Sustentabilidade

Soluções inteligentes para melhorar a mobilidade urbana

mobilidade urbana

Um dos desafios de grande parte das cidades de maior porte está na mobilidade urbana. Em razão da maneira como as cidades se formaram, com grande adensamento, sem planejamento e vias estreitas, é comum encontrarmos situações sobre tráfego aumentado.

Antes de falarmos sobre soluções, vale a pena retomar o conceito. Afinal, o que é mobilidade urbana?Mobilidade Urbana é definida como a condição que permite o deslocamento das pessoas em uma cidade com o objetivo de desenvolver relações sociais e econômicas. Ônibus, metrô, outros transportes coletivos e carros fazem parte das soluções de mobilidade.Tais deslocamentos podem se dar por razões variadas: para trabalhar, ou seja, por motivação econômica, por questão social – isto é, lazer ou outras atividades – e até mesmo por situações afetivas, como encontrar com amigos e familiares.E para isso são utilizados os meios de transporte. Em alguns locais, os transportes coletivos – ônibus, trem e metrô – funcionam melhor, colaborando para a vazão do trânsito. Em outros, esse sistema é ainda deficitário, incentivando que as pessoas acabem buscando os meios individuais de transportes, o que contribui positivamente para o trânsito. E a realidade é: um excesso de automóveis para o tamanho das vias.É um desafio para a gestão pública tentar fazer planejamentos urbanos adequados, sem que haja grandes congestionamentos.Essa lacuna, no entanto, pode ser também explorada pela iniciativa privada, especialmente quando estamos falando de um futuro próximo de cidades inteligentes.Existem algumas oportunidades para os investidores. Listamos algumas a seguir:

Bicicletas compartilhadas

Incentivar o uso de bicicletas pode ser uma saída interessante para reduzir o fluxo de trânsito. As bicicletas se destacam por serem uma solução verde – elas não emitem poluentes, como é o caso dos veículos a combustão, isto é, os que fazem a queima de combustíveis quando funcionam.São diversas as soluções que podem ser pensadas:

  • Bicicletas para aluguel em pontos espalhados pela cidade.
  • Pacotes de aluguel de bicicleta para diárias de até 12 horas, a fim de que a pessoa consiga ir e voltar da jornada de trabalho.
  • Integração do valor do aluguel das bicicletas com o bilhete de transporte público.

Em relação ao uso de bicicletas, é importante fazer um plano de negócios considerando o relevo da cidade, se há vias exclusivas para bicicletas e quais seriam as melhores rotas para começar a investir.Uma das formas de se ter vantagens competitivas em soluções como essa é fornecer conteúdos sobre os benefícios de utilizar bicicletas, dicas de segurança e treinamentos.Aliás, o uso de bicicletas vai ao encontro da tendência para o futuro das cidades que proporcionam cada vez mais saúde e bem-estar aos seus cidadãos.

Aplicativos de carona

Os motoristas que possuem carro próprio disponibilizam, por meio de aplicativos, os assentos vazios a outras pessoas que têm uma rota similar. É uma boa alternativa para redução da quantidade de veículos nas ruas; afinal, se as 5 pessoas fossem sozinhas em seu carro, estamos falando em uma redução de 80%. E ainda permite que o motorista consiga uma renda extra.Hoje, existem opções de aplicativos de carona dentro das cidades, de viagens e até mesmo focados em pessoas que trabalham ou estudam nas mesmas instituições. Mas há ainda espaço para novos investidores criarem soluções similares e com nova funcionalidade.Um ponto que pode contribuir para conseguir se destacar é inserir novas modalidades de pagamento e sofisticados sistemas de segurança – tanto para o condutor quanto para os passageiros.São exemplos de aplicativos de carona:

  • BlaBlaCar
  • Waze Carpool
  • Bynd
  • InDriver

E tem surgido algumas ideias de compartilhamento de carona até mesmo em motocicletas.

Fretamento inteligente para empresas

Algumas empresas oferecem aos seus colaboradores fretamentos. É um benefício que contribui para a retenção de talentos, o aumento da integração entre os colaboradores e também da produtividade.Afinal, as pessoas chegam com mais tranquilidade ao seu posto de trabalho e menos desgastadas, do que se tivessem enfrentado o trânsito ou utilizado o sistema público de transporte, que, na maioria das cidades, está sobrecarregado.São ônibus que contam com sistemas de roteirização e monitoramento.A empresa fornece para as empresas de fretamento inteligente a lista de todos os funcionários e seus respectivos endereços. Assim, por meio de sistemas, é possível traçar as melhores rotas – considerando os pontos de embarque, o destino final e as alterações do trânsito.Isso tem permitido uma economia de tempo e de recursos para as empresas. E pode ser um nicho a ser explorado por novos investidores.

Sistemas inteligentes de semáforos

São sistemas que captam o fluxo do trânsito, por meio de câmeras, de forma instantânea, e ajustam o tempo de espera. Eles podem, por exemplo, contribuir para uma onda verde – isto é, quando os sinais de uma rota estão todos abertos em determinada rota para os motoristas que mantiverem uma velocidade média.Esse é um exemplo de tecnologia que pode ser usado propiciando a redução de veículos em circulação em determinados locais e momentos.Mas outras ideias podem surgir e se tornar oportunidades para os investidores.

Modelos de assinatura de carros e outros veículos

O modelo de negócios por assinatura começou a se popularizar com os streamings – como Netflix e Spotify –, mas eles têm sido ampliados para diversos setores e já existem opções para veículos.O modelo de assinatura permite que o usuário recorra ao uso de veículos de uso individual somente quando se fizer necessário em determinada circunstância e pode contribuir para uma redução da quantidade de veículos na rua.

Comércio local e quick commerce

E uma das formas de se reduzir o trânsito é incentivar que as pessoas busquem cada vez mais soluções nas proximidades de sua casa. De forma que elas possam ir até os centros comerciais, ou mesmo, soluções como o quick commerce, em que em alguns minutos a entrega das compras é feita pelos fornecedores.São muitas as possibilidades que podem ser pensadas aqui, desde associações entre os comerciantes, parcerias com as associações de bairro a fim de fortalecer o comércio e a segurança local e até mesmo pensar em medidas de segurança e de iluminação pública para incentivar as pessoas a saírem mais de casa.O que se tem percebido no momento pós-pandemia é que o comércio online segue com tendência de alta, porém há ainda muito espaço para as lojas de rua. Até mesmo, depois de um período de isolamento, é perceptível que a mobilidade urbana está aumentando, muitas empresas estão reduzindo os modelos remotos e híbridos, e o fluxo de pessoas nas ruas tem crescido.Há ainda muita demanda reprimida, isto é, oportunidades não exploradas visando contribuir para os desafios do trânsito e da mobilidade.Se você está pensando em empreendedor, a trilha do mindset inovador pode ajudá-lo. Faça o teste e entenda como desenvolver produtos, serviços e novas estratégias.