Como criar cursos on-line e vender o que você ou sua empresa sabem fazer

Compartilhe este conteúdo:

No e-commerce, a união do físico ao digital possibilita mais vendas para os negócios e mais comodidade para o cliente. As mudanças no comportamento do consumidor e a transformação digital, juntas, também fizeram despontar a área de Educação como um nicho de mercado a ser explorado.

 

Hoje, a internet é um espaço democrático no qual quem deseja aprender novas habilidades e técnicas pode encontrar quem está disposto a ensinar. Por esse e outros motivos, vender cursos on-line está em alta no mercado.

 

Com mais pessoas em busca de conhecimento e comodidade, talvez seja uma boa hora de aprender como criar cursos on-line para passar adiante aquilo que você sabe fazer, e ainda ganhar dinheiro.

 

Quer aprender por onde começar a vender cursos on-line? Leia agora mesmo este artigo.

 

Por que vender cursos on-line

Em dez anos, o número de novos alunos da Educação Superior a Distância cresceu mais de 370%. De 2009 a 2019, o Brasil saltou de 330 mil pessoas para mais de 1 milhão e meio de estudantes matriculados.

 

O mercado está aquecido, mas não somente para o ensino regular tradicional. Com o aumento do desemprego e a crise sanitária global, as pessoas estão investindo em educação para aprimorar suas habilidades e competências. Além disso, o consumidor é atraído pelas vantagens de estudar pela internet. Vejamos os motivos: 

  • Mobilidade: os cursos podem ser acompanhados de qualquer lugar.
  • Economia de tempo: não há necessidade de deslocamento para assistir às aulas.
  • Flexibilidade: possibilidade de estudar sem horários fixos, preestabelecidos.
  • Acesso democratizado ao conhecimento: contar com uma boa conexão é o único pré-requisito para o aluno.

Por isso, vender cursos on-line é um mercado que merece ser explorado. Então, se tem algo a ensinar, você precisa aprender agora o passo a passo de como criar cursos on-line para o seu negócio. Confira!

 

Como criar cursos on-line

Nunca antes na história, as pessoas estiveram tão abertas como hoje para investir no ensino digital. Da mesma forma, há ferramentas e recursos que facilitam a vida de quem quer vender cursos on-line. Veja o que é necessário para começar a comercializar seu conhecimento com ajuda da internet.

 

1. Escolha uma plataforma de Educação Virtual

As plataformas de Educação On-Line a Distância são espaços pensados especialmente para o ensino virtual. Elas facilitam o dia a dia das empresas que vendem conhecimento, por reunir funcionalidades essenciais para as aulas, ou seja, de tecnologias para exibição e acompanhamento do conteúdo até a gestão de pagamentos.

 

Além disso, possibilitam melhor experiência ao usuário, com interfaces amigáveis e intuitivas, a fim de facilitar a navegação e o contato entre estudantes, professores, tutores e suporte técnico.

Dentre as principais plataformas para quem tem interesse em vender cursos on-line, destacam-se: 

Cada uma das opções apresenta planos e funcionalidades diferentes. Uma dica para a escolha da plataforma por meio da qual seu negócio vai vender cursos on-line é levar em conta características como os níveis de personalização, o suporte oferecido, a possibilidade de Programa de Afiliados e a integração com os meios de pagamento.

 

2. Compreenda seu público e seu nicho de atuação

Basicamente um dos passos pelos quais você vai precisar passar antes de oferecer qualquer solução na internet é definir uma persona. Ao construir um perfil de cliente ideal, o foco é compreender o comportamento do público, seus desejos, necessidades e desafios, buscando construir um serviço assertivo para essas pessoas, isto é, que as ajude a resolver seus problemas e atender às suas expectativas.

 

Então, uma das etapas fundamentais de como criar um curso on-line consiste em descobrir a identidade do seu nicho de atuação. Para isso, responda às seguintes perguntas: 

 

  • Qual o nível de escolaridade do meu público?
  • Em que área trabalha?
  • Qual a faixa etária?
  • O que ele espera aprender?
  • Quais desafios ele quer superar?
  • Quais desejos e sonhos ele tem?
  • Quais problemas visa resolver ao buscar conhecimento?
  • Onde costuma procurar capacitação?

3. Defina o formato do curso e produza um material de qualidade

Depois de criar uma persona e compreender o público com quem deve trabalhar, é hora de começar a planejar o formato e o conteúdo que vai oferecer. Isso porque essa etapa de como construir um curso on-line só deve ser feita com base nas informações coletadas anteriormente.

 

Por exemplo, se você vai ensinar Excel a pessoas com mais de 65 anos, é indispensável oferecer um material de apoio, com um PDF que possa ser impresso. Além disso, o conhecimento deve ser separado por etapas visando facilitar a visualização da jornada de aprendizado.

 

Outro aspecto a ser contemplado é a gravação de vídeos em uma linguagem mais formal, a fim de se aproximar ao modo de falar da faixa etária. Encontros semanais ao vivo também podem fazer parte da estratégia para vender cursos on-line, já que um acompanhamento mais próximo é essencial com o propósito de garantir o sucesso do cliente.

 

Dica! Independentemente da persona, existe uma boa prática de mercado sobre como criar cursos on-line que você precisa levar em conta. Produzir vídeos com alta qualidade de imagem e som. Conteúdos com ruídos ou imagens ruins afastam os compradores e descredibilizam o material, mesmo que seu negócio seja “expert” no assunto.

 

4. Divulgue seu curso

Agora que você tem conhecimento da plataforma, da persona, do formato e do conteúdo, é chegada a hora mais importante de como vender cursos on-line: a divulgação. Nesta etapa, o Planejamento também é fundamental.

 

Valendo-se do conhecimento que você adquiriu sobre seu público até aqui, vai ser possível traçar uma boa Estratégia de Marketing para atrair os consumidores certos. Por isso, antes de partir para a ação, defina a mensagem, os canais e um calendário estratégico para o lançamento do curso.

 

Se você já tem uma base de clientes, por exemplo, invista em ações de e-mail marketing, com cupons de desconto para inscrições antecipadas. Crie uma estratégia Member Get Member visando recompensar quem indicar amigos ou invista em Programas de Afiliados, dando comissão para quem trouxer alunos.

 

Além das ações de Marketing de Conteúdo nas redes sociais, separar um orçamento voltado aos anúncios é outra possibilidade de alcançar potenciais clientes na internet. Google Ads e posts patrocinados no Instagram, no Facebook, no Spotify ou no LinkedIn despontam como ótimas opções.

 

Pronto! Agora você está familiarizado com o passo a passo essencial de como montar um curso on-line. O Ensino a Distância(EAD) tem ganhado mercado nos últimos anos, e esta pode ser uma boa oportunidade de ganhar dinheiro ao compartilhar conhecimento. Bom para quem ensina, maravilhoso para as pessoas que estão em busca de capacitação na internet.

 

Quer ficar por dentro das novidades sobre Empreendedorismo e Inovação? Acompanhe agora mesmo, no nosso blog, outros posts como este.