O ano de 2017 foi um marco para o segmento de cartões: foi nesse ano que as transações com “dinheiro de plástico” ultrapassaram o valor daquelas por meio de cédulas e moedas no mundo. No Brasil, o cenário segue essa tendência mundial de crescimento, com as vendas pagas com cartão representando 55,4% em 2017 contra 53,9% em 2016.

Com essa curva de crescimento, empreendedores que ainda não aderiram à maquininha de cartão podem estar perdendo cada vez mais vendas. Isso vale para empresas de qualquer porte, inclusive para as microempresas. Hoje, há serviços disponíveis até mesmo para os microempreendedores individuais (MEIs), o que facilita a vida de todos, inclusive de clientes.

Mas qual maquininha de cartão escolher? Com várias opções no mercado, é preciso analisar as ofertas e entender qual é mais vantajosa para o seu caso. A seguir, confira alguns benefícios de trabalhar com essas máquinas e quais critérios analisar na hora da escolha.

 

Benefícios das maquininhas de cartão

Confira alguns motivos para aderir às maquininhas:

 

  • Aumento das vendas: como todos preferem a comodidade e a segurança de utilizar cartões para realizar compras, inclusive com opções digitais, pelo celular, o risco de perder vendas pela falta da máquina é grande.
  • Diminuição dos calotes: cheques sem fundo e cédulas falsas são algumas das causas de perda de lucro. Com o cartão, essa perda acontece menos.
  • Controle de resultados: com as vendas automatizadas, fica mais fácil acompanhar históricos, saídas, vendas, faturamento, etc.
  • Segurança: empresas que possuem muito dinheiro em caixa podem se tornar alvo de assaltos. Com o cartão, esse risco diminui.

 

Com essas vantagens, fica difícil não aderir. No entanto essa medida acompanha alguns custos, e o ideal é escolher o serviço que atenda às suas necessidades e não pese no orçamento.

 

Critérios para escolher sua maquininha de cartão

Qual é a melhor máquina para seu negócio? Quando for pesquisar um serviço, analise:

 

  • Taxa: é o critério principal, ou seja, é a porcentagem cobrada pela empresa fornecedora sobre suas vendas. Essa taxa é cobrada automaticamente a cada transação.
  • Custo fixo: outro custo a ser considerado é o fixo, ou seja, o custo com o aluguel da maquininha. Algumas empresas cobram um valor mensal, enquanto outras oferecem a opção de comprar a máquina e parcelar a quantia.
  • Bandeiras: as bandeiras (exemplos: Visa ou Mastercard) são importantes para o vendedor que escolhe uma maquininha de cartão. Você pode desejar pagar um pouco mais caro para ter mais variedade, o que consequentemente aumenta as vendas, ou optar pelas mais utilizadas a fim de conseguir um valor mais baixo. Locais que vendem alimentos também podem adicionar opções de vale-alimentação ou vale-refeição.
  • Parcelamento: fique atento a essa opção. Nem todas a oferecem, e é preciso considerar os juros a serem pagos.
  • Antecipação de recebidos: em alguns casos, é possível antecipar o recebimento de valores advindos das vendas. Confira a taxa cobrada por esse serviço para saber se vale a pena.
  • Tecnologia: algumas empresas oferecem vantagens tecnológicas, que podem ser benéficas de acordo com o perfil do seu cliente. Existem aquelas com opção de pagamento por QR Code, por exemplo. Aplicativos e pulseiras também são vantajosos.
  • Suporte: por fim, analise as ofertas de suporte disponíveis. A última coisa que você quer é perder vendas por problemas técnicos ou de configuração. Garanta que a ajuda está disponível 24 horas e por meio do canal que for mais favorável (telefone, chat, e-mail, etc.).

 

Muito bem. Agora você já sabe o que procurar quando analisar os serviços de empresas como Elo, Rede, SumUp, PagSeguro, PayEleven e muitas outras disponíveis no mercado. Lembre-se de que, para oferecer a opção de pagamento com cartão, pode ser necessário ter conexão com a internet, seja Wi-Fi ou dados.

Agora que você já sabe como aumentar suas vendas aderindo às maquininhas de cartão, que tal aprender algumas técnicas de marketing para atrair ainda mais clientes? Confira:

SEIS ESTRATÉGIAS DE MARKETING QUE TODO EMPREENDEDOR INICIANTE DEVE CONHECER

Leia mais sobre Destaque


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.