Se ser empreendedor é seu sonho, provavelmente você está se sentindo realizado agora que abriu uma empresa.

É muito bom trabalhar com o que você gosta e acredita e “ser o próprio chefe”.

Mas, especialmente no primeiro ano, é importante não baixar a guarda. Segundo dados do IBGE de 2014, seis em cada 10 empresas fecham as portas depois de cinco anos.

Para ter mais chances de não entrar nessa conta, procure se solidificar logo no início. Hoje, separamos algumas dicas para você sobreviver ao primeiro ano de empreendedorismo.

 

1. Tenha certeza do que está fazendo

O CEO da plataforma de freelancers Speedlancer, Jon Westenberg, conta que já presenciou empreendedores desistirem no primeiro ano porque não tinham plena convicção de seus projetos.

Com a empresa aberta, a maioria tem um problema e uma solução, além do modelo de negócios. Mas isso não é tudo.

Quando as pessoas perguntam o que você está fazendo, sua resposta não pode ser nada parecida com “comecei um negócio, talvez não dê em nada, mas estou tentando”. As pessoas só depositam confiança no seu negócio, uma vez que você também o faça.

 

2. Mantenha o foco

Manter o foco no primeiro ano de empreendedorismo é essencial. Você vai lidar com muitas preocupações diárias e, ao mesmo tempo, não pode perder prazos e precisa gerenciar a equipe.

Nem todo mundo trabalha da mesma forma. Por isso, encontre o seu jeito de se manter produtivo, seja pelo controle das tarefas com aplicativos, seja em um quadro de giz. Assim você evita que as coisas escapem.

 

3. Tome cuidado com as finanças

Se uma empresa tem de fechar, é provável que isso tenha acontecido por causa das finanças. Mesmo nos momentos iniciais, se você não tiver expertise, o ideal é ter uma pessoa que se responsabilize por isso.

Ela fica responsável por cuidar das finanças de forma minuciosa e tomar decisões, como abrir uma conta bancária extra e adquirir um cartão corporativo, por exemplo.

Mesmo com organização, é possível que você contraia dívidas. Não se desespere. É perfeitamente normal. Trabalhe sempre para gerenciá-las.

 

4. Não relaxe com o marketing

O marketing é parte de qualquer empresa de sucesso. Desde o início, é preciso entender profundamente seu público, sua persona e a jornada do cliente para traçar estratégias que atraiam novos negócios.

Também não deixe de dar uma cara profissional à sua presença on-line. Preocupe-se com a identidade visual da sua empresa, pois é com ela que as pessoas têm a primeira impressão sobre o seu negócio, especialmente no primeiro ano de empreendedorismo. Saiba aqui se vale a pena investir em uma identidade visual para a empresa.

Cuide também dos seus canais de comunicação, como o próprio site e as redes sociais. Não basta promover posts: também é preciso ter um planejamento bem definido e cuidar do relacionamento com os clientes.

 

5. Tenha um planejamento

Evite ao máximo pensar em curto prazo. Para continuar crescendo dentro de um ano, você precisa ter uma meta clara em mente e trabalhar duro para alcançá-la.

Patrick Bet David, CEO da PHP Agency conta neste post que um dos maiores erros que cometeu em seu primeiro ano de empreendedorismo foi não ter um planejamento. Para ele, é preciso que você planeje o seu dia, sua semana, seu mês e seu ano.

Esqueça a gratificação instantânea e comece a sonhar com as vitórias somente quando passar dessa fase.

 

6. Meça indicadores

Visando elaborar um planejamento, você precisa ter metas claras e saber medi-las. Não existe objetivo de sucesso que se resuma em “conseguir mais clientes”. Você deve querer ter “x clientes” até o fim do ano. Ou ter um “custo de aquisição y”.

Também não adianta muito medir tudo e começar a se sentir sobrecarregado. Lembre-se de que é preciso ter foco e defina algumas metas para o ano. Se quiser, confira aqui 8 indicadores principais.

 

7. Aproveite o networking

Conte muito com o networking no começo. É com ele que você terá chances de conhecer novas pessoas para dividir projetos e oferecer bons conselhos.

Participe de todos os eventos que puder na sua região e procure se apresentar a quem é da sua área.

Um bom recurso é se juntar aos participantes de ecossistemas de empreendedorismo, se existir algum perto de você. Conheça alguns e saiba como eles impulsionam o empreendedorismo nas cidades do interior do país.

E aí, você tem alguma dica para sobreviver ao primeiro ano de empreendedorismo? Compartilhe nos comentários!

 

5 AÇÕES SIMPLES DE SUSTENTABILIDADE PARA VOCÊ IMPLEMENTAR O QUANTO ANTES NA SUA EMPRESA

Leia mais sobre Destaque Empreendedorismo Para seu negócio


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.