SMART: crie metas com base na Metodologia Ágil

Compartilhe este conteúdo:
As dinâmicas de mercado estão em constantes modificações. A chegada de novas tecnologias, as mudanças de hábitos do consumidor e a transformação digital vêm impactando as empresas, que precisam se adaptar. E a metodologia SMART é uma das principais alternativas para acelerar processos e gerar os ajustes necessários.
As Metodologias Ágeis vêm sendo utilizadas por empreendedores que desejam se adaptar com rapidez ao fluxo de transformações para se manterem competitivos. É um caminho prático e eficaz, que contribui para o alcance de metas dos pequenos, dos médios e dos grandes negócios.
Quer aprender o que é a metodologia SMART e como a cultura ágil pode ajudar sua empresa a atingir suas metas? Confira agora neste post.
O que é a metodologia SMART?
A metodologia SMART é um modo de estruturar a criação de quaisquer metas, de modo a garantir que elas sejam realistas e alcançáveis. A sigla em inglês SMART, cuja tradução é “esperta”, engloba cinco características indispensáveis em uma meta. Veja quais são:
  • S — specific, isto é, uma meta precisa ser específica, assertiva, direta. Focar em um único aspecto.
  • M — measurable, que é o quanto uma meta precisa ser mensurável para uma avaliação eficaz do processo.
  • A — attainable, isto é, uma meta deve ser desafiadora e viável ao mesmo tempo.
  • R — relevant, é quanto uma meta deve ser importante para o negócio.
  • T — time-related, uma meta deve ter prazo para conclusão.

 

5 dicas para criar metas com base na metodologia SMART

É indiscutível que a sensação de progresso mantém as pessoas engajadas com o objetivo de um negócio. Por isso, utilizar práticas da cultura ágil, como a metodologia SMART, é uma alternativa eficaz para o sucesso da empresa. Afinal, ela garante a estruturação de metas alcançáveis e mensuráveis. Mostramos agora 5 dicas para você aplicá-la:

1 Seja específico

O primeiro passo para criar uma meta com base na metodologia SMART é garantir que ela seja específica. E como se faz? Defina o máximo de detalhes possível ao escrevê-la. Por exemplo:
  • O que você quer alcançar?
  • Quem são os responsáveis?
  • Quais são as limitações para conquistá-la?
  • Quais são as condições necessárias?
  • Em que local ela deverá ser desenvolvida?
A especificidade, ou a clareza, é uma característica essencial para uma meta da metodologia SMART.
Ex.: Aumentar o número de parceiros comerciais.

2 Estabeleça uma meta mensurável

Uma meta precisa ter parâmetros definidos para avaliação. Fuja de aspectos vagos para não restarem dúvidas na hora de mensurar os resultados. Quanto mais concretas e palpáveis forem as respostas, mais fácil será calcular o progresso. Por isso, pense:
  • Quais são os resultados esperados?
  • Quanto tempo será necessário para alcançar?
Ex.: Dobrar o número de parceiros comerciais.

3 Estime resultados alcançáveis

Metas precisam ser possíveis. Metas inalcançáveis têm o efeito reverso desejado na equipe: desmotivam, sobrecarregam e não trazem resultado. Por isso, é necessário analisar as condições do time antes de estabelecer a meta desejada.
  • Quantas horas de trabalho mensal serão necessárias para alcançar a meta?
  • Haverá mudanças significativas no dia a dia?
Ex.: Para dobrar o número de parceiros comerciais, a equipe precisará fazer mais três reuniões por turno.
Avalie se isso é possível, se não vai sobrecarregar a equipe, se a qualidade de trabalho será mantida etc. Lembre-se: a meta precisa ser alcançável!

4 Busque uma meta relevante (ou a relevância da sua meta)

Uma meta criada valendo-se da metodologia SMART deve agregar valor nos resultados globais da empresa. Porque, muito mais forte do que ir atrás de um resultado definido aleatoriamente, é perseguir uma meta relevante para o negócio. Pessoas motivadas pelos “porquês” vão mais longe.
Então, é essencial identificar e reforçar a relevância da meta para o negócio, com o intuito de manter a equipe engajada. Pense: ao dobrar o número de parceiros comerciais, qual será o impacto positivo para o negócio?
Ex.: Dobrar o número de parceiros comerciais, a fim de alcançar 100 mil potenciais clientes para o negócio.

5 Defina prazos realistas

A última característica de uma meta criada por meio da metodologia SMART é a definição de prazos realistas. Sem um tempo para a entrega, a meta se torna um desejo distante e há mais chances de procrastinação e adiamentos.
Por isso, é fundamental definir prazos para a execução e, claro, que eles sejam realistas. O foco é criar o ambiente propício para a conclusão da meta, ou seja, com datas predefinidas para guiar cada passo em direção à produtividade. E esteja atento: prazos curtos demais podem gerar sensação de estresse e frustração, e isso pode acabar impactando negativamente o alcance dos resultados.
Ex.: Dobrar o número de parceiros comerciais em 60 dias, a fim de alcançar 100 mil potenciais clientes para o negócio.
Criar metas específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazos realistas é determinante para manter a equipe motivada por meio dos resultados. Ter clareza sobre o rumo da empresa e reconhecer a contribuição de cada colaborador ou de cada time na jornada de um negócio é um combustível para a motivação.
Por isso, a metodologia SMART e outras práticas da cultura ágil, como Lean, Kanban e Scrum, facilitam a gestão de processos nas empresas. São métodos simples e eficazes para a implementação de mudanças rápidas, capazes de gerar alto impacto positivo no acompanhamento dos resultados de todos.
Quer conhecer outras ferramentas essenciais para a estruturação de um negócio? Baixe agora mesmo o Kit Canvas, com 6 modelos de planilhas que buscam facilitar a visualização da sua empresa.