O que é Blockchain e porque você deveria entender sobre a tecnologia

Compartilhe este conteúdo:

Você sabe o que é Blockchain? As criptomoedas popularizaram bastante esse termo nos últimos anos, principalmente do ponto de vista financeiro. Entretanto, o potencial dessa tecnologia de modificar diversas estruturas organizacionais vai muito além disso. Isso porque o Blockchain pode ser aplicado não só para transformar as transações financeiras com mais segurança, como também para o armazenamento de documentos, rastreamento de dados, compartilhamento de informações e diversos outros aspectos administrativos.

Segundo uma pesquisa da Deloitte, realizada em 2019, embora as fintechs liderem o uso do Blockchain em suas operações, iniciativas governamentais, midiáticas e até mesmo na área da Saúde estão expandindo suas aplicações por meio dessa ferramenta. No artigo a seguir, vamos explicar o que é Blockchain e como ele pode impactar o mercado nos próximos anos. Confira!

O que é Blockchain?

Ainda que a tecnologia já exista desde a década de 1990, o Blockchain como conhecemos, hoje, surgiu em 2009, quando o criador do Bitcoin, sob pseudônimo Satoshi Nakamoto, divulgou a tecnologia por trás da moeda virtual e como ela opera.

É importante destacar que, para entendermos o seu significado, é preciso ter em mente que tal ferramenta vai além dos famosos Bitcoins. Isso porque o Blockchain, como o nome diz, é uma cadeia de blocos que engloba toda a rede de dados que armazena as transações por trás das criptomoedas.

Todos os dados na rede são criptografados e inalteráveis, sendo impossível fraudar ou reverter uma transação depois que ela é inserida no sistema. Além disso, as transações são abertas para qualquer usuário, possibilitando transparência; porém, os dados das partes envolvidas são sigilosos, proporcionando privacidade.

Os dados são minerados por hackers voluntários, que recebem compensações pelo serviço prestado. Ou seja, a título de ilustração, os operadores do Blockchain do Bitcoin adicionam as transações nos blocos para armazenamento e, em troca, recebem um valor em Bitcoins por isso.

Isso faz com que a tecnologia do Blockchain seja:

  • Ideal para armazenamento de dados.
  • Segura e protegida de fraudes.
  • Transparente, todavia com certo nível de privacidade individual.
  • Democrática e de baixo custo operacional.

O que são as criptomoedas?

As criptomoedas são as moedas virtuais como o Bitcoin, o Ethereum ou o Litecoin. Elas são constantemente associadas ao Blockchain por terem surgido em conjunto, lá em 2009, e serem popularmente utilizadas dessa forma.

Entretanto, o Blockchain é a cadeia de informações das transações, não sendo especificamente empregada apenas na mineração de criptomoedas. Isso faz com que seu potencial seja ainda pouco explorado, podendo ir muito além disso.

Aplicações práticas do Blockchain e suas vantagens

Você deve estar se perguntando: como ele interfere no mercado na prática? Bom, graças à segurança e à tecnologia antifraude que essa ferramenta apresenta, além de sua praticidade, existem grandes expectativas para ela no futuro. Segundo alguns especialistas, o Blockchain não só altera o mercado financeiro ou tem potencial de ser uma fonte de receita para a criação de diversas fintechs, como também pode influenciar diversas áreas, até mesmo ser utilizada no setor público, facilitando processos, diminuindo sistemas burocráticos e ainda garantindo a confiabilidade de eleições.

A seguir, selecionamos alguns exemplos da aplicabilidade do Blockchain na prática e como ele pode ser vantajoso para diversos setores da economia global.

1 Transações financeiras

O Blockchain é popularmente utilizado para realizações financeiras mais seguras e baratas. Ele possibilita, por meio das moedas virtuais, a troca financeira entre organizações de países diferentes, por exemplo, porém com um custo operacional bem menor, sem impostos ou outras taxas tradicionais.

Além disso, como as transações são registradas no Blockchain e são irreversíveis, há maior segurança para as organizações de modo geral, solucionando um problema bastante comum do mercado financeiro virtual: fraudes e roubos digitais.

2 Registros contratuais

Outro uso bastante popular do Blockchain nos últimos anos diz respeito ao registro e à formação de contrato entre partes  mediante a rede virtual. Basicamente o contrato é registrado no Blockchain, formalizando acordos e suas especificidades na rede.

Essa funcionalidade elimina a necessidade do uso de terceiros para o registro de acordos, como cartórios, podendo otimizar em longo prazo processos burocráticos. Existem até relatos de casamentos formalizados através do Blockchain.

3 Armazenamento de dados

O armazenamento de dados também é outra funcionalidade que o Blockchain  propicia. Ele pode registrar dados bancários de clientes de um banco digital, por exemplo, de forma extremamente segura, assim como registrar informações contratuais de uma empresa, histórico financeiro de uma organização, transações e vendas de e-commerces, histórico médico dos pacientes de um hospital, dentre outros.

4 Supply Chain

Entender o que é Blockchain não é importante só para a área corporativa, já que ele pode ser extremamente útil para quem atua no comércio em geral. Por ser um sistema prático para armazenamento de dados, é viável que essa tecnologia  seja utilizada como ferramenta para a execução de diversas atividades. O Walmart lança mão do Blockchain para a realização do supply chain da rede, conferindo estoques ou solucionando problemas internos, como a otimização da procura de lotes com problemas.

5 Segurança Cibernética

A segurança cibernética é uma das áreas em maior expansão nos últimos anos, em razão da tendência do aumento de bancos virtuais, transações financeiras on-line, armazenamento de dados em nuvens etc. Com a segurança proporcionada por tal tecnologia, é possível resolver muitos dos obstáculos que a segurança cibernética enfrenta, aumentando assim a confiabilidade no meio digital. Isso faz com que seja fundamental que profissionais da programação, exemplificando, aprendam o que é Blockchain.

Compreendeu o que é Blockchain e como ele é importante na prática? Que tal conhecer mais das fintechs startups e descobrir como essa tecnologia é incorporada no meio financeiro?