Marketing Digital

ROAS: o que é, como calcular e como melhorar essa métrica no seu negócio

TAM SAM SOM

ROAS, sigla em inglês para Return on Ad Spend (Retorno Sobre o Investimento em Publicidade), é uma métrica importante para empresas que investem em campanhas de marketing digital. Basicamente, ela ajuda a entender o quanto de receita você gera em relação ao dinheiro que investiu em publicidade. Só entre 2021 e 2023, a quantidade de empresas dispostas a investir mais de 1 milhão de reais em marketing de influência dobrou. No total, negócios brasileiros investem mais de 32 bilhões de reais em publicidade digital. Com o orçamento voltado para marketing digital ficando cada vez maior, entender como ele está sendo usado e seu retorno é fundamental. Nesse post, vamos abordar o que é ROAS, como calcular, como aplicar em estratégias de marketing e como otimizar essa métrica no seu negócio.

O que é ROAS?

ROAS é uma métrica que mede o retorno do investimento feito em publicidade digital, ou seja, o quanto de receita foi gerada com base em campanhas publicitárias. Ela é utilizada, principalmente, por empresas que fazem anúncios em plataformas online, como Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads, entre outras.Segundo o ROAS, é possível ter uma visão mais clara de como as campanhas de publicidade estão se comportando e se estão trazendo um retorno positivo para a empresa. Além disso, pode-se comparar a efetividade de diferentes campanhas e canais de marketing.Atualize-se sobre as tendências de marketing digital: Retail Media: o que é e as novidades do mercado de AdsBaseando-se no ROAS, há a possibilidade de entender a efetividade das campanhas de publicidade e como otimizá-las. Por exemplo, caso um anúncio esteja com um ROAS negativo, é possível identificar onde está o problema e refazer a estratégia.Além disso, o ROAS permite comparar a efetividade de diferentes canais de marketing. Se uma empresa está investindo em diferentes plataformas, como Google Ads e Facebook Ads, é viável comparar o ROAS de cada um e identificar onde está alocando melhor seu orçamento de publicidade.Leia também: Como usar o Google Ads

Cuidado: ROI e ROAS são diferentes

Apesar de serem métricas parecidas, ROI (Return on Investment) e ROAS apresentam algumas diferenças. Enquanto o ROAS mede o retorno sobre o investimento específico em publicidade, o ROI afere o retorno sobre todo o investimento feito. Ou seja, o ROI leva em consideração todos os custos envolvidos em um negócio, como salários, aluguel, entre outros.A fórmula do ROI é a seguinte:ROI = (Lucro / Investimento) * 100Portanto, podemos concluir que o ROAS é uma métrica mais específica do que o ROI, pois se limita apenas ao investimento em publicidade. Em contrapartida, o ROI é uma métrica mais ampla, já que inclui todos os custos envolvidos em um negócio.Faça o download do nosso Glossário de Métricas

Como calcular?

O cálculo do ROAS é simples: basta dividir a receita gerada por uma campanha pelo investimento feito na mesma. A fórmula é a seguinte:ROAS = Receita / InvestimentoPor exemplo, se uma empresa investiu R$ 1.000,00 em uma campanha de publicidade e gerou R$ 3.000,00 em receita, o ROAS será de 3:ROAS = 3.000 / 1.000 = 3É importante ressaltar que o ROAS pode ser calculado para diferentes campanhas e canais de marketing. Dessa forma, vale comparar a efetividade de cada um e tomar decisões mais embasadas.Para saber quanto investiu, você precisa acompanhar os dados. Confira: Dashboard: o que é e como desenvolver na sua empresa.Mas, depois de calcular, como interpretar o resultado? Entenda, a seguir, o que cada possibilidade significa.

ROAS positivo, negativo e neutro

O ROAS, assim como qualquer outra métrica, pode apresentar diferentes resultados. No caso do ROAS, é possível ter um resultado positivo, negativo ou neutro.

  • ROAS positivo: quando a receita gerada pela campanha é maior do que o investimento feito, ou seja, a empresa teve lucro. Esse é o resultado mais buscado pelas empresas, pois indica que o investimento em publicidade está gerando retorno.
  • ROAS negativo: quando a receita gerada pela campanha é menor do que o investimento feito, ou seja, a empresa teve prejuízo. Nesse caso, é necessário identificar onde está o problema e refazer a estratégia.
  • ROAS neutro: quando a receita gerada pela campanha é igual ao investimento feito, ou seja, não houve prejuízo nem lucro. Esse resultado indica que a campanha de publicidade precisa ser melhor otimizada para gerar lucro.

O que acontece, então, se você recebe um resultado não muito bom e quer melhorá-lo? Entenda como otimizar o ROAS.

Como otimizar

Existem diversas maneiras de otimizar o ROAS e tornar as campanhas de publicidade mais efetivas. Algumas delas são:

  • Definir o público-alvo correto: é necessário identificar quem são as pessoas que têm mais interesse em comprar o produto ou serviço oferecido pela empresa e direcionar a publicidade para elas. Veja aqui como definir o público-alvo.
  • Criar anúncios atrativos: os anúncios devem chamar a atenção do público-alvo e despertar interesse neles. Confira alguns exemplos de copywriting para você se inspirar.
  • Realizar testes A/B: testar diferentes formatos de anúncios e mensagens pode ajudar a identificar qual é o mais efetivo para gerar conversões. Aprenda sobre testes A/B neste post sobre Otimização de Conversão (CRO).
  • Monitorar os anúncios constantemente: é necessário acompanhar os resultados das campanhas de publicidade e identificar onde estão os problemas para corrigi-los o mais rápido possível. Descubra 8 ferramentas para medir KPIs ou indicadores.

Como saber se o ROAS está bom ou não?

Não há uma resposta única para essa pergunta, visto que o ROAS considerado bom varia de acordo com a indústria e o tamanho da empresa. É importante realizar uma pesquisa de benchmarking e comparar o ROAS da empresa com outras do mesmo segmento.Além disso, é fundamental ter em mente que o ROAS pode variar de acordo com o objetivo da campanha de publicidade. Se a empresa está buscando apenas aumentar o conhecimento de marca, por exemplo, o ROAS pode ser mais baixo do que se estiver buscando vendas diretas.Por fim, vale lembrar que investir em publicidade não é uma garantia de sucesso. É preciso que a empresa tenha também um bom produto ou serviço, atendimento ao cliente eficiente, entre outros fatores que influenciam no sucesso do negócio.O Sebrae tem um Guia completo sobre Marketing Digital que pode ajudar você nesse desafio. Leia aqui todos os capítulos e saiba, passo a passo, como alcançar melhores resultados nas suas ações.