Você conhece algum fab lab? Esses laboratórios de inovação têm se espalhado pelo mundo. Para você ter uma ideia, já existem mais de 1.180 em todos os continentes e países das mais diversas economias.

Se você não sabe o que são fab labs, uma explicação rápida: esses locais oferecem às pessoas várias máquinas, como a impressora 3D e a cortadora a laser, destinadas ao desenvolvimento de projetos. Foram criados no MIT, em 2003, e seguem padrões que permitem que as ideias sejam compartilhadas com qualquer pessoa no mundo.

Principal atributo do movimento maker, os fab labs deram a oportunidade para que vários projetos inovadores pudessem começar e fossem prósperos.

Selecionamos alguns de diferentes locais no mundo que têm feito sucesso. Confira abaixo a lista.

 

 

Fab Academy – Amsterdã

É a capital da Holanda, cidade onde são oferecidos vários serviços, desde a impressão 3D até a usinagem de precisão (processo utilizado para dar forma a matérias- -primas).

O material disponível também inclui alguns itens de trabalho manual antigo como uma câmara de vapor, cinzéis japoneses, afiadores de canto e outros.

O prédio que abriga o laboratório fica no centro da cidade, em uma das construções não religiosas mais antigas do país. Saiba mais nos canais:

 

Fab Lab Buenos Aires

Este é um dos doze fab labs da Argentina e é caracterizado por ter um formato menor e de bairro, aberto para vizinhos e pessoas do entorno, especialmente. Desenvolvido em conjunto com o projeto El Reactor, é um laboratório público. Por isso, propõe-se a democratizar o acesso à fabricação digital e às novas tecnologias de design.

Dentre os projetos desenvolvidos, está a elaboração de um esquema padrão para a criação de “mini fab labs”, que possam ser reproduzidos no resto do país. A missão é estabelecer um pacote de iniciação com máquinas de fabricação abertas, como:

  • Impressoras tipo 3d Prusa i3
  • Kinect Scanner
  • Media Router Board 1.2 mts x 1.2 mts
  • Cortador laser pequeno (veja o projeto LaOS)
  • Cortador de vinil
  • Soldadores, Arduino e estação de medição eletrônica

Fique por dentro do Fab Lab Buenos Aires:

 

Digital Craft – Guizhou

Localizado na China, tem em sua essência a ideia de “design, fazer e compartilhar”. O objetivo é promover a democratização da fabricação digital no país. Além disso, a equipe auxilia pequenos projetos, especialmente de crowdfunding, a decolar.

Um deles é o Nanocopter, que conseguiu meio milhão de dólares no Kickstarter. Trata-se de um pequeno robô com aplicativos de entretenimento e educação. O objetivo é criar um produto que quebre a monotonia do cotidiano enquanto demonstra o poder da tecnologia manual.

 

Roma Makers – Roma

Este é um dos mais de 140 fab labs da Itália e fica na capital, Roma. Especializado em arte, música e moda, o lugar oferece impressoras 3D, máquina de CNC, cortadora de vinil e um laboratório eletrônico.

As pessoas que participam do Roma Makers são normalmente especializadas em construir com máquinas “DIY”, mas também há, dentre eles, músicos e outros artistas.

Saiba mais:

 

N2 – Riyadh

Este fica na Arábia Saudita e foi criado para funcionar junto de uma escola. O local é equipado com impressoras 3D, cortadoras a laser, ferramentas de CNC e vários eletrônicos. O fab lab ainda oferece um evento anual de verão aberto a estudantes habilidosos de 17 regiões diferentes, para que sejam treinados durante duas semanas com o apoio do Ministério da Educação. Eles podem participar de diferentes workshops no campo de “Fabricação e Design” e aprender a desenvolver projetos.

Conheça mais um pouco:

 

Fab Lab Cidade do México

Este fab lab localizado na capital mexicana se tornou um dos maiores centros de inovação do país. Seu objetivo é absorver as oportunidades de avanço das tecnologias que esse tipo de espaço proporcionou.

Junto a setores do governo e a instituições educacionais, o fab lab prioriza a aplicação de projetos inovadores para o bem comum. Saiba um pouco mais na página do Facebook.

 

Brasília Fab Lab

Por fim, vamos citar dois exemplos brasileiros (já falamos por aqui dos fab labs públicos de SP; não deixe de conferir esses também). Em Brasília, a comunidade do laboratório acredita em dividir o conhecimento e estimular a inovação na comunidade.

Além disso, oferece cursos e workshops à noite, para dar às pessoas que trabalham de dia a oportunidade de participar. Há também times de designers e engenheiros prontos para ser consultados, caso haja necessidade. Saiba um pouco mais:

 

Fab Lab Newton – Belo Horizonte

Este foi o primeiro fab lab do Estado de Minas Gerais e é acadêmico, pertencente ao Centro Universitário Newton Paiva.

Aqui, estudantes, parceiros e a comunidade externa podem criar vários projetos de forma rápida e colaborativa. Além disso, o corpo discente tem acesso a uma disciplina para que os alunos aprendam a utilizar o espaço.

E aí, o que você acha dos fab labs? Gostaria de utilizar ou mesmo fundar um? Leia também nosso post sobre o movimento maker:

MOVIMENTO MAKER: ENTENDA ESSE UNIVERSO

Leia mais sobre Design Para seu negócio


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.