Minas Gerais é muito mais do que ótima culinária. A capacidade de produção industrial e intelectual do Estado é bastante reconhecida e o colocou como polo de inovação e tecnologia no país.

Alguns fatores são decisivos para que as cidades de Minas se tornem mais inovadoras. Dentre eles:

● Parcerias com instituições de ensino.

● Editais de fomento.

● Criação de ecossistemas de startups.

● Exploração do potencial produtivo de cada cidade.

● Além de outras iniciativas nos municípios e nas regiões de Minas Gerais.

Como o que dá certo precisa ser copiado, trouxemos ensinamentos de cidades inovadoras de Minas Gerais, desde projetos e parcerias até as startups presentes em cada uma delas. Continue lendo para saber quais são!

 

 

1 – Belo Horizonte

O ranking Connected Smart Cities (Cidades Inteligentes Conectadas) colocou a capital mineira como uma das cidades mais inovadoras do país, de acordo com 12 indicadores. O destaque principal foi a aplicação de estratégias inteligentes para solucionar problemas da cidade.

SEED

Uma iniciativa que coloca BH dentre as cidades inovadoras é a do SEED (Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development). Já falamos sobre o programa de aceleração para startups por aqui. Confira!

O programa seleciona dezenas de empresas por ciclo e fornece investimento, além de apoio técnico e estrutural.

Startups belo-horizontinas

Diversas startups geradas na capital estão entre as mais inovadoras, segundo o ranking Open Startups. Confira algumas delas:

● Opinion Box: soluções de pesquisa de mercado online.

● Solides Tecnologia: software para identificação de perfil comportamental.

● BeerOrCoffee: plataforma de conexão entre pessoas próximas para gerar negócios.

2 – Lavras

Um estudo traçou um mapa da inovação em Minas Gerais, e Lavras ocupou o quarto lugar dentre as cidades mais inovadoras do Estado. Além de contar com o apoio da UFLA (Universidade Federal de Lavras), a cidade conquistou o posto em razão da expressiva geração de empregos.

Lavrastec

Uma das iniciativas para a inovação em Lavras é o Parque Tecnológico de Lavras, ou Lavrastec. O complexo vai abraçar empreendedores e pesquisadores, em parceria com a universidade e empresas privadas, visando incentivar a inovação e o empreendedorismo na cidade.

3 – Santa Rita do Sapucaí

A cidade de Santa Rita do Sapucaí se tornou um polo tecnológico, sendo capaz de unir os potenciais de mercado da região, relacionados à tecnologia, e as instituições de ensino.

Vale da Eletrônica

Chamada de Vale da Eletrônica, a cidade conseguiu incentivar a criação de várias empresas de tecnologia, incluindo startups, por meio de parcerias entre os setores público e privado.

As empresas de tecnologia de Santa Rita já lançaram mais de 13 mil produtos diferentes e geraram 12 mil empregos, de acordo com dados do Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica (Sindvel).

Confira mais informações sobre o destaque de Santa Rita do Sapucaí neste post.

Sapucaí Valley

Com tanto potencial, a cidade não poderia deixar de ter um ecossistema de startups estruturado. O Sapucaí Valley reúne as startups que impulsionam a inovação na região e recebeu o segundo crowdworking do Brasil.

 

4 – Itajubá

Com mais de 100 mil habitantes, a cidade também conta com uma universidade, a UNIFEI (Universidade Federal de Itajubá). Em esforços conjuntos com a prefeitura e outras instituições, também está dentre as cidades inovadoras de Minas Gerais.

Inovação da Indústria

Um exemplo de iniciativa é o lançamento de edital que fomenta a inovação na indústria da cidade, a fim de financiar o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores.

Com o apoio do SEBRAE, SENAI e SESI, foram disponibilizados mais de R$ 50 milhões para empresas de todos os portes. Saiba mais aqui.

Pesquisa

Outra forma de estar dentre as cidades inovadoras de Minas Gerais é por meio da identificação das necessidades dos cidadãos. Afinal, eles estão em contato direto com os serviços oferecidos pelas cidades e sabem do que mais precisam.

Foi isso que Itajubá realizou, com uma pesquisa inédita que buscava entender o bem-estar da população. O objetivo era utilizar os resultados para construir uma cidade mais inovadora, inteligente e sustentável. Conheça o relatório parcial.

 

Aprendendo com as cidades inovadoras de Minas Gerais

O conjunto de ações por parte dos vários setores da sociedade pode dar resultados positivos e desenvolver as cidades. Como vimos acima, a parceria entre instituições de ensino, prefeituras e empresas traz benefícios e reconhecimento para os municípios.

Anote as iniciativas de cada cidade e pense se elas podem contribuir com a sua também:

● Programas de aceleração e fomento

● Criação de parques tecnológicos

● Investimento no potencial do município

● Fomento à pesquisa

● Pesquisa com a população

Pronto para começar a inovar?

Não deixe de ler também:

DICAS PARA FAZER DA SUA CIDADE UM HUB DE EMPREENDEDORISMO

Leia mais sobre Destaque Para sua região Startup


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.