Ter um time comprometido e produtivo é essencial para o sucesso do seu negócio. Entretanto, contratar as pessoas certas e definir a melhor cultura organizacional não é uma tarefa fácil.

Em parte, essa ação caberá à da gerência da empresa, que precisa disseminar os valores e desenvolver o trabalho em equipe.

Hoje, vamos analisar algumas formas de montar um time orientado a resultados.

 

Visão e objetivos

Times que não possuem clareza quanto à visão da empresa e aos seus objetivos não podem ser orientados a obter resultados. Sem um objetivo, a equipe fica sem saber para onde ir.

Por isso, antes mesmo de contratar ou treinar pessoas, procure definir bem a visão e o propósito. Pense em metas que você gostaria de ter e quais indicadores vão nortear o time.

Os líderes também devem ser capazes de definir planos e um período para atingir as metas e fornecer as ferramentas e os recursos certos. Isso sem retirar a autonomia da equipe.

Assim, fica mais fácil para todos definir as suas prioridades e as tarefas mais importantes.

 

Monitoramento

Ao monitorar o progresso do time, você consegue facilmente identificar as áreas que precisam de melhorias.

Evite apenas delegar e deixar que as coisas aconteçam. Procure compreender como estão indo os resultados e ofereça ajuda quando algo estiver errado.

O formato de monitoramento pode ter variações – isso depende muito da sua organização. Se você tem métricas que mudam de um dia para o outro, pode ser uma boa ideia analisá-las semanalmente.

Ao mesmo tempo, é válida uma avaliação trimestral. Procure definir uma frequência interessante para a empresa e para o colaborador. Afinal, se houver pressão demais, pode não ser tão bom.

 

Processo seletivo

Trabalho em equipe é uma habilidade que consiste em atuar junto por um objetivo em comum. De preferência, sem falhas de comunicação e atrasos nas entregas. Montar um time que entenda isso é essencial.

O líder, nesse caso, tem o papel de guiar as pessoas até o objetivo. É ele quem motiva os colaboradores a ir atrás de resultados cada vez melhores.

Mas faz parte disso também trazer para o time profissionais que acreditem no propósito. Aí está a importância de bons processos seletivos, que encontrem não só talentos, mas talentos que combinem com a cultura da organização.

Quando as pessoas aplicam esforços muito irregulares, há dificuldade em alcançar metas. Bons líderes fazem o esforço de maximizar as habilidades individuais pelo bem do time. Assim como em uma equipe de futebol, o trabalho coordenado do time e do treinador faz toda a diferença.

Isso é especialmente crítico no momento em que a sua companhia começa a crescer. Tenha em mente que cada colaborador que você contratar deve suprir necessidades em longo prazo.

Quando as entregas começam a ficar “apertadas”, temos tendência a adotar contratações para necessidades imediatas.

Por isso, na hora de montar um time, pense na necessidade da companhia no futuro.

Treinamento: Experiência GuiaBolso

Laís Grilleti, do time de conteúdo da Endeavor, explicou neste texto como a GuiaBolso, empresa que oferece um aplicativo de Gestão de Finanças Pessoais, conseguiu realizar um treinamento e mudar o pensamento dos colaboradores.

A GuiaBolso é uma scale-up (empresa que cresce exponencialmente). Assim, manter um monitoramento constante dos dados e ajuste técnico dos serviços é essencial – e precisa ser feito em tempo recorde.

Foi necessário aumentar a capacidade do time de resolver problemas sem desperdiçar esforços visando à obtenção de bons resultados.

No caso da empresa, o treinamento desenvolveu-se, inicialmente, para três times: atendimento, marketing e produto. Na verdade, não só para eles, mas com eles.

Os próprios analistas de cada área votaram e decidiram o que seria melhor aprender para focar o time em resultados mais especializados.

Por isso, comece pensando por aí. Olhando pelo lado dos colaboradores, qual é o melhor treinamento? O time de atendimento pode sentir a necessidade de saber algo sobre marketing a fim de executar seu trabalho de forma mais específica, por exemplo.

Os analistas da GuiaBolso decidiram então que precisavam de: feedback para a evolução individual e resolução de problemas.

E você pensa que levou muito tempo? Segundo o relato, o treinamento foi simples e rápido, durando apenas quatro dias.

Já falamos em um post sobre um método que faz parte do treinamento de resolução de problemas, considerado importante para qualquer time orientado a resultados. Conheça o loop de aprendizagem.

10 LIÇÕES DOS MAIORES EMPREENDEDORES DO MUNDO

Leia mais sobre Para seu negócio Pessoas


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.