos próximos anos, com o “novo normal”.

O que é Trabalho Híbrido?

 

É um formato laboral que mescla a jornada de trabalho entre a produção presencial e a virtual, isto é, o colaborador tem a possibilidade de desempenhar suas atividades de qualquer local, além das dependências físicas da empresa.
A mudança do ambiente, contudo, impacta não só a vida profissional dos colaboradores. Trabalhar de casa exige das pessoas maior capacidade de adaptação, de autogerenciamento, bem como Inteligência Emocional.
É preciso, muitas vezes, conciliar as videoconferências, as atividades domésticas e a interferência de familiares, filhos, pais, avós, em um ambiente só. Um desafio e tanto, que, depois da vacina contra o coronavírus, precisará ser incorporado, já que o Trabalho Híbrido é a tendência no mercado empresarial.

O que muda com o Trabalho Híbrido?

 

Adotado às pressas por milhares de empresas, o home office exigiu mudanças no dia a dia de trabalho. Conversas antes feitas pelos corredores do escritório, reuniões ao redor de largas mesas e a busca por informações presencialmente são algumas das centenas de práticas que deixaram de existir, no modelo antigo, claro.
Foi sendo construído, ao longo da adaptação, um cenário propício ao Trabalho Híbrido dentro das estruturas organizacionais, com a Transformação Digital e a Automação de Processos. A cada jornada realizada de casa, os gestores e o setor de Recursos Humanos viram a criação de um modelo mais democrático, autogerenciável e tecnológico de funcionamento das empresas. Veja as principais mudanças:

Utilização de ponto eletrônico

 

Um dos negócios impactados positivamente pela necessidade de isolamento social foram as empresas que oferecem serviço de ponto eletrônico. Com grande parte dos colaboradores trabalhando de casa, a busca pelos aplicativos chegou a crescer 300% em uma das startups tecnológicas.
Tais aplicativos são funcionais para o Trabalho Híbrido já que ajudam os recursos humanos a ter um controle compilado da jornada laboral, mesmo a distância.

Uso de aplicativos de comunicação on-line

 

Se antes a comunicação podia ocorrer ao caminhar entre corredores e salas, o home office apresentou novas possibilidades: a troca de informações via soluções tecnológicas. Ferramentas de videoconferência e aplicativos de mensagens instantâneas, voltados para empresas, ganharam destaque ao facilitar conversas profissionais também a distância.
No pico do isolamento social, em abril de 2020, o número de download do Zoom aumentou 60 vezes em comparação ao mesmo período no ano anterior. O app de videoconferência ganhou 131 milhões de novos usuários por todo o mundo.
Sempre antenado à dinâmica de mercado, a Google também lançou a própria ferramenta de vídeo, o Google Meet, para atender à demanda por soluções práticas de comunicação. A gigante da internet ofereceu salas virtuais gratuitas para a realização de bate-papos e reuniões com até 100 pessoas durante uma hora.

Inserção de plataformas para gerenciamento de tarefas e equipes

 

Trello, Monday, Google Drive, Google Agenda e Doodle são alguns dos recursos disponíveis na internet visando facilitar a vida de quem trabalha em equipe, a distância. Cada uma das ferramentas traz funcionalidades que vão desde o compartilhamento de documentos até a organização de atividades dentro de projetos.
No Trabalho Híbrido, tais plataformas são indispensáveis para a organização, o acompanhamento e a realização de tarefas em conjunto. Elas permitem reproduzir o ambiente compartilhado de uma sala física de trabalho, mesmo com cada colaborador contribuindo de um local diferente. Isso significa dizer que não é mais necessário um escritório para que as tarefas sejam bem executadas e acompanhadas dentro de uma empresa.

Trabalho Híbrido: os cuidados necessários

 

Mesclar a jornada de trabalho entre virtual e presencial traz desafios ao colaborador. Como dissemos, reunir em um ambiente a rotina doméstica, a presença dos familiares e as atividades laborais não é tarefa fácil. Aliada a isso, com o home office, a quantidade de tempo que o funcionário trabalha, geralmente, aumenta. Não é tão simples lidar com as diversas variáveis do Trabalho Híbrido. Por isso, as empresas também devem ficar atentas aos cuidados necessários, de modo que tal modalidade não implique malefícios à saúde do profissional.
O controle de horas trabalhadas e a instrumentalização do profissional a fim de garantir a ergonomia são fundamentais para as empresas que desejam adotar a prática. Outro fator a ser considerado são os cuidados com a saúde mental do colaborador. Então, propiciar um ambiente seguro e acolhedor, facilitando o acesso do profissional a atividades terapêuticas, também é papel das organizações diante do cenário laboral híbrido.
A pandemia acelerou um comportamento que já estava sendo ensaiado entre as empresas: a possibilidade de trabalhar de casa ou de qualquer lugar do mundo. No futuro, o “novo normal” trará o Trabalho Híbrido como prática comum no mercado profissional e será adotado pela maioria das empresas que desejam seguir competitivas, atraindo os melhores talentos para os seus times.
Quer saber mais novidades relacionadas ao Empreendedorismo e à Inovação nos Negócios? Acesse agora mesmo, no nosso blog, outros posts como este!