Redes Sociais

Live Commerce e YouTube Shopping: como funciona e benefícios

Live Commerce e YouTube Shopping

O Brasil é o número 1 em compras online, segundo pesquisa da CupomValido. Apesar da tendência de crescimento, algumas pessoas ainda sentem falta de uma experiência mais próxima da loja. As Lives Commerces, como é o caso do YouTube Shopping, são capazes de preencher essa lacuna.Live Commerce é um evento virtual e ao vivo, conectando as lojas com os seus potenciais clientes. É uma experiência que aproxima o consumidor da marca, permitindo interação entre eles e tornando a experiência de compra online mais íntima e humanizada.É uma ótima estratégia para lojas de:

  • Roupas
  • Acessórios
  • Eletrônicos
  • Papelarias e agendas
  • Calçados

Podemos encontrar exemplos de live commerce em marcas de vestuário como Pernambucanas, ByNy, C&A e Amaro à eletrônicos, como a Samsung. No caso das pequenas lojas, temos encontrado exemplos no Instagram - especialmente em ocasiões como novas coleções e promoções.Nas lives ao vivo, o cliente pode tirar suas dúvidas de forma instantânea e realizar suas compras.Esse modelo foi usado pela primeira vez em canais de televisão, como Polishop e Shoptime. Hoje em dia, é mais frequente o uso das redes sociais, e algumas marcas promovem grandes eventos, convidando até mesmo influenciadores e artistas. Essa tem sido uma forma de aumentar as vendas e as conversões.Um dos exemplos é o YouTube Shopping, uma das maneiras de ganhar dinheiro com o YouTube – que tem 2,6 bilhões de contas ativasno mundo todo.

Quais os benefícios?

Ainda há muito espaço nas redes sociais para fazer Lives Commerces. Algumas marcas  já apostam nessa estratégia, especialmente perto de datas comemorativas ou de momentos especiais de promoções com o intuito de impulsionar as vendas.Trata-se de uma opção para aumentar a sua vantagem competitiva. Separamos aqui alguns benefícios:

1 - Aumento da confiança do consumidor

Você já deixou de comprar online porque ficou na dúvida sobre a qualidade do produto? Ou porque gostaria de saber mais detalhes?A principal vantagem de realizar Live Commerces é aumentar a confiança do consumidor.Essas experiências de Live Commerce – compras online ao vivo – permitem unir o conforto de comprar sem sair de casa com um contato mais direto com o vendedor. O que é importante para sanar as dúvidas e melhorar a experiência do consumidor.É um modo também de humanizar o atendimento e gerar mais conexões, o que pode trazer resultados surpreendentes para a sua loja online.Você pode aproveitar essa oportunidade de venda com descontração, dinâmicas, descontos exclusivos e promoções instantâneas, incentivando a tomada de decisão de forma rápida. Alguns exemplos de persuasão:

  • Desconto válido enquanto durar a live.
  • Compartilhe com os seus amigos, se chegarmos em x pessoas ao vivo, teremos frete grátis para quem comprar agora.
  • Desconto exclusivo para quem participar da live e se inscrever pelo formulário.

2 - Maior engajamento com o público

Por meio de ferramentas de interação com as pessoas – como os comentários, as reações –, é possível incentivar algumas ações específicas, com dinâmicas e perguntas e respostas.Esse engajamento gera mais conexão com o seu público, que se sentirá mais próximo da marca.Além disso, usar todos os recursos das redes sociais impulsiona os algoritmos.Os robôs das redes sociais mostram os conteúdos aos seguidores, escolhendo o que aparece com maior ou menor frequência.Fazer lives é um dos recursos que pode ajudar o algoritmo entender que o seu conteúdo é relevante, fazendo com que ele apareça com mais frequência.

3 - É barato

Realizar uma live ao vivo no YouTube ou no Instagram não demanda altos investimentos. Vale a pena conferir a qualidade do som, da imagem e da iluminação.Talvez seja necessário investir em alguns equipamentos como ring lights, tripés e microfones, mas normalmente uma webcam ou uma câmera do celular já são suficientes.

4 - Pode ajudar a captar leads qualificados

Durante a transmissão, você pode pedir às pessoas para se inscreverem em algum tipo de formulário a fim de que recebam informações.Isso é uma forma de captar leads – termo utilizado no universo de marketing e vendas para descrever potenciais clientes ou oportunidades de negócios, dos quais são levantadas informações de contato.Assim, você pode criar uma estratégia para capturar informações como nome, celular e e-mail, voltada a realizar outras ações de marketing ou de vendas focadas. Ou mesmo convidar as pessoas para seguir suas redes sociais ou entrar em algum grupo de Telegram ou de WhatsApp.

5 - Fortalece as suas redes sociais

As lives podem ajudar você a aumentar o número de inscritos e o engajamento dos seus seguidores em suas redes sociais.Elas podem até fazer parte do seu calendário de atividades nas redes sociais.

Como fazer uma live commerce?

A primeira dica é: conheça muito bem o seu público; para isso, um levantamento de persona pode ajudar. Entenda qual canal pode fazer mais sentido para o público e como divulgar – veja a quantidade de seguidores em cada rede social.Em seguida, tente levantar quais as principais dúvidas e objeções costumam aparecer durante a venda ou no atendimento ao cliente.Pense em formas de responder a essas dúvidas e ao mesmo tempo conectá-las com um conteúdo que seja de fato interessante, relevante e de certa forma inédito.Para exemplificar: se você trabalha com moda, os consumidores podem ter dúvida sobre o tamanho das peças. Então você pode fazer uma live experimentando a peça e, enquanto isso, trazer uma informação sobre moda, tendências e formas diferentes de combinar as peças.Faça um pequeno roteiro  e verifique todos os recursos necessários para colocar sua ideia em prática. Existem alguns tipos diferentes de live commerce. Confira, a seguir, alguns dos mais utilizados.Tipos de Live CommerceA escolha do tipo ou do formato das experiências vai depender tanto do seu público quanto do seu tipo de produto. Podem ser tutoriais, live com convidados, experiências online e YouTube Shopping.

1 - Tutoriais

Se o seu produto pode ser explicado por meio de um Manual de Instruções ou envolver transformação, como é o caso de cosméticos, os tutoriais podem ser um formato interessante.O objetivo é mostrar o passo a passo de como utilizar o produto e apresentar boas práticas.Algumas dicas:

  • Confira a qualidade da filmagem, já que, em alguns momentos, pode ser necessário mostrar o produto de perto. Assim, você pode editar as filmagens inserindo fotos.
  • Nada de enrolação no início; comece sempre com o conteúdo relevante.
  • Tente ser o mais didático possível.

2 - Live com convidados

Uma possibilidade é convidar clientes reais, pessoas que tiveram a sua vida transformada com o seu serviço e os micro influenciadores para a sua live.É importante que essas pessoas convidadas tenham naturalidade para falar e gerem conexão com o seu público. Por isso, é fundamental que você conheça muito bem seus seguidores.É um formato interessante para quem trabalha com prestação de serviços ou venda de produtos mais intangíveis.

3 - Experiências online

Diferentemente dos tutoriais, que explicam um passo a passo de como usar ou são um manual de uso falado, nas lives de experiência você pode:

  • Experimentar roupas e acessórios (pode até valer a pena convidar modelos)
  • Fazer receitas e preparos (isso vale tanto para os ingredientes quanto para os utensílios)
  • Utilizar os produtos (é uma estratégia para equipamentos elétricos e outros objetos).
  • Mostrar os detalhes do produto (se você vende itens de papelaria, por exemplo, você pode mostrá-lo de perto).

A ideia é apresentar os produtos, em detalhes, simulando uma experiência do consumidor em uma loja física.

4 - YouTube Shopping

Talvez você esteja se perguntando como ganhar dinheiro com o YouTube.Com o YouTube Shopping, é possível fazer anúncios que aparecerão para os usuários quando eles fizerem buscas por assuntos correlacionados aos seus produtos.Outra opção é conectar a sua loja online com a plataforma e fazer transmissões ao vivo, com os seguintes recursos:

  • loja do seu canal;
  • produtos nas telas finais dos vídeos;
  • produtos marcados nos seus vídeos e nas transmissões ao vivo;
  • produtos fixados no chat ao vivo.

Saiba que alguns marketplaces e e-commerces já mantêm integração nativa com o YouTube.Agora é hora de colocar a mão na massa e planejar a sua experiência de vendas ao vivo. Para ficar por dentro de outras tendências e garantir o sucesso da sua marca, acesse aqui o Guia Tendências.