Saiba qual o papel das startups e como impactam diversos âmbitos

Compartilhe este conteúdo:

Inovação é a primeira palavra que vem à nossa mente quando o assunto são startups. O modelo de negócio é responsável por criar soluções disruptivas, novos processos e metodologias no cotidiano de quem empreende. Não é à toa o impacto das startups no desenvolvimento de tecnologias, na geração de empregos e na abertura de mercados novos.

Reconhecer a importância dessas empresas é essencial para entender os avanços em diversos setores da economia. Com o passar dos anos, o impacto das startups resulta em muito conhecimento gerado no que diz respeito à inovação e ao trabalho. Vamos aprofundar mais nesse assunto?

 

O que é uma startup?

“Organizações empresariais ou societárias, nascentes ou em operação recente, cuja atuação caracteriza-se pela inovação aplicada a modelo de negócios ou a produtos ou serviços ofertados”. Essa é a definição exata de uma startup de acordo com o Marco Legal das Startups.

Para se enquadrar nesse modelo de negócio, a marca não pode ter mais de 10 anos de CNPJ, bem como ter receita bruta de até 16 milhões de reais no ano-calendário anterior.

Esse modelo de negócio começou a surgir no fim da década de 1990 com a “bolha da internet”. No Vale do Silício (EUA), importante polo mundial de tecnologia, várias empresas nasciam usando a tecnologia e a internet como recursos principais. Eram soluções inovadoras, com bastante potencial para movimentar a economia. Eis que o impacto das startups começa a se desenhar há quase 30 anos.

 

Qual é o papel da startup no empreendedorismo?

Estamos vivendo tempos de constantes transformações. Novos comportamentos do consumidor, novas tecnologias, novas formas de se relacionar, seja com as redes sociais, seja com o metaverso. A todo instante são criadas outras necessidades e exigências.

Quem consome está mais bem informado, imediatista e exigente. Temas como sustentabilidade, transparência, propósito passaram a fazer parte do dia a dia dos negócios. Diante de um cenário desafiador, este é o principal impacto das startups: desafiar os modelos existentes e oferecer soluções disruptivas que atendam às novas dinâmicas de mercado.

Enquanto as estruturas sólidas de grandes negócios não permitem a flexibilidade e a ousadia para inovar, a startup é marcada por características opostas. São negócios fluídos, capazes de se adaptar rapidamente às mudanças de mercado, a fim de acompanhar as transformações e entregar soluções que melhorem a vida das pessoas.

Então, quando falamos no impacto das startups no mercado, estamos nos referindo a uma mudança de paradigma. O modelo de negócio permite a criação de outro futuro, que por vezes não imaginamos no presente.

No início dos anos 2000, você podia imaginar um dia que poderia escolher um filme na televisão sem a necessidade de ter um DVD ou um fita cassete para isso? Esse é um dos exemplos práticos que revela o impacto das startups no mercado. Foi o que fez a Netflix ao anunciar o seu serviço de streaming de vídeo.

 

Impacto das startups na economia

Uma pesquisa da Fundação Kauffman aponta o impacto das startups na economia. Elas são responsáveis pela geração de mais de 50% dos postos de trabalho em todo o mundo. Outro ponto revelado pelo estudo é que a expansão do modelo de negócio acaba gerando desenvolvimento não apenas para a região onde a startup está localizada, já que as soluções costumam ir além das barreiras geográficas.

Dessa forma, as startups geralmente movimentam o mercado de forma global, levando tecnologia e crescimento a profissionais, a investidores e a pessoas das mais diversas áreas e pontos do planeta.

 

Impacto das startups no mercado

Vamos conhecer alguns exemplos práticos de como uma solução apresentada por startups alterou o modo de fazer negócios? Veja só:

 

Blockbuster

A grande transformação do mercado de locação de filmes é um exemplo do impacto das startups em um setor. A área começou a perder fôlego quando a Netflix lançou o serviço de streaming. Sem contar com nenhuma loja física, a Netflix ganhou milhões de assinantes e mudou a forma como as pessoas consomem produtos audiovisuais.

Serviços de transporte

Você se lembra da época em que a única opção de transporte alternativa ao público eram os táxis tradicionais? Quem quisesse fugir dos ônibus, dos trens e do metrô precisava desembolsar alguns reais a mais e buscar o serviço ora em pontos fixos, ora por telefone. Além disso, não tinha como saber qual seria o preço final da corrida.

Com a chegada das plataformas de transporte particular, como Uber e 99, os consumidores contam com muito mais opções para se locomoverem, com a certeza do valor que vão pagar pelo serviço. Podem orçar e solicitar o transporte em poucos cliques, na palma da mão.

Corretoras imobiliárias

Mais um exemplo do impacto das startups no mercado. Se antes as corretoras imobiliárias dominavam o mercado, hoje o cenário mudou. Com a chegada de startups como o QuintoAndar, a relação entre inquilino ou comprador e proprietário está mais próxima.

Hoje, as pessoas conseguem alugar, divulgar, comprar ou vender um imóvel por meio de um aplicativo. Menos burocracia e mais praticidade para todos os envolvidos.

Robótica e medicina

Atualmente, é possível fazer uma cirurgia muito menos invasiva, sem cortes. Como? Com a ajuda de robôs inteligentes. Esse é o tipo de tecnologia desenvolvida por startups que impactam e melhoram a vida das pessoas. Na França, por exemplo, uma startup conseguiu desenvolver uma plataforma robótica para o tratamento de doenças vasculares. É a Robocath, criada em 2009.

De acordo com a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), as edtechs – empresas que usam a tecnologia para criar soluções inovadoras na área de educação – representam quase 8% das startups brasileiras e crescem 20% por ano. Essas empresas podem estar, por exemplo, dentro de laboratórios universitários, permitindo que estudantes gerem conhecimento para as mais diversas áreas com a ajuda da tecnologia.

 

Alguns projetos inovadores como o Portal do Paciente e o Controle de Leitos foram criados pela fusão das startups na vida acadêmica.

Deu para perceber o impacto das startups não só no mercado, como também para melhorar o dia a dia das pessoas. Seja na saúde, seja na geração de emprego, seja na forma de consumir, as startups são catalisadoras de transformação e inovação.

No entanto, para crescer e se manter no mercado, uma startup precisa passar por várias etapas. Da ideação até a alavancagem, são muitos os desafios. O Sebrae Minas entende a importância desse modelo de negócio e criou um programa exclusivo para quem deseja empreender como uma startup: o Fator S.

 

Conheça agora mesmo a solução completa para impulsionar as startups