Você é empreendedor e está pensando em fazer uma pesquisa de mercado para impulsionar o seu negócio. Mas essa sua vontade certamente vem acompanhada de muitas dúvidas. Vale a pena investir tempo e dinheiro nisso? Qual retorno terei? Quais alternativas tenho para realizar esse tipo de ação? Essas perguntas são normais e devem mesmo ser feitas.

planejamento estratégico

Antes de tomar qualquer decisão, pense no seguinte: o que diferencia negócios bem-sucedidos daqueles que lutam tão somente para sobreviver no mercado é o nível de acertos cometidos.

Mas o que faz você acertar mais e escolher os melhores caminhos? O conhecimento profundo que tem de onde está situado e para onde vai. Dito isso, não precisa explicar muito mais, não é? Você deve sim fazer pesquisas de mercado para encontrar novas oportunidades, descobrir maneiras mais eficientes de operar e garantir que o seu negócio prospere mais rápido e de maneira mais sólida.

Mas, calma. Se você não sabe por onde começar, continue por aqui. Elaboramos um conteúdo especialmente para ajudá-lo a saber os tipos de pesquisa que existem, quais escolher para o seu tipo de negócio, entre outras informações valiosas que você certamente vai querer saber. Olha só!

 

O que é pesquisa de mercado?

Antes de entrar mais profundamente no universo das pesquisas de mercado, é sempre bom saber o que elas são e representam. Esses tipos de pesquisa são, em linhas gerais, ferramentas que vão coletar dados importantes a serem usados pelo empreendedor nas tomadas de decisão mais acertadas para o negócio.

É essa análise que vai possibilitar ter uma visão mais detalhada desse negócio e de todos os componentes que o cercam, bem como conhecer oportunidades, ameaças externas e internas, perfil completo de clientes, mapeamento da concorrência, entre outras variáveis.

Para encontrar as informações que tanto procura em uma pesquisa de mercado, existem duas formas básicas: primária e secundária. Na primária, os dados coletados são estudados diretamente pela empresa ou por alguém contratado especificamente para isso. Já no caso da secundária, a pesquisa é feita por agentes terceiros e, quando pronta, fica à disposição do cliente.

 

Como fazer e por que fazer uma pesquisa de mercado

Não se iluda. Para fazer uma boa pesquisa de mercado, não existe uma fórmula pronta e muito menos mágica. Esse é um exercício minucioso e contínuo de análise. No entanto existem técnicas muito bem desenvolvidas e sistematizadas, além de maneiras bastante didáticas de observação na rotina da sua empresa.

Para conseguir as informações que deseja e precisa, você pode fazer uma coleta a partir de ações que promoverá ou obtê-las por meio de dados já verificados por outras pessoas ou instituições, tais como dados oficiais de um governo, por exemplo. Para uma boa pesquisa você deve contemplar três aspectos valiosos. São eles:

  • Análise da concorrência
  • Entrevistas presenciais com clientes
  • Coleta detalhada de dados.

Depois disso, siga os seguintes passos:

 

  • Defina o seu objetivo.
  • Defina o público-alvo.
  • Estabeleça o tamanho da amostra.
  • Elabore com cuidado um roteiro de perguntas (devem ser simples, diretas e imparciais).
  • Elabore o questionário final, com as perguntas que pensou testadas e validadas.
  • Aplique o questionário e contabilize as respostas.

 

Fazer esse tipo de análise de mercado, considerando esses itens, permite determinar a viabilidade de alguma ação no seu negócio, explorar nichos ainda desconhecidos, otimizar processos internos, ser mais competitivo no mercado, testar ideias, entre outros benefícios.

Sabe o que isso significa? Uma empresa alinhada com as tendências, que está sempre inovando e que conhece bem os desejos e anseios dos seus clientes.

 

Quais os principais tipos de pesquisa de mercado?

Você já sabe a importância das pesquisas de mercado para o seu negócio e os caminhos básicos que deve seguir para realizá-las. Que tal agora conhecer os principais tipos e verificar qual deles se adequa melhor à sua necessidade? Confira:

 

  • Hábitos de consumo: esse tipo de pesquisa vai diagnosticar o perfil do seu cliente e a forma como ele se comporta. Se estiver abrindo um negócio, ele irá mapear o jeito de se portar  dos consumidores daquele nicho. A partir dos dados obtidos aqui, é possível traçar estratégias de marketing poderosas para promover o seu negócio.
  • Poder de marca: essa pesquisa vai mostrar a força que a sua marca tem em relação à concorrência direta. Saber disso é sempre um excelente indicador para definir o melhor posicionamento de marca possível e elaborar ações que promovam o seu nome e ofereçam diferenciais de mercado. Se você faz um trabalho de branding, esse tipo de pesquisa é ideal para avaliar como está indo o seu desempenho.
  • Satisfação dos clientes: pesquisa fundamental em qualquer segmento. É ela que vai lhe dar  feedbacks a partir dos quais você saberá onde está errando e como pode reconquistar clientes insatisfeitos e que, porventura, migraram para a concorrência.
  • Satisfação interna: muitas vezes deixada de lado, mas tão fundamental como qualquer uma das outras, essa pesquisa garante que você saiba se a sua equipe de trabalho está feliz ou não e do que ela mais precisa. Lembre-se: uma equipe motivada vai produzir resultados e produtos com muito mais qualidade para o seu cliente. Além disso, ter níveis de satisfação interna elevados vai ajudá-lo e muito a manter por perto os seus melhores talentos.

 

É possível fazer pesquisas de mercado sem gastar?

Os recursos disponíveis na sua empresa estão contados, e você não tem muito espaço para investir. Ainda assim é possível fazer um diagnóstico como esses? Bom, uma pesquisa de mercado completa requer sim algum investimento. Quanto? Depende do seu objetivo. Mas a boa notícia é que é possível também realizar pesquisas de maneira gratuita.

A modalidade de pesquisa que investiga hábitos de consumo e satisfação interna pode ser realizada sem maiores custos. Monitore suas redes sociais, converse com o seu público, pesquise questionários padrões on-line e aplique-os complementando com perguntas que se encaixam no seu negócio. Você certamente terá bons insights.

Por último e muito importante: seja qual for o tamanho da sua pesquisa, sempre mensure os resultados de maneira sistemática e gere relatórios com eles. Só assim será possível enxergar com mais clareza o que precisa ser modificado para otimizar a sua empresa. E aí, o que está esperando para crescer ainda mais?

Quer saber mais sobre assuntos como esse? Entender como decifrar o comportamento do consumidor pode ser o próximo passo.

 

Leia mais sobre Empreendedorismo


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.