Algoritmos das redes sociais: tudo o que você precisa saber

Compartilhe este conteúdo:

Algoritmos das redes sociais. O que são? Onde funcionam? Como atuam? Por que funcionam? Todos querem compreender a lógica por trás dos famosos algoritmos das redes sociais. E todos têm um bom motivo. Ao entender o funcionamento desses “robozinhos”, é possível saber como melhorar o desempenho em cada canal e alavancar os resultados do negócio.

 

Como a disputa por atenção nas redes sociais vem crescendo, é preciso aprender como aumentar as chances de se destacar em meio à multidão de contas. Afinal, a concorrência está bem alta. Quanto mais seu conteúdo agradar, maiores são as chances de suas publicações alcançarem a sua audiência.

 

Por isso, neste artigo, reunimos tudo o que você deve saber sobre os algoritmos das redes sociais. Acompanhe!

 

O que são os algoritmos das redes sociais

Algoritmos das redes sociais são como robôs que identificam quais publicações devem ser entregues para mais ou menos pessoas. Eles decidem como ranquear os resultados de um feed, a partir do grau de relevância daquele conteúdo para cada pessoa.

 

O objetivo é melhorar a experiência do usuário, fazendo com que apareçam na telinha do celular os posts mais úteis e atrativos. Por isso, os algoritmos são tão importantes: eles impulsionam – ou atrapalham – o alcance do seu conteúdo.

 

Logo, é fundamental acompanhar os critérios de avaliação usados por esses robôs, a fim de atender às suas exigências. Vamos saber quais são os principais?

 

Como os algoritmos das redes sociais funcionam

Os algoritmos levam em conta, principalmente, o comportamento do usuário com o conteúdo que você oferece. Quanto maior a interação nos seus posts e na sua conta, maiores as chances de o seu conteúdo aparecer na linha do tempo desse usuário.

 

Ou seja, o engajamento é um dos principais critérios de análise dos algoritmos das redes sociais. Contudo, não basta produzir posts alinhados à expectativa da persona do negócio.

Confira agora as especificidades dos algoritmos do Instagram, do Facebook e do Twitter.

 

Instagram

Nos idos de 2014, o foco do Instagram não estava no monitoramento das atividades dos usuários. Por isso, na aba “Explorar” apareciam os conteúdos mais populares na rede social e, portanto, aleatórios aos interesses de cada pessoa.

 

Após a compra do aplicativo pelo Facebook, a experiência do usuário passou a ser o foco das publicações. Começaram a ser priorizadas no feed do usuário as publicações mais interessantes para ele. Em função disso, os algoritmos do Instagram levam em conta o nível de interação com a conta autora do post (mensagem diretas e compartilhamento de posts também contam), o número de comentários e curtidas e os horários de publicação.

 

Veja mais detalhes sobre os algoritmos das redes sociais:

 

Cronologia

O horário de publicação do conteúdo é um dos critérios levados em conta pelos robozinhos do Instagram. Os posts mais recentes têm mais chances de aparecer na “linha do tempo” do usuário. Então, é mais interessante fazer publicações em períodos onde há pico de uso.

 

Engajamento

A quantidade de interação que o conteúdo recebe, como dissemos acima, é um dos principais fatores para o algoritmo impulsionar o post. Por isso, é sempre importante incentivar as curtidas, os comentários e os compartilhamentos das publicações.

 

Afinidade

O conteúdo das pessoas com as quais o usuário mais interage é, sem dúvida, o material que mais vai sobressair no feed. Isso porque os algoritmos levam em conta o nível de interação das pessoas para determinar a relevância dos posts.

 

Facebook

Os algoritmos do Facebook não são tão autoritários quanto os do Instagram. Isso porque a rede social permite que o usuário defina quais publicações deseja priorizar na “linha do tempo”, como os post de amigos e de páginas comerciais relevantes.

 

Contudo, a ferramenta também tem critérios próprios de ranqueamento de conteúdo. Conheça:

 

Engajamento

Assim como funciona no Instagram, os algoritmos do Facebook consideram o grau de engajamento para entregar os conteúdos. Quanto mais curtidas, comentários e compartilhamentos o post tiver, mais chances de aparecer no feed do usuário.

 

Tipo de post

Uma peculiaridade no funcionamento dos algoritmos das redes sociais está especialmente no tipo de post que o Facebook determina como prioridade para a veiculação. Inicialmente, as imagens tinham mais possibilidade de chegar ao usuário. Hoje, os vídeos ao vivo são o chamariz.

 

Twitter

A rede social de compartilhamento de textos mais famosa também usa algoritmos para definir os conteúdos mais relevantes ao usuário.

 

Assim como se dá com o Facebook, as pessoas têm certo poder de escolha sobre as publicações que desejam visualizar. Podem definir se preferem ver os posts em ordem cronológica, enquanto estiverem ausentes, ou os tweets mais relevantes, por exemplo.

Veja alguns dos critérios de ranqueamento:

 

Relevância

O principal critério de ranqueamento é realizado por meio da análise dos assuntos e dos formatos que a pessoa costuma interagir. O Twitter exibe na “linha do tempo” do usuário as publicações que coincidem com seu universo de interesse.

 

Tendências

Os assuntos mais comentados, intitulados “trending topics”, também ganham prioridade na exibição pelos algoritmos. Mesmo que seja um tópico mais antigo, a rede social inclui os posts em uma seção “Caso você tenha perdido”, para que o usuário siga por dentro das novidades.

Pronto! Agora você já sabe os principais critérios dos algoritmos das redes sociais. Sem dúvidas, é essencial saber o que eles são e como funcionam em cada canal a fim de otimizar sua presença digital.

 

No entanto, ainda que você se atente a todos os critérios desses robôs, a produção de conteúdo de qualidade é um dos principais fatores para a entrega das publicações à audiência. Por isso, acompanhe as mudanças nos algoritmos, mas não perca o foco na criação de posts relevantes ao público-alvo.

 

Este artigo foi útil pra você e seu negócio? Então leia agora mesmo, no nosso blog, outros posts como este sobre Marketing Digital, Empreendedorismo e Vendas!