Saiba como treinar suas habilidades empreendedoras

Compartilhe este conteúdo:

Nunca tivemos tantos novos empreendedores no Brasil quanto em 2020. No último ano, 1 em cada 4 brasileiros abriu o próprio negócio ou tinha uma empresa com até 3,5 anos de operação, é o que mostra o estudo Global Entrepreneurship Monitor (GEM). O cenário, claro, tem um contexto: o impacto da pandemia do novo coronavírus – Covid-19.

 

Mas será que todo mundo sabe mesmo empreender? Quais as qualidades necessárias para ter sucesso nessa jornada? Este é justamente o tema do artigo de hoje: apontaremos as habilidades empreendedoras-chave para quem deseja viver do próprio negócio.

 

Habilidades empreendedoras: um atalho para o sucesso

Assim como acontece com outras profissões, é possível aprender a atuar no mundo dos negócios. Além das competências técnicas indispensáveis, existem habilidades empreendedoras que podem ser um atalho para o sucesso de uma empresa.

 

A capacidade de empreender não está mais só ligada ao conhecimento adquirido por meio de diplomas ou certificados. Hoje, tão importante quanto as Hard Skills são as Soft Skills, competências mais subjetivas das pessoas, não facilmente ensinadas via cronograma disciplinar, em uma sala de aula.

 

Confira agora as principais habilidades empreendedoras para o sucesso de um negócio.

 

Resiliência e capacidade de adaptação

Uma das habilidades empreendedoras mais requisitadas no mundo dos negócios é a resiliência e a capacidade de adaptação. Nos últimos anos, houve muitas mudanças no mercado: do comportamento do consumidor às novas tecnologias.

 

Para se manter competitivo, o empreendedor passou a ter de contar com jogo de cintura e persistência ao lidar com os desafios impostos principalmente pelo instável cenário econômico.

Uma dica para trabalhar a resiliência e a capacidade de adaptação é buscar referências no seu nicho de atuação. Conhecer a história de outras pessoas e saber como elas resolvem os problemas, que podem ser iguais aos seus, ajuda a criar um repertório de respostas aos desafios cotidianos.

 

Autoconhecimento e inteligência emocional

Outras habilidades empreendedoras essenciais com vistas a aumentar as chances de sucesso de um negócio são o autoconhecimento e a capacidade de gerenciar as próprias emoções.

 

O autoconhecimento está relacionado à consciência das próprias virtudes, talentos, dons, dificuldades e defeitos. Reconhecer os limites e a potencialidade de si é saber com clareza até onde é possível chegar sozinho e em que situação é preciso contar com apoio de terceiros.

 

Já a inteligência emocional está diretamente ligada à capacidade de trabalhar com outras pessoas. Quem sabe lidar com as próprias emoções consegue liderar e motivar pessoas, controlar impulsos e orientar o negócio para resultados, mesmo diante do caos.

 

Aplicativos de meditação como Aura e Calm podem contribuir para a conquista do autoconhecimento. Um bom livro para se aprofundar no universo da inteligência emocional é o título homônimo do autor best-seller Daniel Goleman.

 

Criatividade

Ser criativo é um dos pré-requisitos para empreender no Brasil. Com tantos desafios para lidar no dia a dia, essa é uma habilidade empreendedora essencial visando encontrar soluções viáveis e se destacar em meio à concorrência.

 

Uma dica para quem precisa desenvolver o lado criativo é buscar novas maneiras para desempenhar tarefas cotidianas, como escolher um trajeto diferente até o trabalho, ler um livro ou um filme a que não assistiria normalmente. O objetivo é tirar a mente do modo automático a fim de estimular o surgimento de novas respostas para problemas nem tão novos assim.

 

Capacidade de comunicação

Entre o que uma pessoa fala e a outra entende, existe um abismo. Tudo pode acontecer nesse intervalo: ruído, falta de compreensão, falta de repertório, inadequação ao tom e à linguagem etc.

 

A verdade é que nem sempre é fácil comunicar uma mensagem a clientes, colaboradores, fornecedores etc. Por esse motivo, uma das habilidades empreendedoras consideradas chave para o sucesso do negócio é a capacidade de comunicação. É preciso assertividade e empatia para passar adiante mensagens, persuadir e negociar.

 

Mas como treinar essa habilidade empreendedora? A principal dica é ouvir pessoas. Quanto maior sua capacidade de escutar o que o outro tem a dizer, melhor será seu desempenho na hora de se comunicar.

 

Outra recomendação para quem deseja se aprofundar no assunto é a leitura do livro Comunicação Não Violenta, de Marshall Rosemberg.

 

Visão de futuro e capacidade para assumir riscos

Outra habilidade empreendedora importante para quem deseja abrir um negócio é a capacidade de criar uma visão de futuro e de assumir riscos. Empreendedores visionários, que antevêem as dinâmicas de mudanças e apostam nas próprias ideias, têm mais chances de obter sucesso com o negócio.

 

Isso se dá por causa da dinâmica do Empreendedorismo: permanece competitivo quem segue oferecendo soluções para os problemas e as necessidades das pessoas. Então, é preciso deixar um olho no presente e o outro no futuro.

 

E essa é uma competência que pode ser treinada no dia a dia. Esteja atento ao que ocorre ao seu redor, converse com pessoas que pensam diferente de você e busque novas perspectivas sobre assuntos relacionados ao negócio. Às vezes, a resposta inovadora está logo à sua frente; basta trocar as lentes dos óculos. No entanto, como vimos, para obter sucesso com o negócio, é necessário treinar as habilidades empreendedoras que não se aprendem em sala de aula.

 

Este conteúdo foi útil pra você? Confira agora mesmo, no nosso blog, mais posts sobre Empreendedorismo, Marketing e Vendas para alavancar seu negócio.