Dashboard: o que é e como desenvolver na sua empresa

Compartilhe este conteúdo:

Imagine um painel onde você consegue ter uma visão geral do que está ocorrendo no seu negócio. Esse é um Dashboard: um instrumento visual para acessar um panorama de determinado assunto, área ou operação.

 

Por exemplo, se precisa saber os resultados de uma campanha de Marketing, se quer ter um visão macro das vendas ou se deseja saber como está o desempenho do negócio, você pode usar um Dashboard. O painel organiza, confere mais rapidez no acesso às informações e ajuda a embasar a tomada de decisão.

 

Quer entender direito o que é um Dashboard e como ele pode ser útil para o seu negócio? Siga a leitura deste artigo!

 

O que é Dashboard

Dashboard é um painel que reúne, em forma de gráfico, dados relevantes de um negócio. O controle visual facilita a compreensão das informações e permite o acompanhamento estratégico, em tempo real, de áreas em relação às metas da empresa.

 

O instrumento pode ser utilizado por diferentes setores, como Marketing, Finanças e Vendas, já que é possível ser personalizável para atender diferentes demandas.

 

A ideia é que um Dashboard seja compartilhado não só entre líderes, como também com a operação do negócio. Afinal, seu propósito é simplificar o acesso aos dados relevantes e possibilitar uma visão geral do que está acontecendo em cada setor.

 

Para que serve

A utilidade do Dashboard diz respeito a controlar e a acompanhar os resultados de um negócio. Um bom painel de controle oferece respostas rápidas às mais variadas perguntas do cotidiano empresarial. Conheça algumas funções do instrumento.

 

Controle

A organização dos dados é premissa para o desenvolvimento sustentável, e um Dashboard contribui para esse controle das informações dos setores. Embora não traga nenhuma métrica, o painel reúne dados relevantes e facilita a montagem de análises posteriores.

 

Um bom exemplo de um Dashboard de Controle é o quadro de pessoal, com quantitativo de colaboradores, segmentação da equipe por área, idade, gênero, raça, dentre outros aspectos.

 

Acompanhamento

Painéis de acompanhamento trazem dados referentes à operação. É um Dashboard que mostra os indicadores de performance da equipe e visa evidenciar seu desempenho.

Pode trazer números relacionados ao tempo de atendimento, de espera, dispositivos mais utilizados, número de chamadas, taxas de resolução etc. O foco em um Dashboard de Acompanhamento está em monitorar um grande volume de informações de forma fácil e prática.

Resultado

Um Dashboard voltado à visualização global de dados e à combinação de fatores para facilitar a tomada de decisões. O painel de controle direcionado a resultados mostra o diagnóstico de determinado período, com base na análise de causas e cenários envolvidos no negócio. Alguns exemplos de Dashboards de Resultados são os painéis gerenciais, os painéis de taxa de crescimento de vendas e de produtividade de cada área.

 

Como desenvolver um Dashboard na sua empresa

Agora que você já sabe o que é Dashboard e qual é sua utilidade, é hora de aprender como desenvolver o instrumento de controle do seu negócio. Confira!

 

Estabeleça metas

O primeiro passo para construir um Dashboard é reconhecer aonde sua empresa deseja chegar, isto é, definir metas. Cada setor precisa ter claro o que é preciso fazer, em quanto tempo e para quê. É importante também estabelecer metas alcançáveis. Um bom método para isso é a utilização de Metodologias Ágeis, como Kanban e a SMART.

 

Depois de definidas as metas, é hora de se informar: quais dados você precisa acompanhar para nortear as decisões? Quais são os indicadores de desempenho relevantes para que a empresa atinja seu objetivo?

 

Mapeie o processo

Identifique como se dá o fluxo de processos de cada setor e trabalhe em cima das possibilidades. Para que um Dashboard funcione, é preciso compreender cada etapa, indicar responsáveis pela alimentação constante do painel e estabelecer prazos possíveis de execução das tarefas.

 

Escolha a ferramenta

O objetivo de um Dashboard é facilitar a visualização de dados relevantes do negócio. Então, a escolha da ferramenta deve se basear na experiência do usuário. Qual recurso é intuitivo para os colaboradores e, ao mesmo tempo, atende às necessidades de centralização de dados da empresa? Veja algumas ferramentas disponíveis para a construção de Dashboards:

 

Excel

Clássicas, as planilhas do Excel são ótimas aliadas da organização e do gerenciamento de informações para quem não tem experiência ou conhecimento de sistemas automatizados. Com a configuração correta, o Excel pode oferecer uma experiência visual agradável para a leitura de dados.

 

BI

A tecnologia a serviço da informação. As plataformas de Business Intelligence permitem a centralização de dados de forma automatizada, em tempo real, com base em diferentes fontes. O recurso também facilita a personalização de painéis, com as informações mais relevantes para cada área, de acordo com a demanda.

 

CRM

Plataformas de Gestão de Relacionamento com o Cliente são indicadas para a construção de Dashboards personalizados para o negócio. Com a ferramenta, é possível acompanhar o fluxo de vendas, as taxas de churn e cruzar informações entre setores, como o de Marketing e o Comercial.

 

O foco desse painel está na otimização dos pontos de contato entre a marca e o consumidor por meio da leitura simplificada e acessível de dados. Não à toa, os Dashboards são ótimas fontes para detectar falhas e gargalos no processo de prospecção, conversão e retenção de consumidores.

 

Um Dashboard eficaz é aquele que traz respostas para os questionamentos estratégicos de um negócio. Como está a taxa de crescimento ao mês? Quais fatores influenciaram o desempenho no último ano? Quais são os produtos mais rentáveis da operação? Em quais períodos os índices de rejeição ao site aumentam ou diminuem?

 

Por ser um instrumento de controle e acompanhamento visual, o Dashboard facilita a leitura de todos os dados e permite a análise concreta de cenários. Ou seja, é uma ‘bússola’ para líderes e gestores administrarem um negócio.

 

Quer saber mais novidades sobre Empreendedorismo e Inovação para os negócios? Acesse agora mesmo, no nosso blog, outros posts como este!