Pinterest está com tudo. Além de ter crescido em popularidade enquanto outras redes a perdem, estima-se que metade das pessoas concretiza compras depois de verem “pins” impulsionados, segundo a própria plataforma. Seria uma ótima oportunidade para a sua marca, não é mesmo?

No entanto, há uma concepção geral de que o site é mais específico para segmentos de moda, beleza e design de interior. Mas nem sempre é verdade. É possível utilizar o Pinterest para empresas de vários tipos, que tenham possibilidade de produzir conteúdo com fotos e vídeos.

Dentre os usuários, temos 81% de mulheres. Os millennials usam o Pinterest com a mesma frequência que usam o Instagram, e a idade média dos cadastrados é de 40 anos – entretanto, a maior parte dos usuários ativos é abaixo dessa faixa etária.

pinterest para empresas

Será que a sua empresa deve estar por lá? Vamos descobrir e entender melhor como usar o Pinterest para empresas de forma que atinja essas pessoas.

 

Sua empresa deve estar no Pinterest?

Algumas marcas são fortes no Pinterest naturalmente, como lojas de roupa. No entanto, toda empresa que pode investir na plataforma deveria estar por lá.

Mesmo que a maioria dos usuários seja do sexo feminino, por exemplo, isso não significa que você só deva estar no Pinterest se vender produtos tradicionalmente feitos para mulheres. exemplificando, imagine um salão de beleza. Não existem produtos propriamente ditos, mas é possível criar conteúdos desta forma:

 

  • Compartilhar imagens das clientes com cabelos cortados ou penteados no salão com link para o site.
  • Incentivar colaboradores a ter perfis no Pinterest e a interagir com as pessoas.
  • Compartilhar conteúdos que ajudem a persona de alguma forma, como dicas para cuidar melhor dos cabelos, tendências de penteados, etc.

 

O “segredo” do sucesso é pensar com o que sua audiência mais vai se encantar e produzir imagens que traduzam isso. Outra dica importante: depois que você já tiver atividade no Pinterest, poderá fazer análises e entender ainda melhor a sua persona (saiba mais sobre personas aqui).

Imagine que seu negócio seja uma academia de ginástica. Você cria o Pinterest para empresas e começa a perceber que as pessoas têm interesses em comum: roupas femininas, comida saudável, educação de crianças e jardinagem. Isso oferece uma base excelente de informações sobre sua persona.

Sabendo disso, interpretamos os resultados e podemos criar o seguinte post: pizza fit de espinafre para toda a família. Certamente, sua persona vai gostar, não é mesmo? Acesse aqui a ferramenta Pinterest Analytics.

Muito bem, agora que temos exemplos do uso do Pinterest para empresas, vamos compreender um pouco melhor como funciona a estrutura da plataforma.

 

Como utilizar o Pinterest

Veja como funciona a atividade dentro do Pinterest:

 

  • Pins: um “pin” é qualquer imagem ou vídeo salvo. Para negócios, a parte mais importante não é mídia, mas sim o link que vem junto dela. É possível adquirir tráfego e ainda colocar o valor, para trazer ainda mais vendas.
  • Boards: os “pins” podem ser organizados em quadros ou boards. Além de seguir contas, você pode seguir quadros para que novos “pins” apareçam no feed. Hoje são mais de 100 bilhões.
  • Feed: é uma lista de todo o conteúdo que você segue, além de sugestões.

 

Quem usa o Pinterest para empresas pode criar contas profissionais da própria empresa. Caso você já tenha uma conta, é possível transformar em conta de negócio. Veja a explicação do processo.

Pronto! Uma vez que sua conta está criada, você está dentro do Pinterest como empresa. Mas isso é só o começo. Confira abaixo dicas que vão fazer sua estratégia de marketing ter sucesso.

 

Pinterest para empresas: como se sair bem

Agora que você sabe se sua persona realmente utiliza o Pinterest e quais são as principais características da rede, confira dicas para ter uma boa estratégia na plataforma:

 

  • Adicione botões de salvar às imagens do seu blog e do site: você já deve ter visto isso alguma vez. Basta passar o mouse em cima de uma imagem para aparecer o botão de salvar. Não deixe de implementar, especialmente se você já tiver um blog.
  • Tenha frequência: não adianta muito criar sua conta de Pinterest para empresas e deixá-la esquecida por lá. Comece, pelo menos, com um “pin” por dia em um dos seus boards.
  • Cuide do visual: usuários que estão no Pinterest (todo mundo, na verdade) gostam de ver imagens bem feitas. As imagens “pinadas” têm muito mais alcance quando são agradáveis visualmente. Mas cuidado! Evite compartilhar conteúdo criado por outras pessoas, uma vez que pode haver direitos de copyright.
  • Otimize para dispositivos mobile: não compartilhe “pins” difíceis de visualizar do celular. A maior parte do tráfego vem desse meio, e você não vai querer perdê-lo. Uma dica é postar e testar de algum celular.
  • Utilize palavras-chave: por mais que a rede seja mais visual, cuide também das legendas. Procure colocar palavras-chave que tenham a ver com seu produto ou serviço para permitir que usuários as encontrem.
  • Invista em anúncios: assim como em qualquer rede social, é uma boa ideia pensar em impulsionar conteúdos. Procure aumentar o alcance dos seus “pins” com verbas de anúncio e potencialize ainda mais os resultados. Conheça a função de Ads aqui.

 

Crie estratégias para redes sociais

Como você viu, é possível atrair muito tráfego por meio do Pinterest – e de qualquer rede social. Uma vez que você encontra sua audiência, é possível criar conteúdos para ela e chamar a sua atenção. Então, preocupe-se com o principal: planejamento. Toda estratégia bem-sucedida precisa ser feita passo a passo, pensando no futuro.

Se você está criando formas de estar nas redes sociais para aumentar suas vendas, não deixe de acessar outro conteúdo:

GUIA INICIAL DO FACEBOOK PARA PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais sobre Ambiente Digital Para seu negócio


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.