Usar ferramentas que medem e acompanham aspectos de performance é essencial para saber se a empresa está indo bem e em quais áreas ela precisa melhorar. O KPI, sigla em inglês que significa Key Performance Indicator (Indicador Chave de Desempenho) é uma das principais ferramentas utilizadas para esse fim. A mensuração sistemática de um conjunto de KPIs é o que torna possível as tomadas de decisão que levem ao crescimento da empresa. Por isso, é importante saber o que é KPI e como usá-lo.

De acordo com a pesquisa Content Trends 2017, da Rock Content, as empresas com maior sucesso são aquelas que acompanham seu desempenho. No estudo, cerca de 78% das empresas que documentavam sua estratégia se consideravam bem-sucedidas. Dentre as empresas que não adotavam tal procedimento, esse índice caía para 25% apenas.

Neste post, entenda o que é KPI, conheça exemplos de indicadores e aprenda como utilizá-los.

O que é KPI

Como dissemos, o KPI é um indicador que revela o desempenho de algum aspecto da empresa. Visando medir a performance do negócio, é preciso adotar um conjunto de indicadores e aferi-los de maneira sistemática. Existem indicadores que podem ser usados para a maioria dos empreendimentos e outros mais específicos para cada tipo de empresa.

Para escolher os seus, é só verificar quais fatores são mais relevantes para o seu negócio e escolher indicadores que sejam possíveis de ser averiguados periodicamente.

Ao entender o que é KPI e adotar um conjunto deles, empreendedores e gestores estão aptos a diagnosticar quais estratégias da empresa precisam ter continuidade, quais devem ser intensificadas e quais exigem ser repensadas. Assim, conseguem tomar decisões com segurança, buscando o crescimento com base em dados objetivos.

Tais dados também são úteis a fim de que os colaboradores entendam como exatamente seu trabalho impacta o sucesso da empresa, tendo mais consciência da importância de seu papel e, com isso, mais responsabilidade. A equipe também desenvolve um senso de time maior, oportunidade em que os integrantes lutam juntos pelo mesmo objetivo.

Tipos de KPI

Entenda quais são os tipos de KPI.

KPIs Primários

Os KPIs primários são os indicadores principais para que a empresa alcance seu objetivo, ou seja, aqueles que indicam se a empresa está ganhando ou perdendo dinheiro. Por essa razão, o interesse do diretor da empresa está mais focado nesses tipos de KPI.

KPIs Secundários

Os KPIs secundários são os que sustentam e justificam os primários, mostrando como anda a performance da estratégia adotada pela empresa. São dados cujo interesse diz respeito com mais intensidade a gerentes e a supervisores.

Exemplos de KPIs

Agora que já vimos o que é KPI, conheça alguns dos principais KPIs existentes.

Ticket médio

O ticket médio corresponde ao valor médio de compra de produtos pelo público. Pode ser acompanhado por venda, por cliente ou por vendedor. Para calculá-lo, é só dividir o faturamento em X meses pelo número X de meses considerados, e depois dividir esse valor pelo número de clientes. A fórmula fica assim:

faturamento em X meses /  X / nº de clientes

O resultado é o ticket médio da empresa.

Ciclo de vendas

Tal indicador mede quanto tempo e quantas etapas são necessárias desde o primeiro contato do cliente com o produto até a finalização da compra. O ideal é que esse tempo seja cada vez mais curto e que o cliente seja convencido mais facilmente e compre o produto com o mínimo de burocracia.

Taxa de conversão

Este KPI mostra quantos clientes, de todos os que iniciaram o ciclo de vendas, realizaram, de fato, a compra. Com essa aferição, é viável saber se o investimento da empresa está dando retorno. Uma maneira de obter a taxa de conversão é calcular a porcentagem de vendas em determinado período em comparação com o número de oportunidades de venda que apareceram.

Rotatividade de estoque

É o número de vezes que o estoque médio de um produto é vendido em um ano. Ajuda na gestão de estoques.

Retorno sobre investimento (ROI)

Como o próprio nome diz, o ROI é o cálculo de quanto do dinheiro investido retorna para a empresa. A fórmula é:

(Retorno do Investimento – Custo do Investimento) / Custo do Investimento. Multiplique por 100 para conseguir o valor em percentual.

Índice de satisfação dos clientes

De grande importância, o índice de satisfação dos clientes é simples de calcular. Para isso, é só perguntar ao consumidor, no final de cada atendimento, qual nota ele daria em relação a sua experiência com a empresa. Pode ser uma nota de 1 a 10, acompanhada de uma justificativa.

Entender o que é KPI e utilizar um conjunto deles para medir a performance do negócio é vital a fim de colocar a empresa no caminho do crescimento. Veja também 8 ferramentas para medir KPIs ou indicadores. E conheça outros dois indicadores que podem fazer toda a diferença nos resultados do seu negócio, como o CAC e o LTV.

Leia mais sobre Destaque


Quer receber mais
conteúdos como esses?

cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email:

Obrigado por cadastrar o seu e-mail. Seja bem-vindo à comunidade Inovação Sebrae Minas.