UX Design para startups: quais são as vantagens de adotar no seu negócio

Compartilhe este conteúdo:

No mundo digital em rápida mudança de hoje, os clientes, ou melhor, os usuários controlam tudo. Por isso, empreendedores e empreendedoras em todo o mundo estão trabalhando freneticamente para fornecer a melhor experiência de usuário possível a clientes. 

 

Agora, quando as pessoas começam a administrar uma startup ou tirar uma ideia  do papel, sua atenção imediata geralmente se concentra nas necessidades básicas de financiamento e em outros fatores básicos essenciais, voltados a administrar uma empresa. Nesse processo, pensar em UX Design e na contratação de designers de experiência do usuário pode ser a última coisa na mente de muitos desses empreendedores de startups. 

 

Tendo em vista, porém, o cenário atual de dar prioridade à experiência do usuário em todos os níveis de uma organização, o investimento na contratação de um designer de UX, mesmo em uma startup, está se tornando uma opção indispensável. Vamos examinar os benefícios que os empreendedores podem extrair ao investir em design UX.

O que é UX Design?

 

UX Design ou user experience design, é uma expressão do inglês que significa “design da experiência do usuário”.

 

O termo foi importado para o Brasil e já ficou famoso no mundo corporativo por aqui, mas o que significa UX design na prática?

 

O design UX pode ser definido como um processo que garante que os usuários tenham a melhor experiência possível com um produto/serviço, endossá-lo para seus amigos e voltar para desfrutar ainda mais. 

 

Quando um designer de UX começa a criar um design, sua primeira tarefa é entender os requisitos das pessoas que usarão o que quer que seja seu objeto de trabalho. A interface do usuário foi projetada levando em consideração vários fatores. 

 

Uma pessoa que é designer de UX coletivamente toma nota do que os clientes querem, fazem, veem, pensam, sentem e gostam. Todos esses elementos são cuidadosamente avaliados para fazer essa interface após a devida deliberação sobre layout, design visual, texto, marca, som e interação. Um design UX é então criado após a coordenação exaustiva de todos esses elementos, a fim de que ele possa fornecer a melhor experiência possível aos seus usuários.

 

UX Design para startups: por que investir nisso?

 

Há uma série de benefícios que podem ser obtidos de um bom UX Design aplicado nas startups. Os principais deles são os seguintes:

 

Otimização da satisfação do cliente

 

Um bom design criativo com conteúdo pertinente e facilidade de navegação satisfaz muito o cliente. Esses clientes satisfeitos constituem o núcleo de um empreendimento comercial de sucesso. Contando com um grupo de clientes leais, as chances de um negócio se manter e ter sucesso aumentam muito.

 

Aprimoramento da interação do usuário

 

Um bom design sempre garante uma interação agradável com o usuário. Como resultado, sua capacidade de alcançar usuários em potencial melhora significativamente. Esse é o fator mais importante para as startups investirem em projetos de experiência do usuário.

 

Criação de conhecimento da marca e valor da marca

 

Quando você tem um grupo de clientes felizes e satisfeitos, eles voltam repetidamente para você. Assim, você é capaz de criar consciência sobre sua marca e pode agregar valor a ela.

UX Design economiza muito dinheiro

 

Um investimento no design de sua startup nunca é um desperdício. Quando você está pronto para ter um aplicativo / site bem estruturado no início de sua operação, ele percorrerá um longo caminho para colher enormes benefícios para você. Por ser atualizado e de boa qualidade, esse aplicativo / site não exigirá mais muitas modificações, consertos, etc., e, no longo prazo,  agregará valor ao seu negócio. Portanto, será capaz de salvar seu dinheiro, bem como seu tempo.

 

Como aplicar UX Design no dia a dia de uma startup

Sabendo dos benefícios, resta entendermos em que momento da vida de uma startup devem entrar as práticas de UX Design. A resposta curta e direta é: o quanto antes!

 

Veja agora por que o UX Design deve estar na mentalidade da startup desde cedo e como aplicá-lo:

 

UX Design no MVP

Nos estágios iniciais de uma startup, pensar na experiência do usuário pode garantir o começo que sua empresa precisa ter para dar certo.

 

Uma boa pesquisa de experiência do usuário é essencial para o desenvolvimento de seu produto mínimo viável, uma vez que esclarece com o que os usuários se preocupam e quais recursos não são importantes. 

 

Também é por meio de pesquisas de UX que se revelam os pontos problemáticos que os usuários poderão enfrentar. Compreender a motivação e os obstáculos do usuário, bem como  a otimização adequada do funil, são essenciais antes de você desenvolver seu MVP, pois isso afeta todos os aspectos da criação do produto. Um bom designer de UX também pesquisará sua concorrência e o ajudará a articular como seu produto é diferente.

 

No entanto, o design UX não deve atrasar seu MVP. Lançar e testar um produto antecipado o mais rápido possível é um dos segredos para construir algo excelente. Além disso, testar seu MVP é uma oportunidade na qual um membro da equipe de experiência do usuário pode ser mais útil. Analisar os dados sobre como seus usuários estão encontrando e utilizando seu MVP é a chave para criar iterações ainda mais úteis.

 

O design UX é a chave para financiamento e capital

 

Os investidores tomam decisões de investimento com base principalmente na intuição e na confiança em um produto. Se você é uma startup em estágio inicial procurando levantar capital, não subestime o valor de adicionar um designer de UX à equipe a fim de fazer seu protótipo funcionar de maneira suave e intuitiva. Os investidores ficarão impressionados se o seu novo software tiver uma usabilidade clara.

 

A mudança nos últimos anos foi significativa. No momento, o melhor contratado no Vale do Silício não é um desenvolvedor ou um cientista de dados. É um designer UX. O design é uma vantagem competitiva, visto que os clientes de software esperam cada vez mais que as interações sejam intuitivas logo que saem da caixa. Os capitalistas de risco entendem essa tendência, e, nos últimos anos, as empresas de capital de risco têm até contratado parceiros de design para ajudar na tomada de decisões de investimento, e a tendência está apenas se acelerando.

 

Contratação de UX Designer: como fazer? E quando?

 

A esta altura, deve estar claro pra você que a UX merece um lugar em suas primeiras contratações e demandas de trabalho em uma startup. Com o ecossistema de startups se movendo rapidamente em direção ao UX Design, é imperativo que o design e os testes da experiência do usuário estejam na mente de qualquer fundador desde o primeiro dia.

 

Idealmente, você seria capaz de contratar um especialista em experiência do usuário maduro em sua equipe, em tempo integral, para orientá-lo durante o processo de criação e teste de seu novo produto. 

 

No entanto, a realidade é que os profissionais de UX são extremamente valiosos agora e, como tal, são “caros”, o que dificulta sua contratação por novas startups. Muitas novas startups optaram por equipes de UX menos experientes para fazer o trabalho, o que pode ser um bom jeito de começar, desde que se aposte na capacitação intensa de profissionais cada vez mais necessários para o dia a dia da empresa.