Como Criar um Aplicativo

Compartilhe este conteúdo:

Estamos vivendo tempos de velocidade e conexão. O smartphone é um item fundamental para conferir praticidade ao dia a dia das pessoas. E os negócios vêm investindo em plataformas digitais com o propósito de estar mais próximos aos clientes. No entanto, será que essa é uma solução para a sua empresa? Se afirmativo, como criar um aplicativo voltado ao seu negócio? Com o que é preciso se preocupar?

Veja: hoje, de acordo com dados da Marketing Charts, são 744 milhões de usuários de aplicativos móveis no mundo. A expectativa é de que o mercado movimente mais de 6 trilhões de dólares em todo o globo, segundo pesquisa da Pew Research Center. Que a indústria de inovação é promissora está evidente. Por isso, neste post, vamos nos aprofundar nesse tema e elucidar todas as dúvidas sobre Como Criar um Aplicativo para seu negócio.

Por que investir em um aplicativo?

Os brasileiros utilizam aplicativos cerca de três horas diariamente, de acordo com a consultoria em mercado digital App Annie. Pare agora e pense: quantos apps você já usou hoje por meio do seu smartphone? Obviamente eles trouxeram alguma praticidade para a sua vida.

Esse tipo de comportamento, quando as pessoas preferem resolver questões cotidianas por meio de aplicativos  — mesmo sem se darem conta —, é conhecido como “mobile first”. E assim ocorre na relação entre clientes e aplicativos de negócio. Tais ferramentas digitais se tornaram, ao longo do tempo, um caminho confiável (e prático) em se tratando de compra de produtos e serviços via internet.

Pode-se até sustentar que a pandemia impulsionou um crescimento considerável no mercado de apps. Uma pesquisa da Marketchart aponta que a abertura ano a ano de novos aplicativos de negócios aumentou 26% de março a junho de 2020. Dez das doze verticais analisadas pela empresa também indicaram aumento expressivo na criação das ferramentas mobile.

Veja mais informações sobre o mercado de aplicativos no Brasil, nesta entrevista completa no nosso canal no YouTube, com o especialista Thiago Almeida, da empresa Applicando.

Como criar um aplicativo?

Agora, vamos à prática: aqui apresentaremos Como Criar um Aplicativo para seu negócio e o passo a passo com tudo o que você precisa saber com a intenção de investir em uma ferramenta eficaz.

1º Defina o objetivo do aplicativo

Qual problema o seu aplicativo resolverá em relação ao cliente? Qual solução ou facilidade ele oferecerá? Quem é o público-alvo? As respostas a essas perguntas deverão ser o guia norteador da bússola de Como Criar um Aplicativo. Afinal, a proposta é gerar valor para o público. Então, nesta etapa, faz sentido fazer uma análise do que seus concorrentes ofertam. Mapear o território é fundamental com vistas a entregar uma vantagem competitiva.

2º Conheça sua persona

Trace um perfil do cliente ideal para seu aplicativo. Quantos anos ele tem? Qual o gênero? Onde ele mora? Com o que trabalha? Quanto ganha por mês? Além dos dados pessoais, aprofunde na construção da persona ao trazer informações mais subjetivas como os desafios, os desejos e as necessidades.

3º Planeje a monetização do app

Embora essencial, essa etapa na trajetória de Como Criar um Aplicativo é negligenciada por muitos empreendedores. Disponibilizar uma ferramenta mobile exige um investimento, por vezes, alto e custos fixos. Você precisará contratar profissionais, pagar as plataformas para disponibilizá-lo, investir em funcionalidades etc. Por isso, antes de seguir, defina de que jeito seu aplicativo vai ganhar dinheiro: anúncios, assinaturas, download pago?

4º Contrate profissionais competentes

Um dos passos básicos sobre Como Criar um Aplicativo está na etapa de programação. Se a escolha é desenvolver uma plataforma mobile exclusiva e do zero e, claro, você não tiver a competência para tal, busque o apoio de desenvolvedores freelancers ou de agências.

Outra opção para quem não entende linguagem de programação é utilizar os apps builders. Tais ferramentas possibilitam ao usuário comum personalizar um app de maneira intuitiva e simples. É uma forma mais barata para criar um aplicativo de qualidade.

5º Atente-se à experiência do cliente

Parte da resposta de Como Criar um Aplicativo eficiente está neste item. É essencial lançar uma ferramenta mobile que ofereça uma experiência agradável aos usuários, desde a interface até a usabilidade. E isso é cuidar do UX Design. Lembre-se de que o objetivo de um aplicativo é pegar a mão do usuário e ajudá-lo a concluir determinada ação. Para isso, observe os aspectos abaixo:

 

– Interface e navegação

Em primeiro lugar, um aplicativo deve ser intuitivo a fim de que o usuário infira em poucos segundos onde clicar em prol de realizar determinada ação. Outro aspecto fundamental da interface é que ela deve ser empática, agradável aos olhos humanos e trazer a identidade visual do seu negócio.

 

Além disso, um aplicativo deve ser atrativo para a persona, de modo que fique não só claro como também interessante todas as ações que possam ser realizadas naquele ambiente. Insira botões com calls-to-actions objetivas e permita que o usuário encontre com facilidade aquilo que deseja.

 

– Velocidade de carregamento

Por um simples motivo, este item diz respeito a uma das características básicas de Como Criar um Aplicativo que funciona: as pessoas desistem de esperar o carregamento de páginas lentas. Assim também se dá com as ferramentas mobile. Portanto, cuide da velocidade de carregamento. Evite desenvolver apps muito pesados.

– Pagamento

Facilitar o gerenciamento das formas de pagamento dentro de um aplicativo é essencial para que o usuário conclua uma compra. O número de passos até a etapa final também deve ser reduzido ao máximo, tentando evitar desistências no meio do caminho.

– Usabilidade

O usuário precisa encontrar com facilidade aquilo que busca no seu aplicativo. Para isso, primeiro é preciso compreender a persona para quem você criou a ferramenta e, segundo, oferecer elementos que facilitem a entrega de valor. Alguns itens como um campo de busca em destaque, corretores ortográficos e a classificação de resultados e filtros deixam a usabilidade mais eficiente para quem decide usar o app.

6º Rode um teste antes do lançamento

O trabalho não termina quando o aplicativo estiver pronto. A última etapa de Como Criar um Aplicativo eficiente consiste nos testes tanto técnicos quanto reais, com a disponibilização para usuários. Nessa etapa, inspecionam-se os erros, e a versão final pode ser lançada com mais segurança para todos.

O processo de digitalização é inevitável no que tange aos negócios. Em tempos de velocidade e conexão, aqueles que não se adaptarem às mudanças de comportamento do consumidor devem sofrer quedas expressivas nos índices de faturamento mais cedo ou mais tarde. Por isso, sem dúvidas, vale a pena investir nas plataformas mobile.

Se você ficou interessado em Como Criar um Aplicativo e quer seguir na trilha do aprendizado sobre Inovação, confira agora mesmo nosso blog!