Como funciona SEO para YouTube?

Compartilhe este conteúdo:
São dois bilhões de espectadores mensais na maior plataforma de compartilhamento de vídeos do mundo. Além dos números superlativos, o YouTube carrega o título de segunda maior ferramenta de pesquisa, ficando atrás somente da Google. Como o volume de busca por lá também é alto, é preciso investir em estratégias específicas de SEO para YouTube, com o objetivo  de alcançar as primeiras posições no ranking de resultados.
Se você ainda não incluiu boas práticas da área na sua estratégia, saiba: está deixando de atrair milhares de usuários para o seu negócio. Por isso, neste artigo, faremos um retrocesso, a fim de entender o que é SEO para YouTube, como e por que sua empresa deve estar na plataforma. 

O que é SEO para YouTube

 

O YouTube é uma subsidiária da Google e, assim como a gigante das buscas, tem um algoritmo para ranquear os resultados mais relevantes aos seus usuários. Dessa maneira, existem boas práticas de adaptação de um conteúdo à linguagem exigida pela plataforma.
Não há uma fórmula matemática. Essa inteligência tem cálculos e regras, que consideram dentre outros quesitos, interação, autoridade, clareza e qualidade do material para classificar os vídeos. Veja aqui um material, publicado pela própria plataforma, sobre como funcionam seus algoritmos.
Diante disso, o SEO para YouTube é um conjunto de estratégias para otimização do canal e da apresentação do conteúdo em vídeo, para melhorar o ranqueamento nos resultados das buscas na plataforma. Ao utilizar essas práticas, o foco é alcançar as primeiras posições.

Por que investir em SEO para YouTube?

 

Além de reunir mensalmente dois bilhões de usuários ativos, a plataforma de vídeos é um canal de difusão de conteúdo. Por meio do YouTube, as marcas vêm entregando valor e compartilhando material educativo gratuito ou pago para engajar o público sobre os mais diversos assuntos. Saiba por que você deve investir nisso:

YouTube ocupa o primeiro lugar no ranking de vídeos na internet

Como dissemos, o YouTube é a maior plataforma de compartilhamento de vídeos na terra virtual. O potencial da ferramenta já foi descoberto pela maioria das empresas. De acordo com a empresa americana Buffer, 62% dos negócios utilizam a subsidiária da Google. No quesito “compartilhamento de vídeo”, o YouTube só perde para o concorrente Facebook.

YouTube é uma das maiores ferramentas de busca

 

Você, provavelmente, já acessou a plataforma para encontrar respostas aos problemas mais cotidianos: como montar uma cadeira, ouvir música para relaxar, dicas para vender mais nas redes sociais etc. As possibilidades são infinitas e, para todas elas, achará respostas certeiras.
Milhões de usuários produzem constantemente conteúdo de valor, e o YouTube sabe ranqueá-los de acordo com a relevância para o usuário. O resultado é o que já dissemos: mais de dois bilhões de espectadores por mês. Uau!
O buscador fica na dianteira até de ferramentas como o Yahoo! e o Bing, de acordo com estudo americano.

Consumidor brasileiro está assistindo a mais vídeos

 

Sabia que o consumo de vídeos on-line aumentou 165%, nos últimos cinco anos, no Brasil? Isso é o que aponta a pesquisa VideoViewers sobre o comportamento do brasileiro em relação ao consumo de audiovisual na internet. Um dos principais motivos que o faz ir em busca da rede social é o interesse por aprofundamento em assuntos relevantes. Outro dado interessante é que 6 a cada 10 pessoas procuraram melhorias na vida profissional, depois de assistir a algum conteúdo na plataforma.
A pandemia do novo coronavírus também influenciou o comportamento no Brasil: 30% das pessoas disseram consumir mais vídeos na plataforma ao longo do ano passado.

Vídeos são capazes de influenciar a decisão de compra do cliente

 

A gigante do varejo, Magazine Luiza, produz vídeos com a personagem da marca (brandpersona), com o propósito de explicar aos clientes o uso e vantagens de alguns produtos. No comércio eletrônico, isso pode ser fator decisivo para a compra. Veja:

Como otimizar o SEO para YouTube?

 

Reconhecida a importância da maior plataforma de vídeos do mundo, é hora de aprender as principais estratégias de SEO para YouTube.

Pesquise palavras-chave

 

Encontre os termos que o seu público-alvo utiliza ao buscar respostas para as suas demandas. Eles serão suas palavras-chave, isto é, funcionarão como um imã para atrair as pessoas certas ao seu canal. Esse é o primeiro passo de otimização do SEO para YouTube.
Essa busca pode ser feita por meio do “autocompletar” do Google. Sabe quando a ferramenta sugere uns cinco ou seis complementos para a frase que você está digitando? Esse “autocompletar” normalmente diz respeito aos termos mais procurados na rede.
 
Outro recurso indispensável na estratégia de SEO para YouTube é o Google Trends. Uma ferramenta gratuita que mostra tendências de pesquisa por meio de termos em alta. Vale a busca por lá!

Crie um título atrativo e objetivo (e use sua palavra-chave nele!)

 

Seu título é um dos atributos que a plataforma vai analisar antes de fazer o ranqueamento do conteúdo. Por isso, siga o básico do SEO para YouTube:
  • Inclua a palavra-chave no título e na descrição do vídeo.
  • Nomeie o arquivo com a palavra-chave.
  • Escreva o título entregando a resposta exata daquilo que seu público busca. Ex.: Como vender em marketplaces.
  • Crie uma thumbnail otimizada: ela será a capa do seu vídeo e deve reforçar sua identidade visual, ter qualidade e um bom contraste, a fim de chamar a atenção do público.
Aqui um exemplo de boas práticas de SEO para YouTube: título e descrição atrativos, com chamada para a ação e entrega de conteúdo de valor.

Estimule o engajamento do público

 

A interação dos espectadores com o conteúdo influencia no ranqueamento na primeira página. Excelentes práticas de SEO para YouTube são potencializadas quando há mais curtidas, comentários, compartilhamento e inscritos no canal. Portanto, ao publicar um novo vídeo, é essencial convidar mais pessoas para que o assista, bem como encorajar o público a dar o famoso “joinha”, a “ativar o sininho”, visando receber notificações, e a deixar comentários.
Criar um canal para a sua marca na maior plataforma de vídeo do mundo só aumenta as chances de o negócio atrair mais pessoas e crescer. É preciso, contudo, trabalhar em estratégias de SEO para YouTube com a intenção de gerar resultados dentro do Marketing de Conteúdo.
Quer saber mais das boas práticas de Comunicação para posicionar bem o seu negócio nas ferramentas de busca? Conheça agora mesmo os 5 hacks de produção de conteúdo para empresas.